Ponto zero (2015)

Brasil (RS-SP-RJ)
Longa-metragem | Ficção
HD, cor, 88 min

Direção: José Pedro Goulart.
Companhia produtora: Mínima; Okna Produções; Teleimage; CiaRio Centro de Infraestrutura Audiovisual; Cubo Filmes

Primeira exibição: Gramado (RS), 43º Festival de Cinema de Gramado [7-15 ago]-Mostra Competitiva Longa-metragem Brasileiro, Palácio dos Festivais, 13 ago 2015, qui, 21h

 

Ponto zero observa o mundo em desconstrução de um introspectivo garoto de 14 anos. Vivendo o turbilhão emocional do início da adolescência, Ênio (Sandro Aliprandini) desperta sexualmente sob os escombros do colapsado casamento de seus pais. Virgílio (Eucir de Souza), um radialista brutalizado e indiferente à família, despreza o filho. A mãe (Patrícia Selonk), sem nome, está devastada pelo desinteresse do marido e pelo vácuo familiar. Ela projeta no filho um consolo impossível. A angústia de Ênio se acentua na relação conflituosa com colegas de escola e se expressa em uma combinação poética e trágica de imagens, sons e palavras que conferem originalidade ao longa. 

O roteirista e diretor José Pedro Goulart parece recorrer ao poema épico A Divina comédia, publicado no século XIV, por Dante Alighieri, para propor camadas de significação a personagens. Na obra renascentista, Virgílio é poeta romano autor de Eneida que guia Dante em sua descida ao Inferno e na passagem pelo Purgatório. Já em Ponto zero, o radialista Virgílio conduz Ênio pelo inferno pessoal do filho. Enquanto isso, Beatriz, a amada de Dante que o guia no Paraíso, dá nome à prostituta (Larissa Tavares) que Ênio encontra por acidente em uma noite chuvosa infernal. As referências fortificam a história proposta por Goulart, cineasta da geração do cinema gaúcho dos anos 1980 que realizou, entre outros curtas, o premiado O Dia em que Dorival encarou a guarda (codireção: J. Furtado, 1986), produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre, que ele ajudou a fundar e da qual saiu em 1991 para criar a Zeppelin Filmes, produtora dedicada à publicidade. Goulart, que foi presidente da Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do RS entre 1987 e 1989, desligou-se da Zeppelin em 2008 para fundar a Mínima, produtora responsável por Ponto zero.

Filme motivado por várias imagens simbólicas (como as da água, da morte e da queda), seu título remete ao momento justamente anterior à explosão de energia cósmica que dá origem ao universo, o conhecido Big Bang. De fato, o longa de Goulart começa com um plano do espaço sideral muito escuro que se transforma em um plano azulado do Planeta Terra e, depois, nas águas de uma piscina azul onde um homem lança um menino. A narração fala de um astronauta que se perde nos confins do espaço sideral sem receber ajuda do colega, assim como o garoto, que afunda em águas profundas sem o socorro do pai. A sequência pontua o distanciamento irreparável entre Virgílio e Ênio, algo determinante na sofrida jornada do rapaz. Além disso, a abertura insere o simbolismo da água na trama, que marca os relacionamentos familiares líquidos, inconstantes; a morte simbólica pelo elemento aquoso torrencial; e a queda trágica do protagonista no impalpável. A água lava a inocência infantilizada após grande trauma, mas não o livra de culpa por seus atos inconsequentes. No decorrer da trama, Ênio parece ter alívio apenas quando, ao telefone, escuta poesias de Cecília Meireles recitadas por uma garota de programa que deseja conhecer. Por ironia do destino, é justamente escutando a prostituta recitar a poetisa que tem início a maior crise de sua vida. A queda do jovem Ênio em seu próprio inferno, provocada pelo pai, Virgílio, se dá em uma casa desolada, em uma cidade fantasmagórica, com ruas escuras, prédios distantes, vazios, onde o chão está de ponta-cabeça e os carros andam para trás.

