Tinta bruta (2018)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
cor, 118 min

Direção: Filipe Matzembacher, Marcio Reolon.
Companhia produtora: Avante Filmes; Besouro Filmes

Primeira exibição: Berlin (DE), Berlinale 68. Internationale Filmfestspiele Berlin [15-25 fev]-Panorama, CinemaxX 7, 18 fev 2018, dom, 22h30
Primeira exibição RS: Porto Alegre (RS), CineEsquemaNovo-Arte Audiovisual Brasileira [22-28 nov]-Mostra Competitiva Brasil, Cinemateca Capitólio, 27 nov 2018, ter, 19h

 

Após consistente trânsito em curtas-metragens, Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, graduados no TECCINE, o curso de produção audiovisual da PUCRS, chamam a atenção da crítica e do público com Beira-mar (2015), drama intimista sobre a maturação do relacionamento afetivo de dois jovens amigos no Sul do Brasil. Tinta bruta, por sua vez, observa a introspecção e as dificuldades de relacionamento de um rapaz homossexual oprimido por uma sociedade repressora. 

Assim como Castanha (2014) e Rifle (2016), ambos de D. Pretto, o segundo longa dos cineastas faz parte da novíssima produção de realizadores gaúchos formados em universidades que conquistam inserção no circuito internacional de exibição. O título participa de 49 festivais e obtém diversos prêmios, como o de melhor filme no Teddy Award e o Cicae Art Cinema Award, ambos no 68º Festival Internacional de Berlin. No Outfest Los Angeles 2018, vence na categoria de melhor narrativa internacional. É escolhido melhor filme no 33º Festival Internacional de Guadalajara, e melhor filme, roteiro (escrito pelos diretores), ator (Shico Menegat) e ator coadjuvante (Bruno Fernandes) no Festival do Rio em 2018. 

Tinta bruta começa a ser formulado em 2013. Com orçamento de aproximadamente R$ 1 milhão, foram 27 diárias de filmagem em Porto Alegre. Antes de ser rodado, porém, os diretores ensaiam durante sete meses com Fernandes, ator de teatro que vive o personagem Leo, e com Menegat, novato em atuação que interpreta o protagonista Pedro. Dividido em três partes, o longa aborda as dificuldades de aceitação de pessoas LGBTQI+ pela conservadora sociedade gaúcha. Além disso, ecoa a crise econômica, cultural e moral de uma Porto Alegre fantasmagórica, representada como decadente, um lugar do qual os jovens querem partir. Os cineastas afirmam em entrevistas que a capital gaúcha é a antagonista de Pedro, algo nítido para o espectador atento. 

Sócio de Matzembacher e Reolon na Avante Filmes, Germano de Oliveira assina a montagem deste título e de Beira-Mar, O Ninho (2016), O Último dia antes de Zanzibar (2016) e Me destrói (2019), videoclipe realizado para o músico Thiago Pethit. Germano também monta Quarto vazio (2013), dirigido por Matzembacher. No entanto, a produtora e diretora de arte Manuela Falcão, colega de faculdade dos cineastas, tem a mais duradoura parceria com os diretores. Ela participa de todos os títulos da dupla até o lançamento de Tinta bruta, cuja ambientação estética se sobressai ao lado da fotografia de Glauco Firpo (igualmente egresso do TECCINE). A produção executiva é de Jessica Luz (do CRAV Curso de Realização Audiovisual da Unisinos). Outro destaque é a iluminação, sendo parte dela semelhante às fluorescências corporais do videoclipe de "In between days", da banda The Cure. Junto à trilha sonora original de Felipe Puperi, encaixam-se artistas como Letrux, Noporn, Dingo Bells e Anohni, ex-líder da banda Antony and the Johnsons responsável por "Drone bomb me", a música da cena final. 

