Poéticas da mobilidade (2016)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção | Universitário
cor, 104 min

Direção: Leonidas Taschetto.
Companhia produtora: Unilasalle; Centro Internacional e Hospitalidade Unilasalle International Center and Hospitality; Programa de Pós-graduação em Educação; Curso de Psicologia; Grupo de Pesquisa em Tecnopoéticas; Neuroestética e Cognição – CNPQ – UFRGS / Unilasalle; Psicologia e Educação – Tecnopoéticas

Primeira exibição: Canoas (RS), Sala Multicultural da Biblioteca do Unilasalle, 17 out 2016, seg, 18h15

 

A primeira etapa da pesquisa foi realizada durante 2016 por parte dos autores deste trabalho. O resultado foi a produção do documentário Poéticas da mobilidade, com foco em depoimentos de docentes e discentes sobre os significados da experiência da Mobilidade Acadêmica em suas vidas. O processo de produção durou sete meses e o material bruto originou 14 horas de gravações de depoimentos de 42 pessoas e somente a partir desta produção elaborou-se as demais etapas da pesquisa no sentido de aprofundar a investigação sobre a natureza subjetiva da experiência de mobilidade acadêmica na construção da profissionalidade.
A elaboração do roteiro de entrevistas para o documentário foi sendo construída conforme as entrevistas sucediam-se. (...)
Na etapa seguinte, com o auxílio dos softwares de edição audiovisual Final Cut Pro, Premiere CC e After Effects CC, a equipe realizou recortes dos depoimentos objetivando uma potencialização do material possível à construção do documentário. Nesse processo, iniciou-se a transcrição do material suprimindo-se os "erros" de gravação: segmentos com falhas ou interrupções de som ou de imagem, trechos com mal enquadramento, depoimentos interrompidos por descontinuidade de ideias, ruídos audíveis no ambiente e falas direcionadas a algum membro da equipe técnica durante a gravação. Após suprimidos esses "erros" de gravação, permanecia no plano sequencial um tempo que ultrapassava o previsto no projeto do documentário, o que demandou uma segunda análise e seleção de material quanto ao conteúdo e à extensão dos depoimentos. Esta análise levou em consideração a multiplicidade de efeitos de sentidos presentes nos 42 depoimentos. Foram selecionados depoimentos que atribuíssem à experiência de mobilidade acadêmica efeitos de sentidos tanto positivos, quanto neutros ou negativos.
Feito isso, foi possível iniciar o processo de montagem da ordem sequencial dos depoimentos com a criação de seis grupos compostos por quatro a sete depoentes que formaram blocos de unidades de sentidos entre si. Para provocar um efeito estético harmonioso e potencializador entre as unidades de sentidos, a equipe acionou um conjunto de elementos tecnopoéticos, tais como trilha sonora, fotografia, sequências audiovisuais, narração, textos, figuração e arte gráfica. O conjunto de tecnopoéticas utilizadas na produção do documentário constituiu, no universo imagético, algo singular que possibilitou a memória do acontecimento da mobilidade vivido por cada um dos sujeitos-depoentes.
Constituir a memória do acontecimento das experiências desses sujeitos com o objetivo de produzir um material audiovisual na modalidade documentária possibilitou uma dinâmica sensível ao longo desse processo de edição/visualização do material produzido. Essa dinâmica sensível refere-se à necessidade de a equipe técnica, em muitos momentos, debruçar-se durante um período de tempo significativo sobre o material bruto produzido no intuito de filtrar os elementos essenciais a serem lapidados.
O resultado da produção desse documentário despertou na equipe o interesse de aprofundar aspectos não contemplados na proposta original que se referiam ao modo como cada um viveu essa experiência. Neste sentido, a continuação do Projeto de Pesquisa continua, desde um outro lugar, explorando esses aspectos que no momento da produção do documentário não eram evidentes, tampouco foco da investigação. Para tanto, as demais etapas da pesquisa visam investigar os efeitos de sentidos, manifestos e latentes, da Mobilidade Acadêmica nas trajetórias de vida de 20 acadêmicos de graduação e pós-graduação stricto sensu do Unilasalle-Canoas e produzir um novo longa-documentário que traduza essa investigação à uma linguagem audiovisual.
Trechos retirados de: ROSA, Gabriel Celestino; SILVEIRA, Viviane de Brum da; TASCHETTO, Leonidas Roberto. A experiência subjetiva da mobilidade acadêmica na construção da profissionalidade. IV SIPASE Seminário Intenacional Pessoa Adulta, Saúde e Educação.