A tradução estético-audiovisual do drama é assinada pelo diretor de fotografia carioca Rodrigo Graciosa. Já o estranhamento, a delicadeza e a dimensão dramática do protagonista ecoam na trilha sonora de Leo Henkin, um dos compositores mais profícuos do cinema gaúcho. Sua carreira na banda de pop rock Papas da Língua (1993-2019) é concomitante ao trabalho em mais de 30 trilhas de curtas, séries de TV e longas com variados núcleos de produção do Rio Grande do Sul. Ponto zero estreia na mostra competitiva do 43º Festival de Cinema de Gramado, em 2015, recebendo os prêmios de melhor montagem para Federico Brioni e de melhor desenho de som para Chrístian Vaisz e Kiko Ferraz. No International Film Awards Berlin, em 2016, o longa conquista os prêmios de melhor ator para Sandro Aliprandini, melhor roteiro (colaboração entre Goulart, Pedro Zimmermann, Dennison Ramalho e Maurício Arruda Mendonça) e melhor filme IFAB Brandenburg Gate Award.

Sinopse


Em voice over sobre um plano do espaço sideral que aos poucos se transforma em um plano do Planeta Terra, um ouvinte de rádio conta a um locutor uma história sobre uma caminhada espacial em que um astronauta se desconecta da nave por acidente e começa a vagar sem controle pelo vácuo enquanto seu colega vê tudo acontecer sem nada fazer. O plano da Terra funde-se a um contra-plongée submerso em uma piscina que exibe um homem jogando um menino na água. A criança afunda. A fala do personagem inserida sobre a cena da queda do garoto na piscina aponta para o distanciamento irreparável entre Ênio, o filho, e seu pai, Virgílio – mesmo nome do poeta romano que guia Dante Alighieri em sua descida ao Inferno e na passagem pelo Purgatório na Divina comédia (século XIV). Anos depois, Ênio, com 14 anos, é um garoto silencioso, frágil e aflito, mas observador, com sonhos e desejos. Ênio segue sofrendo abusos físicos e morais dos outros, sobretudo colegas de escola, sem reagir e sem o conhecimento da irmã mais velha, do pai, radialista, e da mãe, dona de casa que suspeita estar sendo traída pelo marido. Introspectivo, Ênio experimenta o despertar sexual de forma solitária e fortuita, sem a cumplicidade do pai ou de amigos. O garoto observa escondido a amiga de sua irmã e, desconfortável, deita-se com a mãe na cama de casal para suprir o vazio afetivo dela provocado pela ausência do pai. Por vezes, Ênio vê-se criança testemunhando brigas do casal, como que voltando ao passado conturbado. Repelido pelo pai, que conduz Ênio pelo inferno pessoal do adolescente, e por vezes combatido pela mãe, Ênio transita entre a família e os colegas de escola sendo ignorado por todos. Vagando como um fantasma pela cidade, ele a percebe de ponta-cabeça em alguns momentos. Em outros, nota tudo se movendo em sentido reverso: carros e pessoas se deslocam em sentido contrário enquanto Ênio segue adiante, ressaltando sua inadequação frente ao mundo. Em uma noite chuvosa, Ênio decide buscar os prazeres oferecidos por uma prostituta, mas acaba envolvendo-se em um grave acidente. Perdido na cidade, ele vive a pior de suas noites até desmaiar na rua e sonhar com a prostituta Beatriz, nome idêntico ao da amada de Dante na Divina comédia, que conduz o poeta florentino pelo Paraíso. Porém, em sonho Beatriz não lhe dá nenhum alívio divino. De volta à casa dos pais, Ênio sofre psiquicamente e fisicamente a culpa pelo grande dano que causou. Restabelecido, liga para o pai radialista para contar a história do astronauta que se perde sem salvação no vácuo de uma eterna noite cósmica.