Além de diretores e produtores, Matzembacher e Reolon também são atores. O primeiro participou em Pele de concreto (D. de Bem, 2014) e Nós duas descendo a escada (F. de Souza, 2015). Já Reolon atuou em Mesa de bar (Pedro Nora, Tiago Rocha, 2008), Once upon a time in Dublin (Jason Figgis, 2009), Garry (B. Carboni, R. Tavares, 2012), Pele de concreto e A Colmeia (G. Vargas, 2019), entre outros.

Sinopse


Pedro é um rapaz homossexual deprimido por não ser aceito socialmente nem afetivamente em Porto Alegre. Ao mesmo tempo, guarda em si uma energia potencialmente explosiva. Perseguido por um colega de faculdade, agride-o em uma festa durante um momento de fúria, cegando-lhe um olho. Após ser processado, o protagonista passa a responder pelo crime na Justiça. Introspectivo, Pedro só consegue se libertar sob o codinome Garoto Neon fazendo lives sensuais na internet com o corpo pintado com tintas fluorescentes. Pedro ganha dinheiro para se sustentar dessa forma, distante das pessoas, separado delas pela tela do computador, no escuro de seu quarto, o único local em que se permite brilhar. Sua irmã, Luiza, deixa a cidade para trabalhar em Salvador. 

Solitário, Pedro descobre que Leo o está copiando e roubando seu público. Pedro busca uma aproximação com o concorrente. Descobre que Leo faz shows online para juntar dinheiro. Seu plano é morar e estudar dança em Buenos Aires. Sem dinheiro ou perspectiva, Pedro proíbe Leo de seguir com suas performances, mas o convida para shows em dupla. Leo aceita, mas perde a chance de se mudar para a Argentina. Os dois começam a se relacionar, o que melhora o humor do protagonista. 

Chamado para nova audiência na Justiça, Pedro pede que Leo o acompanhe, porém o namorado consegue uma bolsa de estudos em Berlin. Abalado com a notícia, Pedro se deprime. Nem a presença da avó, que chega do interior do estado para passar uns dias com ele, alivia sua dor. Em um bar, conhece outro rapaz. Após uma noite de sexo, o desconhecido se revela garoto de programa, cobrando pela relação sexual. Sem ter como pagar, Pedro agride o rapaz e escapa. Em casa, percebe que a chuva entrou pela janela aberta, estragando seu notebook. 

No dia seguinte, sua avó retorna para o interior. Enquanto tudo dá errado para o protagonista, chega a hora da partida de Leo. A despedida entre eles durante uma festa de amigos é melancólica. Abandonado por todos aqueles de quem gosta, Pedro sente-se mais sozinho do que nunca, o que o leva a dar seus primeiros passos em uma pista de dança na presença real de estranhos.