Ficha técnica


IDENTIDADES
Ordem de identificação:
Fernanda Marques Martins (Turismo – Peru),
Gustavo Bueno Videira José (Relações Internacionais – Espanha),
Julia Calvete Tietz (Relações Internacionais – Espanha),
Gabriela de Castro e Carvalho (Design de Produto – Austrália),
dr. José Carlos de Carvalho Leite (Docente – Inglaterra),
dra. Maria Angela Mattar Yunes (Docente – Escócia),
Matheus Stein Fontana (Ciências da Computação – México),
Angie Jhoana Castellón Piñeda (Aluna estrangeira MBA – Colombia-Brasil),
Anderson Luis Agápia Santos (Logística – Portugal),
Artur Henz dos Santos (Relações Internacionais – Canadá),
Aline Hanna (Psicologia – Portugal),
Gabriellie Tomaszewski Padilha (Turismo – Portugal),
Diego dos Santos de Medeiros (Engenharia Ambiental – Austrália),
dra. Denise Quaresma da Silva (Docente – Argentina),
dr. ir. Renato Koch (Itália),
dra. Aline Accorssi (Docente – França),
Oscar Augusto Berg (Relações Internacionais – Canadá),
Jessica Batista Minho (Nutrição – Portugal),
dra. Vera Felicetti (Docente – Estados Unidos),
dr. Gilberto Ferreira da Silva (Docente – Espanha),
Miriam Silva Souza (Processos Gerenciais – Colombia),
Graciema de Fátima da Rosa (Psicóloga institucional),
Rita de Cássia Daniel Souza (Psicologia – Portugal),
Paulo Arnildo Lemes Fell (Psicologia – Argentina),
Adriana Piñeda (Doutorado – Colombia Brasil),
José A. Antunes de Miranda (Assesssor de Assuntos Interinstitucionais e Internacionais),
Barbara Ramos (Eventos – México),
dra. Luciana Backes (Docente – França),
Eduardo Esteves de Souza (Design – Estados Unidos),
Ronaldo Silva Lopes (Psicologia – Moçambique),
Isabella Corbellini (Relações Internacionais – Uruguay),
Ticiana Palacio Guimarães (Relações Internacionais – México),
dr. ir. Paulo Fossatti (Reitor Unilasalle Canoas),
Thaís de Castro Bandeira (Relações Internacionais – China),
Paulo Ricardo Crogite Júnior (Engenharia de Produção – China),
Mariana Martins Rosa (Educação Física – Portugal).

DIREÇÃO
Direção: Leonidas Taschetto.

ROTEIRO
Roteiro: Leonidas Taschetto, Gabriel Celestino, Emanuele Barbosa.
Tradução: Emanuele Barbosa.
Poema: Gabriel García Márquez.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Emanuele Barbosa, Alice Amado.
Colaboração: Valéria Hertele Varella, Pedro Henrique da Silva, Aline Hanna.

FOTOGRAFIA
Operação de câmera: Gabriel Celestino, Valeria Hertele Varella, Henrique de Souza Bitelo.

SOM
Sonoplastia: Henrique de Souza Bitelo.

MÚSICA
Trilha sonora original: Henrique de Souza Bitelo.

FINALIZAÇÃO
Edição: Gabriel Celestino.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Unilasalle (Canoas).
Centro Internacional e Hospitalidade Unilasalle International Center and Hospitality.
Programa de Pós-graduação em Educação.
Curso de Psicologia.
Grupo de Pesquisa em Tecnopoéticas, Neuroestética e Cognição – CNPQ – UFRGS / Unilasalle.
Psicologia e Educação – Tecnopoéticas.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Canoas.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:43:39
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:
Idioma: Português, español.

DIVULGAÇÃO

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato:

OBSERVAÇÕES
1976-40 anos-2016 Unilasalle

Grafias alternativas: Fernanda M. Martins (identificação) e Fernanda Marques Martins (créditos finais) | Gustavo Bueno V. José (identificação) e Gustavo Bueno Videira José (f) | José Carlos de C. Leite (identificação) e dr. José Carlos de Carvalho Leite (f) | Maria A. Mattar Yunes (identificação) e dra. Maria Angela Mattar Yunes (f) | Angie Jhoana C. Piñeda (identificação) e Angie Jhoana Castellón Pineda (f) | Anderson Luis A. Santos (identificação) e Anderson Luis Agápia Santos (f) | Gabriellie T. Padilha (identificação) e Gabriellie Tomaszewski Padilha (f) | Diego dos S. de Medeiros (identificação) e Diego dos Santos de Medeiros (f) | Denise Quaresma da Silva (identificação) e dra. Denise Quaresma da Silva (f) | Ir. Renato Koch (identificação) e dr. ir. Renato Koch (f) | Aline Accorssi (identificação) e dra. Aline Accorssi (f) | Vera Felicetti (identificação) e dra. Vera Felicetti (f) | Gilberto Ferreira da Silva (identificação) e dr. Gilberto Ferreira da Silca (f) | Graciema de Fátima da Rosa (identificação) e Ma. Graciema de Fátima da Rosa (f) | Rita de Cássia D. Souza (identificação) e Rita de Cássia Daniel Souza (f) | Paulo Arnildo L. Fell (identificação) e Paulo Arnildo Lemes Fell (f) | Luciana Backes (identificação) e dra. Luciana Backes (f) | Eduardo E. de Souza (identificação) e Eduardo Esteves de Souza (f) | Ticiana P. Guimarães (identificação) e Ticiana Palacio Guimarães (f) | ir. Paulo Fossatti (identificação) e dr. ir. Paulo Fossatti (f) | Thaís de C. Bandeira (identificação) e Thaís de Castro Bandeira (f) | Paulo R. Crogite Júnior (identificação) e Paulo Ricardo Crogite Júnior (f) | Gabriel Celestino Rosa (roteiro e câmera) e Gabriel Celestino (edição).
José A. Antunes de Miranda não está creditado nos créditos finais.

BIBLIOGRAFIA
ROSA, Gabriel Celestino; SILVEIRA, Viviane de Brum da; TASCHETTO, Leonidas Roberto. A experiência subjetiva da mobilidade acadêmica na construção da profissionalidade. IV SIPASE Seminário Intenacional Pessoa Adulta, Saúde e Educação.

Exibições


• Canoas (RS), Sala Multicultural da Biblioteca do Unilasalle, 17 out 2016, seg, 18h15

• YouTube, disponível desde 30 nov 2016

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Poéticas da mobilidade. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1082/poeticas-da-mobilidade. Acesso em: 03 de março de 2024.