Ficha técnica


ELENCO
Apresentando: Sandro Aliprandini (Ênio).
Patrícia Selonk (Mãe),
Eucir de Souza (Virgílio),
Larissa Tavares (Beatriz).
Ordem de entrada: Nicolas Conceição (Ênio 5 anos), Thiago Ruffoni (Garoto briguento), Camila Vergara (Lena), Giulia Perillo (Rafaela), Lisandro Bellotto (Luis Eduardo), Luciana Domiciano (Roberta), Paulo Adriane (Givanildo), Simone Telecchi (Eliodora), Carlos Azevedo (Frentista), Luis Franke (Sujeito acidente), Heinz Limaverde (Motorista do ônibus), João Carlos Carpenedo (Dono do bar).
Elenco de apoio: Apollónio Cipriano, Bruno Krieger, Gabriel Di Telles, Rodrigo Schmidt 'Gafanhoto', Thiago Cruz.
Figuração: Adiadne Dias Oliveira, Alex Ivanes da Silva, Alice Prade Carvalho, Aline Barão de Souza, Ana Caroline Mirapalheta Shardosim, Ana Pudles Raskin, Ananda Jamile Soares Silva, Anderson Cesar Alencastro Bastos, Anderson Escouto de Miranda, Arthur Veiga, Azzedine Loukili, Bárbara Carolini Menegotto, Brenda Borges Xavier, Bruno Fernando Labres, Bruno Novaski, Carina Stein Boeira, Caroline Colpo, Cesar Vinicius Boeira Rodrigues, Cintia de Freitas Lima, Cíntia Fuschini, Claudimir dos Santos Costa, Daniel Mohr, Dener William Job da Silva, Desirée Farias da Silva, Diego Elautério de Freitas, Douglas Simões Rockenbach, Eduardo Bandeira Schmidt, Eliane dos Reis Alvim, Elisa Andressa Becker Garcia, Eunice Fernanda Nunes de Morais, Fabricio Faquees, Félix Roche Pereira, Francisco Enivaldo Sousa, Gabriel Carvalho Batista, Gabriela Soares de Souza, Gilcemara Castelas Bitencourt, Giovane Nunes, Guilherme Ricardo Basteiro Iglesias, Helena Timmers Townsend, Herbert Cervini, Igor de Brum, Igor Fraga Rabuske, Ilvandro Gonçalves, Ilza Gonçalves Teixeira de Farias, Irineu Junior de Oliveira Paulo, Isabel Rupp, Izadora Petruk Dalenogave, Jairo Walchfer da Silva, Jaqueline Moreira Padilha, Jenifer Souza, Jesseca Peracchi de Moura, João Luiz Barbosa, João Pedro Molz Correa, José Otávio Mânica Passos, Júlia Gonçalves Dalmaso, Juliana da Rosa Lincke, Kadigia Pitol Dutra, Laís Azevedo Santos, Laura Lopes Marra, Leandro Pantalião, Lindisay Guedes, Lindomar Francisco da Silva, Lucas Müller Alcorta, Luciana Castiglia Nunes, Luciane Soares, Luciano Machado da Rosa, Luiz Felipe Dias Moraes, Luiz Mocci Azevedo Baptista, Marcelo Righi Almeida, Maria Eduarda Jucowski Grando, Maria Eva Encarnação Soares, Mariana da Silva Pontes de Souza, Mariana Thomaz Del Pino, Marjorie da Rosa Vergara, Marta Bersch Tonolli, Matheus Schulz von Spitzenberger, Matuzi Macedo Moreira, Miguel Scatrut, Nery Eladio Martins Junior. Nicole Kunze Rigon, Pedro Carvalho Cardoso, Pedro Paulo Goulart de Souza, Ricardo Guilherme da Silva Krause, Roberta da Silveira Cardoso, Robertha Ferreira da Silva, Rodrigo Ávila Rocha, Rodrigo Hamilton dos Santos, Romero do Nascimento Marques, Rosangela Vitali, Ruana Nunes, Sara Noronha, Sarandá da Silva Corrêa, Shaysi Melate, Taiane Melo, Tania Mara Marques da Silva, Tiago Koetz Ruppenthal, Victor Hugo Andreis Sebben, Vitória Ibias Flach.
Vozes: Silvia Penna (Ciça).
Dublês: Heloísa Nequete Machado, Márcio Bolzan Stangherlin, Vinicius Ellwanger.

DIREÇÃO
Direção: José Pedro Goulart.
Assistência de direção: Flávio Jazz, Elissa Brito.
Segunda assistência de direção: Ruana Nunes.
Colaboração de direção: Matheus Massochini, Mari Moraga.
Preparação vocal: Ligia Motta.

ROTEIRO
Roteiro: José Pedro Goulart.
Colaboração especial e análise de roteiro: Pedro Zimmermann.
Colaboração no roteiro: Dennison Ramalho, Maurício Arruda Mendonça.
Trechos de poemas citados de autoria de Cecília Meireles: "Lua adversa", "Inscrição", "Inscrição na areia", "Soneto antigo", "Tumulto", "Canção de outono".
Tradução (legendas inglês): Liziane Kugland.
Revisão de legendas: Roberto Magalhães Jr..