Ficha técnica


ELENCO
Shico Menegat (Pedro),
Bruno Fernandes (Leo),
Guega Peixoto (Luiza), Sandra Dani (Avó),
Frederico Vasques (Beto), Denis Gosch (Igor), Camila Falcão (Paula), Kaya Rodrigues (Ana), Áurea Baptista (Juíza), Gabriela Greco (Defensora pública), Larissa Sanguiné (Vizinha), Zé Adão Barbosa (Sérgio), Janaina Kremer (Veronica), Eleonora Loner (Jovem na praça), Marcelo Restori (Vendedor de cerveja), Marcio Reolon (Colega 1), Rodolfo Ruscheinsky (Colega 2), Silvana Rodrigues (Morgana), Thiago Ruffoni (Thiago), Sophia Starosta (Stella), Eduardo D'Avila (Mauro), Danuta Zaghetto (Mônica), Júlio Kaczam (Fernando), Gabriel Motta (Dudu), Jessica Luz (Recepcionista), Maílson Fantinel (Bailarino 1), Douglas Jung (Bailarino 2), João Petrillo (Gabriel).
Figuração: Airton Pacheco, Alessandra Ferreira, Alice Castiel, Ana Júlia Pinto, André Araujo, André Lattuada, Anelise Karnas, Anelise Ribeiro, Ângela Oika, Angelo Sérgio, Artur de Oliveira, Ayeza Haas, Bárbara Batista, Bruna Eltz, Bruna Immich, Bruna Soares, Carmen Biaggio, Carolina Cesconeto, Caroline Soares, Cauê Vargas Reali, Celso Paim Jr., Claudio Souza, Cleverton Borges, Constantino Azevedo, Daiane Lacerda, Daniela Lima, Daniela Strack, Danuta Zaghetto, Deisy Meneghel, Denise Risso, Diego Carvalho, Diego de Freitas, Diego Machado, Dieguite Freire, Diogo Predebon, Diomar Vivan, Diorndman Santiago, Douglas de Andrade, Edgar Rosa, Edinara Prates, Eduardo Batista, Eduardo Cardoso, Fabiano Florez, Felipe Casco, Felipe de Souza, Fernando Braga, Gabriel Oteiro, Gabriel Antonelli, Gabriel Ferreira, Gabriel Sena, Gabriela Chaves, Gabriela Iablonovski, Gabriella de Oliveira, Georgia Torres, Germano de Oliveira, Guilherme Santos, Guilherme Silva, Hemerson Conceição, Igor Ramos, Ingrid Militão, Iran da Costa, Isabela dos Santos, Jaderson dos Santos, Jaqueline Moraes, Jessica Bittencourt, João Lima, João Paulo Roehe, Joice da Cunha, Jonatan Vanzin, Juliano de Castro, Julio do Amaral, Katia Farias, Lais Gandilio, Lauro Gesswein Jr., Leandro Pereira, Leonardo Araújo, Leonardo dos Santos, Leonardo Ritter, Lua Panatieri, Lucas Dutra, Luciane Vargas, Luciano Scherer, Luísa Jung, Luiz Chanan, Luiz Ricardo Alves, Luiza Lopes, Lurdes de Souza, Magda Steffens, Maíra Flores, Málson D'Ávila, Marcelo Carvalho, Marcia da Silva, Márcia Marques, Márcia Metz, Maria Clara Vargas, Maria Luiza Ferraz, Mariana Dias, Mariana Vieira, Marina Dias, Milton do Prado, Nara Eltz, Neil Collins, Nilson da Silva Jr., Pamela Cardoso, Paulo Casella, Paulo Machado, Paulo Michl, Presi de Moraes, Priscilla dos Santos, Rafael Rita, Rafaela Camilo, Rafaela Damião, Rafaela Predebon, Raíssa Panatiere, Ramon de Souza, Raphael Dillenburg, Raquel Pereira, Regina Eschiletti, Reissoli dos Santos, Rhaylla Fernandes, Ricardo Neme, Roberta Bueno, Roberto Baranow, Roberto Rios, Rômulo Ferreira, Stefanie Egedy, Suellen de Brito, Suzane Cardoso, Thales Ritter Braga, Thiago Rodrigues, Tiana de Azevedo, Tomás Fleck, Vitória Feijó, Viviane Rossales, Wesley dos Santos, Winie Lacerda.

DIREÇÃO
Direção: Filipe Matzembacher, Marcio Reolon.
Primeira assistência de direção: Daniela Strack.
Segunda assistência de direção: Pedro Galiza.
Preparação de elenco: Filipe Matzembacher, Larissa Sanguiné, Marcio Reolon.
Preparação corporal: Denis Gosch.
Preparação vocal: Ligia Motta.

ROTEIRO
Roteiro: Filipe Matzembacher, Marcio Reolon.
Consultoria de roteiro: Jacques Akchoti, Miguel Machalski.
Tradução inglês: Susana Ribeiro.

PRODUÇÃO
Produção: Filipe Matzembacher, Jessica Luz, Marcio Reolon.
Produção executiva: Jessica Luz.
Assistência de produção executiva: Natasha Ferla.
Direção de produção: Alice Castiel.
Assistência de produção: Gabriela Bortolon, Presi de Moraes.
Secretaria de produção: Priscila Severo.
Casting: Filipe Matzembacher, Marcio Reolon.
Produção de elenco e figuração: Laura Leão.
Assistência de produção de elenco: Kellen Linhares.
Produção de locação: Alice Castiel.