PRODUÇÃO
Produção: José Pedro Goulart, Aletéia Selonk.
Produção executiva: Aletéia Selonk.
Produção executiva assistente: Graziella Ferst, Silvia Penna.
Assistência de produção executiva: Marília Garske.
Direção de produção: Marília Garske, Sandro Dreher.
Assistência de produção: Débora Américo.
Estagiária de produção: Caroline Colpo.
Assistência de coordenação: Lilian Ferrari, Pedro Bughay.
Produção de frente: Daniel Lombardi.
Assistência de produção de frente: Fabio Foguete.
Produção de base: Loly Krás.
Secretaria de produção: Clarissa Milford.
Projeto: Betânia Furtado, Silvia Penna.
Pesquisa de elenco: Simone Buttelli.
Assistência de pesquisa de elenco: Betânia Dutra.
Produção de elenco: Daniela Silveira.
Assistência de produção de elenco: Bia Machado.
Pesquisa de locação: Taty Behar.
Produção de locação: Glauco Urbim.

Platô: Jefferson Porto.
Produção de set: Giovanni Moraes.
Produção de set – rua: Douglas Melo.
Produção de alimentação: Adriana Mercanti.
Assistência de alimentação: Marisa Silva, Rose Rosa, Brenda Grazziani, Matheus Grazziani Souza, Nadir Lombardi.
Transporte: Celso Nunes Filho, Claudio Bolina, Gilberto de Oliveira, João Carlos Carpenedo, João Luiz Barbosa 'Júnior', José Luis Prestes, José Manoel de Medeiros, Leonardo de Oliveira Neves, Toni Manara, Mauro 'Toco', Maycon Rocha Mariense de Oliveira, Oclésio, Olavo Pinto de Carvalho, Pedro Alvarez, Pedro Libório Dias, Pércio Reis, Régis Farias Galvão, Roberto Bittencourt Rodrigues, Rodrigo 'Puf', Thamerson de Oliveira Xavier, Vicente de Paulo Rosa, William Pacheco.
Cardoso Caminhão: Pedro, Rovani.
Moacir Caminhão: Roberto, André Almeida.
Tesch Company (Porto Alegre): Eraldo, Daniel, Francis, Zé, Miro, Jorge, Celso, Valdoir Oliveira, Márcio, Mauricio Rossetti, Luiz, Nivaldo.

BASE administração Mínima
Financeiro: Cris Lescano.
Assistência financeiro: Vanessa Schonart.
Assessoria contábil: Cruz Assessoria Contábil.
Assessoria jurídica: Campos Advocacia Empresarial.
Secretaria de base: Andressa Vargas.
Serviços gerais: Cristiele Caetano.
Motorista: Irineu Maximo da Silva.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia e operação de câmera: Rodrigo Graciosa.
Fotografia adicional: Francisco Alemão Ribeiro.
Primeira assistência de câmera: Fernando Bertoluci.
Segunda assistência de câmera: Onairo Correa.
Primeira assistência de câmera de segunda unidade: Alvaro Escoto.
Segunda assistência de câmera de segunda unidade: Argus Luconi Rosenhaim.
Fotografia de apoio: Matheus Massochini, Fernando Nectoux.
Cinegrafista subaquático: Lucas Gaspar Pupo.
Operação de video assist: Tiago Riccordi.
Logger: Márcia Sampaio.

Eletricista chefe: Cleber Kühn.
Eletricistas: Felipe Kuhn, Anderson Dias.
Maquinista chefe: Luiz Gonzaga 'Mineiro' (ASTIM).
Maquinista de movimento: Everton Juba Machado (ASTIM).
Maquinistas: André Campanhol, Amaral Júnior.

Fotografia de cena: Amanda Copstein.
Making of: Amanda Copstein, Cristiano Machado, Fernando Nectoux, Flávio Jazz, Pedro Bughay.

ARTE
Direção de arte: Valeria Verba
Direção de arte assistente: Adriana Nascimento Borba.
Assistência de arte e cenografia: Fernanda Jorge.
Produção de objetos: Sheila Marafon.
Produção de objetos – primera etapa: Guilherme Flores.
Assistência de produção de objetos – primeira etapa: Carolina Pereira.
Contrarregragem: Tiago Kraemer.

Efeitos especiais – chuva: Vagner Aparecido Martão.
Primeira assistência de efeitos chuva: Clodoaldo Francisco Norberto.
Assistência de efeitos: Jorge André Almeida 'Padilha', Fabiano Lermen, Rodrigo Schmidt 'Gafanhoto'.

Figurino: Adriana Nascimento Borba.
Figurinista assistente – primeira etapa: Coca Serpa.
Assistência de figurino: Laura Gutiérrez.

Maquiagem: Rosana Antunes.
Assistência de maquiagem e cabelo: Sara Noronha.

SOM
Som direto: Gabriela Bervian.
Microfonista: Tiago Mayer.
Segunda assistência de som direto: Tiago Koetz Ruppenthal.

MÚSICA
Trilha original: Leo Henkin.
Músicos: Iris Fritzen Andrade (violino), Bruno Mad, Leo Henkin (guitarra), Anjinho (trompete), Bruno Mad, Jader Cardoso, Luna Manzanares (voz), Bruno Mad, Jader Cardoso (samples), Leo Henkin (violão, sintetizador, piano, baixo).

Orquestra:
Regência e orquestração: Fernando Cordella.
Músicos: Giovani dos Santos (spalla), Bruno Esperon, Gean P. Veiga, Leonardo Bock, Rafael Loro, Vinícius Nogueira (violinos), Álvaro Aguirre, Cristiano Loro (violas), Philip Gastal Mayer (violoncelo), Alexandre Ritter (contrabaixo), Javier Balbinder (oboé).
Gravação e mixagem de trilha sonora: Bruno Mad.

Músicas:
• "Terra" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Elipse" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Atmosfera" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Sonho" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Bicicleta" (Leo Henkin) por Leo Henkin e Bruno Mad
• "Reverso" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Família" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Fuga" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Caça" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Ponto zero" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Telefone" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Chuva" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Ônibus" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Corrida" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Se te cansaste de mi" (Maurício Figueiral) por Luna Manzanares
• "Ajuda" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Fantasia" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Beijo da morte" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Folha seca" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Garagem" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Destino" (Leo Henkin) por Leo Henkin
• "Resgate" (Leo Henkin) por Leo Henkin

Editora: Dubas Music (para todas as músicas).

FINALIZAÇÃO
Montagem: Federico Brioni.
Assistência de montagem: Lilian Ferrari, Mari Moraga.
Colaboração de montagem: Daniel Dode.

Consultoria de equipamentos: Carlos Kulpa.
Coordenação de finalização: Mari Moraga.
Designer de créditos: Cássio Augusto Ramos.
Assistência de ilha: Cristiano Machado, Eduardo Garske.

Desenho de som: Kiko Ferraz, Chrístian Vaisz.
Edição de diálogos: Ricardo Costa.
Foley: Felipe Burger Marques.
Gravação de foley: Renato Galimberti.
Edição de foley: Waleska Sartori, Gabriel Schulz, Dimitrius Gonçalves Machado.
Edição de sons ambientes: Gabriel Menezes.
Edição de efeitos sonoros: Ricardo Costa, Gabriel Menezes.
Pré-mixagem de sons ambientes e foley: Chrístian Vaisz, Caio Amon.
Mixagem: Ricardo Costa.
Mixagem final e masterização: Chrístian Vaisz, Kiko Ferraz, Ricardo Costa.
Coordenação de estúdio de som: Lísia Faccin.
Assistência administrativo de estúdio de som: Giovana Barros.

EQUIPE JLS
Gerência geral: José Luiz Sasso, ABC.
Gerência operacional: Daniel Sasso.