Produção de set: Thiago Luiz Machado.
Assistência de produção de set: Henrique Schaefer.
Produção de alimentação: Carolina Azambuja.
Motoristas: Alexandre Cardoso da Silva, Mauricio Rossetti, Márcio Carneiro, William Pacheco.

Contabilidade: Marcelo Lasevitz / Chamun Assessoria Empresarial (Porto Alegre).

BASE
Avante Filmes: Filipe Matzembacher, Germano de Oliveira, Marcio Reolon.
Estagiária: Tatiane Enzweler.
Besouro Filmes: Bruno Polidoro, Fabiano Florez, Jessica Luz.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Glauco Firpo.
Primeira assistência de câmera: Arno Schuh.
Segunda assistência de câmera: Lígia Tiemi Sumi.
Operação de video assist: Erê Carvalho Zimmer.
Logger: Joana Bernardes.

Eletricista chefe: Felipe Kuhn, Mauricio Leite.
Assistência de elétrica: Alexandre Cardoso da Silva, Jefferson Oliveira.

Fotografia de cena: Clava.
Making of: Giordano Gio.

ARTE
Direção de arte: Manuela Falcão.
Cenografia: Yara Balboni.
Assistência de cenografia: Marco Fronckowiak, Rodrigo Lopes, Paulo Renato de Souza.
Produção de arte e objetos: Gabriela Burck.
Efeitos de chuva: Thiago Luiz Machado, Tiago Kraemer.

Produção de figurino: Maíra Flores.
Maquiagem: Juliane Senna.

SOM
Som direto: Marcos Lopes.
Microfonista: Ivan Lemos.

MÚSICA
Trilha sonora original: Felipe Puperi.
Produção trilha sonora original: Rita Zart.
Pesquisa musical: Filipe Matzembacher.
Produção musical: Jessica Luz, Natasha Ferla, Rita Zart.

Músicas:
• "Leite" (Liana Padilha, Luciano de Oliveira, Luca Lauri Pires, Thiago Pethit) por Noporn e Thiago Pethit // Licenciada por: Luciano Lauri Pires
• "Harassment" (Felipe Puperi) por Felipe Puperi
•"Gris" (Alércio Pereira Júnior) por Musa Híbrida // Licenciada por: Alércio Pereira Júnior
• "A Fonte da juventude" (Daniel de Bem) por Saturno de José // Licenciada por: Ivan Lemos Santos
• "Bahia" (Diogo Brochmann, Felipe Kautz, Rodrigo Fischmann) por Dingo Bells // Licenciada por: Diogo Brochmann
• "5 minutos" (Felipe Puperi) por Felipe Puperi
• "Bassically" (Gianluca Buccellati, Valerie Teicher) por Tei Shi // Licenciada por: Red Light Management e Advanced Alternative Media. Administrada por: Kobalt Music Publishing Limited (ASCAP)
• "Odoiá" (Jaloo) por Jaloo // Licenciada por: Jaloo e Elemess
• "Sirena" (Rafhaela Zyon, Rafael Chaves, Jonas Moraes) por Casca Máquina & Zyom // Licenciada por: Jonas Moraes Silva
• "Cavalo" (Liana Padilha, Luciano de Oliveira, Luciano Lauri Pires) por Noporn // Licenciada por: Luciano Lauri Pires
• "Ele é monogâmico" (Filipe Rossato 'Renê', Gabriel Pessoto) por Renê featuring Gabriel Pessoto // Licenciada por: Gabriel Pessoto
• "Flerte revival" (Letrux) por Letrux (voz) // Licenciada por: Editora Dubas e Letrux
• "Turmalina" (Rafael Chaves, Jonas Moraes) por Casca Máquina // Licenciada por: Jonas Moraes Silva
• "Violência" (Felipe Puperi) por Felipe Puperi
• "Monton" (Rita Zart, Tiago Abrahão) por Rita Zart e Tiago Abrahão
• "Tanto" (Luciano Lauri Pires, Liana Padilha, Luciano de Oliveira, Raimundo Giorgi Filho, Rennan Cabral Monteiro) por Noporn e Rennan Cabral Monteiro // Licenciada por: Luciano Lauri Pires
• "Drone bomb me" (Anohni, Ross Birchard) por Anohni (voz) // Cortesia: Rebis Productions, LLC. © 2016 Rebis Music, LLC e Warp Music Publishing. Administrada por: Kobalt Music Publishing Limited (ASCAP) [final]

FINALIZAÇÃO
Montagem: Germano de Oliveira.
Assistência de montagem: Jonatas Rubert.