EQUIPE Teleimage
General manager: Patrick Siaretta.
Direção comercial: Jerome Merle.
Consultoria de pós-produção: Alex Pimentel.
Colorista: Ely Silva.
Coordenação de pós-produção: Fabian Gamarra, Leandro Scorsafava, Stefano Pashalidis, Vanessa Mariano.
Supervisão de efeitos visuais: Robson Sartori.
Assistência de pós-produção: Karina Zambelli, Leonardo Sadagurschi.
Data manager: Raphael Fuzari.
Assistência de data manager: Marcelo Alonso.
Edição de pós-produção: Rogério Marinho.
Coordenação de efeitos visuais: Marcelo Ferreira 'PJ'.
Composição de efeitos visuais: Cláudio Bueno, Leandro Pena, Nerval Filho, Ricardo Alvarez Filho, Sergio D'Piazza.
Rotoscopia: Felipe Ruiz, Flávio Paiva, Yuri Ressude.
Animação 3D: Carlos Andres, Eduardo Abramo.
Efeitos 3D: Guilherme Casagrandi, Felipe Zerbini.
Iluminação e render 3D: Cassio Homa.
Assistência de edição: Marcus Vinicius.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Agências de figuração: Uber; Studio Models.
Luz e maquinaria: Naymar – Infraestrutura Audiovisual (Porto Alegre); Arte & Luz Suportes (Porto Alegre). / Atendimento: Edina Fujii.
Segurança: Protevisão.
Estúdio de som: Kiko Ferraz Studios (Porto Alegre).
Estúdio de masterização 5.1: JLS Facilidades Sonoras (São Paulo).
Estúdio de intermediação digital HD: Teleimage (São Paulo).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Mínima (Porto Alegre).
Coprodução: Okna Produções (Porto Alegre); Teleimage (São Paulo); CiaRio Centro de Infraestrutura Audiovisual (Rio de Janeiro).
Produção associada: Cubo Filmes (Porto Alegre).
Financiamento (BR): Chamada Pública BRDE/FSA PRODECINE 01/2012. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Mínima Concepção e Produção Visual Ltda.. Valor: R$ 400.000,00.
Financiamento (BR): Chamada Pública BRDE/FSA PRODECINE 04/2013. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Mínima Concepção e Produção Visual Ltda.. Valor: R$ 400.000,00.
Captação de recursos: através das seguintes leis:
Lei do Audiovisual Lei nº 8.685/93 e Medida Provisória nº 2.228/01 / ANCINE Agência Nacional do Cinema / MinC Ministério da Cultura
Pró-cultura RS Lei nº 13.490/2010 / SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul.
Patrocínio: AGCO – Your agriculture company; Zaffari; Banrisul Banco do Estado do Rio Grande do Sul / Governo do Rio Grande do Sul; Panvel Farmácias.
Apoio especial: Bandits Graphics; Brigada Militar; Casa das Fitas; Companhia Carris Porto Alegrense; DMAE Departamento Municipal de Água e Esgotos; Desentupidora Dinâmica; EPTC Empresa Pública de Transporte e Circulação / Prefeitura de Porto Alegre; Fortral; Gabinete de Inovação e Tecnologia INOVAPOA; Guts and Films; HM Comunicações; Prefeitura Municipal de Porto Alegre; SMOV Secretaria Municipal de Obras e Viação; TSTOP; Zeppelin Filmes.
Apoio cultural: Blue Ville; Colégio La Salle São João; Expresso do Oriente; Ferragem Igor; Fundação Cultural Piratini / FM Cultura; Lavanderia Bolha Azul; Master Hotéis; Pantaneiro; Rainha das Noivas; Rental Sul.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos especiais do diretor: Affonso Beato, Alex Sernambi, André Sturm, Carlos Gerbase, Dennison Ramalho, Fabio Knijnik, Fabio Pilcher, Fabio Sclovsky, Fernando Meirelles, Frederico Cabral, Giba Assis Brasil, Guilherme Cassel, Ludia, Dona Diva, Seu José, Mari Moraga, Mauro Dorfman, Paris Goulart, Paulo Sergio Guedes, Pedro Zimmermann, Ricardo Della Rosa (in memoriam), Sara Silveira, Tonho Castro, Zeppelin Filmes.
Agradecimentos especiais: Claudio Fagundes, Deborah Pilla Vilela, Edina Fujii, Elias Rogério Aliprandini, Heloisa da Costa Medeiros, Mauricio Aliprandini, Pena Cabreira, Ricardo Baptista da Silva, Sandra Aliprandini, Solange Maria Germano Machado e Família, Xavier Henry-Rashid.
Agradecimentos – teaser Ponto zero: Alemão Gerson, Beck, Eduardo Argolo, Giovane Nunes, Guilherme Kroeff, Josué, Juliano Lopes, Marco Castro, Nei Couto, Nickolas Caprio, Paulo Verri, Ricardo Nunes, Taiane Melo, Vicente Moreno, Vicente Rosa, Walter Pax.
Agradecimentos: Água Mineral Fonte de Belém, Alcides Paes, Back in Black, Barbarella Bakery, Barufaldi Tintas, Bella Gula, Bene Mangiare, Budha Khe Rhi, Café do Mercado, Capitão Cesar Vinicius Boeira, Centro de Locações, Cesar Silveira, Comapla, Condomínio Edifício Marrocos, Coronel Evilton, CORSAN Companhia Riograndense de Saneamento, Cristian Derois, Cristiano Santarem, Daiana Meotti, De Todos os Santos, Di Trevi, dr. Hugo / Weiss Clínica de Dermatologia, Edifício Coliseu, Édila de Almeida Selonk, Elisa Barcellos, Espaço Boho, Espírito Santo, Felipe Faccioni, Fiori Di Liz, Garagem Expresso Vitória, Gelo do Porto, Gelo Pop, Gina O'Donnell, Grupo Mathias, Guts and Films, Henrique Ibaldo, João Magalhães, José Luiz Toffoli, Julia Martin, Kajet Informática e Suprimentos, Lavagem Nova Elite, Locare, Luis Henrique Basso / Ótica, Luiz Alberto Cassol, M2 Multimídia, Mangalarga, Marcelo Nunes, Márcio Stamgherlini, Marilea Fontana, Moviola Décor, Neon Light Comunicação Visual, Oi Gracia, Orquídea, Padaria Listo, Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, Paulo Aumond, Pedro Hahn, Posto de Combustível Navegantes, Prevemax, Profana, Retro, Ritter Alimentos, Rodrigo Rocha, Shopping DC Navegantes, Sociedade de Bebidas Panizzon, Suzanne Reboh, Temperô, Tiago Tresoldi, Todo Saúde, Trópico, Vicasa, Vicente Moreno Vilaró, Vulcabrás.

Dedicatória: Para Nico Nicolaiewsky, in memoriam.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 88 min
Som: 5.1
Imagem: cor
Proporção de tela:
Película:
Formato de captação:
Formato de exibição: HD

DIVULGAÇÃO
Ilustrações para layout: Denny Chang.
Produção de conteúdo: Marcelo Ferla.
Design gráfico: Samir Machado.

PREMIAÇÃO
• 43º Festival de Cinema de Gramado, 2015: melhor montagem + desenho de som.
• IFAB 4. International Film Awards Berlin, 2016: best movie IFAB Brandenburg Gate Award + screenplay + actor (Aliprandini).
• 22º Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro [aos melhores de 2016] / Papo de Cinema: indicação: revelação (Aliprandini).

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Distribuição: Pandora Filmes.
Contato: Mínima; Okna Produções.

OBSERVAÇÕES
Créditos finais: // © copyright by Mínima 2015 //
// "Esta é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas reais é mera coincidência". // "Este filme é protegido pela lei de direitos autorais brasileira, Lei nº 9.610/98. Quaisquer cópias, exibições e/ou distribuições não autorizadas sujeitarão seus responsáveis às sanções civis e criminais previstas em lei." //

Títulos alternativos: Point zero
Grafias alternativas: Éverton 'Juba' Machado | Tiago Muka [= Tiago Kraemer | Dimitrius G. Machado | Lisandro Belloto | Felipe Kühn | Apolonio Cypriano | Jefferson M. Porto | Mariana Moraga | João Luiz 'Junior' Barbosa | Maurício Rosseti | Levistone Manara | Brenda Grazziani dos Santos | Rose Lopes da Rosa | Gean Veiga | Phillip Mayer | William da Rocha Pacheco | Tesch Transportes | Estúdio JLS, nome fantasia de JLS Facilidades Sonoras | EPTC Empresa Pública de Transporte Urbano | Giba de Oliveira | Fábio 'Foguete' | Naymar Porto Alegre | Afonso Beato | Giovane 'Pituca' e Giovani Mendes Nunes | Ricardo Baptista
Grafias alternativas (funções): Still | Artista de foley | Efeitista de chuva | Color grading (cf. créditos)

BIBLIOGRAFIA
NASCIMENTO, Hélio. Ponto zero (2015) – O olhar acusador. In: FEIX, Daniel; LUNARDELLI, Fatimarlei; PINTO, Ivonete; KANITZ, Mônica; VALLES, Rafael (org). 50 olhares da crítica sobre o cinema gaúcho. Porto Alegre: ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, Opinião Produtora, Diadorim Editora, JBL Harman, Pró-cultura / Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul, 2022. 226p. il., p.159-161.

Noticiário:
FANTINEL, Danilo. Ponto zero: entropia, implosão e renascimento. ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, www.accirs.com.br, Porto Alegre, 6 jun 2016.
PINTO, Ivonete. Ponto zero e o não-lugar. ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, www.accirs.com.br, Porto Alegre, 9 jun 2016.
WANNMACHER, Eduardo. A vida como um espelho. Teorema – Crítica de Cinema, Porto Alegre, ago 2016, p.29-32, n.27.