Efeitos visuais: Ricardo Mendes, Ronaldo Serrano.
Assistência de efeitos visuais: Vicente Bobadra.
Colorista: Lígia Tiemi Sumi.
Finalização: Jonatas Rubert.

Desenho de som: Marcos Lopes, Tiago Bello.
Foley: Ivan Lemos, Sérgio Guidoux.
Mixagem 5.1: Tiago Bello.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Câmera: Marc Films (São Paulo).
Iluminação: Locall.
Transporte: Tesch Company (Porto Alegre).
Estúdio de efeitos visuais: Abissal (Porto Alegre).
Estúdio de edição de som e mixagem: Gogó Conteúdo Sonoro (Porto Alegre).
Estúdio de masterização: JLS (São Paulo).

Seguros: Sensulini (São Paulo).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Avante Filmes (Porto Alegre).
Coprodução: Besouro Filmes (Porto Alegre).
Financiamento (BR): Chamada Pública SAV/MINC 03/2014. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Avante Filmes Ltda.. Valor: R$ 999.820,00; contemplado com o título: Garoto neon.
Financiamento (BR): Chamada Pública BRDE/FSA PRODECINE 03/2016. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Avante Filmes Ltda.. Valor: R$ 100.000,00.
Produced with the support of the Hubert Bals Fund [2014] of the IFFR International Film Festival Rotterdam (NL).
Apoio: Porto Alegre Film Commission / www.portoalegrefilm.com, Prefeitura de Porto Alegre; ???????? Apex Brasil; Navegantes; Goethe-Institut Porto Alegre.
Patrocínio de distribuição: BR Petrobras / Governo Federal – Brasil.

Participação em fase de pré-produção:
• Cinéma en Développement 10, Rencontres Cinémas d'Amérique Latine de Toulouse (FR), mar 2015; como Garoto neon.
• 1º Plataforma:LAB, Porto Alegre, 2015.
• Brasil CineMundi 6º Encontro Internacional de Coprodução / 6th International Coproduction Meeting / Mostra CineBH 9th International Film Festival, Belo Horizonte, 15-22 out 2015.
• 13 Berlinale Co-Production Market: Talent Project Market, Berlinale 66. Internationale Filmfestspiele Berlin, fev 2016.

AGRADECIMENTOS
Os produtores agradecem especialmente a: Cam4, Carlos André Pires, Coletivo Cerne, Eduardo Valente, Eva Morsh-Kihn, Fay Breeman, Florian Weghorn, Iwana Chronis, Janneke Langelaan, Jeske Van Der Slikke, Joelle Bertossa, Kathi Bildhauer, Locall, Marit Van Den Elshout, Paulo de Carvalho, Rafael Stiborski, Wilton Soares.
Os diretores agradecem especialmente a: Ana Maria Reolon Fonseca, Daniel de Bem, Davi Pretto, Denilson Lopes, Eleonora Loner, João Gabriel de Queiroz, Lucas Bortolozzo, Lucas Camargo de Barros, Marcus Mello, Marina Ludemann, Mauro Luís Matzembacher, Nivaldo Fonseca, Paola Wink, Silvia Cruz, Sônia Rosane Cartana.
Agradecimentos: Aline Machado, Amadeo Butelli, André Mendonça, Bar Garibaldi, Bernard Simon, Beto Ramos, Bistrô da Vó Mercedes, Boteko Andradas, Bruno Polidoro, Camila Laux, Casa de Cinema de Porto Alegre, Cassio de Borba Lucas, CineBancários, Cristiano Trein, Cubo, Davi Vargas, Derek Devlin, Diana Elbaum, Diego Machado, Dirce Masiero, Ecoposto, Edifício Burity, Erick Endres, Fabiano Florez, Flavio Augusto Rodrigues, Foro Central, Garza Cervejaria, Guilherme Duarte, Henrique Cavalcanti, Henrique Laux, Iuri Santos, Jockey Club do RS, Jonathas Diniz, José Alberto Baungratz, Kim Costa Nunes, Laura Falcão, Lojas Linna, Luciane Falcão, Luciano Scherer, Luis Capra, Luiza Carmona, Marcelo Lucchese, Marco André Germano, Michelle Silva, Miguel Soll, Rafael Serpa, Ricardo Carpin, Rosaine Loder, Rosângela Quadros, Sala Rony Leal, Samuel Sandifer.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 118 min
Som: Dolby Digital 5.1
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:
Legendas (DVD): English.