Exibições


• Gramado (RS), 43º Festival de Cinema de Gramado [7-15 ago]-Mostra Competitiva Longa-metragem Brasileiro, Palácio dos Festivais, 13 ago 2015, qui, 21h

• São Paulo (SP), 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo [22 out-4 nov],
CineSesc (R. Augusta, 2.075, Cerqueira César), 29 out 2015, qui, 19h30
Cinearte Sala 2, 2 nov 2015, seg, 17h45
Espaço Itaú de Cinema Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação) Sala 1, 3 nov 2015, ter, 17h30

Lançamento comercial: 26 maio 2016, qui

• São Paulo (SP), Espaço Itaú de Cinema Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação),
26 maio-1º jun 2016, qui-qua
2-8 jun 2016, qui-qua
9-15 jun 2016, qui-qua
16-22 jun 2016, qui-qua
23-29 jun 2016, qui-qua

• São Paulo (SP), Caixa Belas Artes,
26 maio-1º jun 2016, qui-qua
2-8 jun 2016, qui-qua
9-15 jun 2016, qui-qua
16-22 jun 2016, qui-qua
23-29 jun 2016, qui-qua
30 jun-6 jul 2016, qui-qua
7-13 jul 2016, qui-qua
14-20 jul 2016, qui-qua

• São Paulo (SP), Espaço Itaú de Cinema Pompeia Bourbon Shopping São Paulo (R. Palestra Itália, 500, Perdizes),
26 maio-1º jun 2016, qui-qua

• Caxias do Sul (RS), GNC,
26 maio-1º jun 2016, qui-qua

• Porto Alegre (RS), GNC Moinhos Shopping,
26 maio-1º jun 2016, qua-qui
2-8 jun 2016, qui-qua
9-15 jun 2016, qui-qua

• Porto Alegre (RS), Espaço Itaú de Cinema Bourbon Shopping Country,
26 maio-1º jun 2016, qui-qua
2-8 jun 2016, qui-qua
9-15 jun 2016, qui-qua
16-22 jun 2016, qui-qua
23-29 jun 2016, qui-qua
30 jun-6 jul 2016, qui-qua
7-13 jul 2016, qui-qua

• Porto Alegre (RS), Guion Center,
26 maio-1º jun 2016, qui-qua
2-8 jun 2016, qui-qua
9-15 jun 2016, qui-qua
16-22 jun 2016, qui-qua

Rio de Janeiro (RJ), Espaço Itaú de Cinema Botafogo (Praia de Botafogo, 316) Sala 5,
23-19 jun 2016, qui-qua, 19h30

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala ??,
30 jun-3, 5, 6 jul 2016, qui-dom, ter, qua
7-10, 12, 13 jul 2016, qui-dom, ter, qua
Sala Eduardo Hirtz,
14-17, 19, 20 jul 2016, qui-dom, ter, qua, 15h

• Bucheon (Coreia do Sul), 20th BIFAN Bucheon International Fantastic Film Festival [21-31 jul]-Bucheon Choice: Features, jul 2016

• Porto Alegre (RS), Sessão ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, Instituto Ling, 9 ago 2016, ter, 19h

• Berlin (DE), IFAB 4. International Film Awards Berlin [20-22 set], Kino im Kulturhaus (Mauerstraße 6, Berlin-Spandau), 22 set 2016, qui, 16h

• Porto Alegre (RS), Sala Redenção, 8 nov 2016, ter, 19h (comentada com diretor e ator Aliprandini)

• São Paulo (SP), 17ª Retrospectiva do Cinema Brasileiro, CineSesc (R. Augusta, 2.075, Cerqueira César), 7 dez 2016, qua, 17h + 18 dez, dom, 15h

• Porto Alegre (RS), Mostra Seleção de Cinema Brasileiro [10 jan-23 fev], Cine Santander Cultural,
11, 18, 31 jan 2017, qua, 15h, qua, 15h, ter, 19h
5, 11, 16, 23 fev 2017, dom, 17h, sab, 17h, qui, 19h (comentada com diretor), qui, 15h

• Porto Alegre (RS), Mostra Especial Primavera Gaúcha [21 set-13 out], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz, 3 out 2023, ter, 19h (apresentação: G. Póvoas + conversa com diretor)

• Porto Alegre (RS), CineCIESS Centro Interdisciplinar de Educação Social e Socioeducação – O cinema gaúcho na perspectiva dos direitos humanos, Sala Redenção, 18 out 2023, qua, 16h (debate com diretor)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Ponto zero. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1010/ponto-zero. Acesso em: 14 de abril de 2024.