DIVULGAÇÃO
Criação gráfica: Clava.
Distribuição: DVD: Versátil Home Video. Edição limitada com dois cards, em parceria com Vitrine Filmes. Extras.
www.sessaovitrine.com.br – [logo facebook] sessaovitrine – [logo instagram] vitrine_filmes
www.petrobras.com.br/cultura

EXTRAS DVD
Curta-metragem: Quarto vazio (Filipe Matzembacher, 2013, 21 min).
Entrevistas com os diretores (30 min).

PREMIAÇÃO
• 68. Internationale Filmfestspiele Berlin 2018: melhor filme LGBTQI do festival – 32. Teddy Award + melhor filme da Mostra Panorama – Cicae – Art Cinema Award (Confederação Internacional de Cinemas de Arte).
• 33º Festival Internacional de Cine en Guadalajara 2018: melhor longa-metragem de ficção (Prêmio Maguey).
• 34th Wicked Queer – The Boston LGBT FF: melhor longa-metragem de ficção.
• 33. Lovers Ff – Torino Lgbtqi Visions: melhor longa-metragem de ficção // Prêmio Ottavio Mai: melhor longa-metragem de ficção (júri jovem).
• 20º Outshine FF: best narrative – runner-up.
• Molodist: Kyiv International Film Festival: menção especial Sunny Bunny Competition Jury.
• Outfest Los Angeles 2018: best international narrative.
• 22º Queer Lisboa-Competição Internacional: menção especial.
• 54th Chicago International Film Festival-competição Out-Look: menção especial: “Por sua corajosa inventividade e por retratar a identidade queer observando cuidadosamente questões interseccionais políticas e econômicas, nós damos a Tinta Bruta a menção especial”. [Os diretores estiveram presentes para debates após as sessões que ocorreram na última sexta e sábado. O filme tem previsão de lançamento comercial nos Estados Unidos para o primeiro semestre do ano que vem. E no Brasil para dezembro deste ano.]
• 20º Festival do Rio 2018: melhor longa-metragem de ficção + roteiro + ator (Menegat) + ator coadjuvante (Fernandes).
• Prêmio APCA Associação Paulista de Críticos de Artes 2018: melhor fotografia.
• 12º Prêmio ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul 2018: melhor longa-metragem gaúcho.
• 24º Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro [aos melhores de 2018] / Papo de Cinema: revelação masculina (Menegat); indicações: roteiro original + fotografia.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Distribuição BR: Vitrine Filmes (São Paulo) / Direção geral: Silvia Cruz. Gerência de lançamentos: Ruan Canniza. Marketing: Marina Tarabay. Controle financeiro: Jardel Tambani. Administrativo financeiro: Carol Silveira. Programação: Leonor Araújo. Produção: Julia Gallego. Novos projetos: Victor Hugo Borges. Coordenação Sessão Vitrine Petrobras: Talita Arruda. [Sessão Vitrine Petrobras: ingressos reduzidos nas salas parceiras do projeto em mais de 20 cidades brasileiras – Sessões com debate – Uma estreia por mês].
Vendas e festivais: m-appeal.
Contato: Avante Filmes.

OBSERVAÇÕES
Danuta Zaghetto está creditada em elenco (com personagem) e em figuração.
Cf. créditos finais: // Tinta bruta – Porto Alegre – 2018 //

Títulos alternativos: Garoto neon / Hard paint
Grafias alternativas: Janaína Kraemer | Tiago Kraemer 'Muka' | Letícia Novaes 'Letrux' e Letrux | Zyon | Mauricio Zuccotto Leite | Felipe Kühn | Thiago Machado 'Vermelho' | Estúdio JLS, nome fantasia de JLS Facilidades Sonoras | Tesch | Alexandre Cardoso | Victor Hugo | Alexandre Cardoso da Silva (motorista) e Alexandre Cardoso (assistência de elétrica) | Chamum Assessoria Empresarial
Grafias alternativas (funções): Fotografia still | Controller | Logagem | Microfone | Chefe de elétrica | Sales e festivais (cf. créditos).

BIBLIOGRAFIA
JONES, Gareth Gaz Top. Making of The Cure videos. Tim Pope TV, Londres, 1985.
INC. Entrevista com os diretores do longa Tinta bruta, grande vencedor do Festival do Rio. Instituto de Cinema, São Paulo, 2018.
VILLAÇA, Pablo. Tinta bruta. Cinema em Cena, São Paulo, 19 fev 2018.
GUIRLAND, Flávio. A difícil construção de si. Teorema – Crítica de Cinema, Porto Alegre, dez 2018, p.43-47, n.30.
FIORE, Matheus. Tinta bruta – Um corpo político em conflito com espaços reacionários. Plano Aberto, Rio de Janeiro, 4 dez 2018.
PERRONE, Marcelo. Tinta bruta conta história de jovem que faz performances eróticas na internet para fugir da solidão. Zero Hora, Porto Alegre, 5 dez 2018. 
MIRANDA, André. Tinta bruta – uma nova geração e a web. O Globo, Rio de Janeiro, 6 dez 2018.
KLIMIUC, Denis Le Senechal. Tinta bruta – violência homofóbica em delicado retrato. Cinema com Rapadura, São Paulo, 4 jun 2020.

PANNEBECKER, Matheus. Tinta bruta (2018) – As tintas de que (não) precisamos. In: FEIX, Daniel; LUNARDELLI, Fatimarlei; PINTO, Ivonete; KANITZ, Mônica; VALLES, Rafael (org). 50 olhares da crítica sobre o cinema gaúcho. Porto Alegre: ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, Opinião Produtora, Diadorim Editora, JBL Harman, Pró-cultura / Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul, 2022. 226p. il., p.209-213.

Exibições


• Berlin (DE), Berlinale 68. Internationale Filmfestspiele Berlin [15-25 fev]-Panorama,
CinemaxX 7, 18 fev 2018, dom, 22h30
CineStar 3, 19, 25 fev 2018, seg, 17h30, dom, 17h45
Cubix 7, 20 fev 2018, ter, 22h30
Zoo Palast 2, 22 fev 2018, qui, 19h

• Guadalajara (MX), FICG 33º Festival Internacional de Cine en Guadalajara [9-16 mar], ficção, mar 2018

• London (UK), 32nd BFI Flare: London LGBTQ+ Film Festival, 30, 31 mar 2018, sex, sab

• Boston, MA (US), 34th Wicked Queer: The Boston LGBT Film Festival, Brattle Theatre, 1º abr 2018, dom

• Queergestreift Film Festival 2018

• Skopje Film Festival 2018

• Miami, FL (US), OUTshine Film Festival, 27 abr 2018, sex, 21h

• London (UK), Cinema Museum London 2018
• Freiburg, Gay Film Festival Freiburg 2018
• Pink Apple Film Festival 2018
• Orlando Festival 2018
• Ciudad de México (MX), Mix Mexico 2018

• TIFF Transilvania International Film Festival [25-29 maio]

• Toronto (CA), Inside Out LGBT Film Festival, Bell Light Box, 27 maio 2018, dom, 21h30

• Kiev (UA), Molodist, 2 jun 2018, sab

• Sidney (AU), Sidney Film Festival, 6, 9 jun 2018, qua, sab

• Torino (IT), 33. Lovers Film Festival – Torino LGBTQI Visions

• Paris (FR), TEDDY Screenings, 2018
• TLVFest 2018
• Puerto Rico (PR), Puerto Rico Queer Film Festival 2018
• Seattle, WA (US), Seattle International Film Festival 2018
• Ciclo Rosa Film Festival 2018
• Taipei Film Festival 2018
• Gay Filmdays Bielefeld 2018
• International Queer Showcase Nuevo León 2018
• Cinecitta' Queer Film Festival 2018
• Bangkok LGBT+ Film Festival 2018
• Los Angeles, CA (US), Outfest Los Angeles 2018
• Berlin (DE), Filmrauschpalast Berlin 2018
• New Horizons International Film Festival 2018
• Gaze International LGBT Film Festival 2018
• Melbourne (AU), Melbourne International Film Festival 2018
• Vancouver (CA), Vancouver Queer Film Festival 2018
• Reel Affirmations Monthly LGBTQ Film Series 2018
• Hong Kong (HK), Hong Kong Lesbian & Gay Film Festival 2018
• Atenas (GR), Athens International Film Festival 2018
• Shanghai (CN), Shanghai Queer Film Festival 2018
• Bari (IT), Bari International Gender Film Festival 2018
• Luststreifen Film Festival 2018
• Adelaide (AU), Adelaide Film Festival 2018
• Vinokino LGBT Film Festival 2018
• QCinema International Film Festival 2018
• LesGaiCineMad 2018
• MIX Copenhagen 2018
• Slovak Queer Film Festival 2018
• Seattle, WA (US), TWIST: Seattle Queer Film Festival 2018
• Brussel (BE), 17th Brussels Queer Film Festival 2018
• Berlin (DE), Porn Film Festival Berlin 2018
• Chicago, IL (US), Chicago International Film Festival 2018

• São Paulo (SP), 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo [18-31 out], Espaço Itaú de Cinema Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação),
Sala 3, 29 out 2018, seg, 21h20
Sala 5, 30, 31 out 2018, ter, 13h30, qua, 18h45

• Rio de Janeiro (RJ), 20º Festival do Rio [1º-11 nov]-Première Brasil: Competição Longa-metragem Ficção,
Estação Net Gávea Sala 3 e Sala 5, 6 nov 2018, ter, 21h40
CCLSR Cine Odeon Net Claro, 7 nov 2018, qua, 16h
Kinoplex São Luiz Sala 1, 8 nov 2018, qui, 21h30

• Porto Alegre (RS), CineEsquemaNovo-Arte Audiovisual Brasileira [22-28 nov]-Mostra Competitiva Brasil, Cinemateca Capitólio, 27 nov 2018, ter, 19h

• La Habana (CU), 40 Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano [6-16 dez]-Mostra Los colores de la diversidad, dez 2018

Lançamento comercial: 6 dez 2018, qui: circuito nacional

• Porto Alegre (RS), CineBancários,
6-9, 11, 12 dez 2018, qui-dom, ter, qua, 17h
13-16, 18, 19 dez 2018, qui-dom, ter, qua, 15h
20-23, 26 dez 2018, qui-dom, qua, 19h
27-30 dez 2018, qui-dom, 19h

• Porto Alegre (RS), Mostra Cinema LGBTQIAPN+ brasileiro [22-25, 27, 28 jun], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz, 25 jun 2023, dom, 19h15

• Porto Alegre (RS), Mostra Especial Primavera Gaúcha [21 set-13 out], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz, 11 out 2023, qua, 19h

• Canal Brasil, Maratona Festival de Berlim, 11 fev 2024, dom, 23h35

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Tinta bruta. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1154/tinta-bruta. Acesso em: 18 de abril de 2024.