O Galo missioneiro – A trajetória de um militante (2018)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção
HD, cor, 79 min

Direção: Thiago Köche.
Companhia produtora: Thiago Köche

Primeira exibição: Porto Alegre (RS), Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, 26 jun 2018, ter, 19h (lançamento)

 

O diretor Thiago Köche diz que a ideia de O Galo missioneiro – A trajetória de um militante surgiu pela convivência que passou a ter com o ex-governador por sua relação com o deputado estadual Edegar Pretto (PT), para quem o cineasta trabalha. "Comecei a me encantar cada vez mais por ele". O mais difícil foi convencer Olívio Dutra a participar, uma vez que ele já havia recebido e recusado propostas para contar sua vida no cinema. "Ele negava por entender que a história não era só dele, era uma construção de diversas pessoas e do partido. Mas, pela proximidade dele com o Edegar e pela Sônia Rosler, assessora de 20 anos, que assina o roteiro em parceria com a Tina Wagner Griebeler, conseguimos convencer que ele seria o fio condutor para que fosse contada a história da esquerda em Porto Alegre nas últimas décadas", explica Thiago.

O documentário é dividido em cinco partes, sempre interligando imagens do passado e do presente. A primeira trata da origem pessoal de Olívio. A segunda sobre a luta sindical e o início do PT no Estado e no Brasil. A terceira aborda a sequência de mandatos que o partido conquistou na Prefeitura de Porto Alegre, a começar pela vitória de Olívio em 1989. A quarta foca na gestão dele como governador RS 1999-2002 e, segundo Thiago, incluindo aspectos positivos e polêmicas, como o caso Ford. "Foi uma orientação até do Olívio que seria importante colocar". A última parte trata do cotidiano do ex-governador: "Desde as coisas mais folclóricas, mas reais, que o tornam essa figura humana, com a qual as pessoas se identificam, como andar de ônibus, andar de bicicleta todo o santo domingo, viver no mesmo apartamento desde que mudou para Porto Alegre, até reuniões do partido e políticas, inclusive com a Caravana do Lula", conta o diretor, que é formado pelo CRAV Curso de Realização Audiovisual, da UNISINOS, em seu primeiro longa. As gravações foram realizadas durante um ano, a partir de junho de 2017. Ele aproveitava os momentos de convivência entre Edegar e Olívio, bem como eventos que se realizavam durante a noite e nos finais de semana, para fazer as filmagens e ele próprio fazia a captação. "Era uma câmera na mão e uma lapela no Olívio". Além disso, Thiago fez uma longa pesquisa em arquivos da TVE RS, da Casa de Cinema de Porto Alegre – que produziu campanhas eleitorais, do SindBancários – sindicato que o ex-governador presidiu, e da Câmara dos Deputados, em especial do período em que Olívio foi deputado constituinte.

O filme foi realizado sem recursos públicos por meio de leis de incentivo à cultura e o orçamento foi zero. Além de seu próprio tempo e trabalho, Thiago contou com a colaboração gratuita de dois amigos que o auxiliaram com animação, arte, edição de som e mixagem. Em razão disso, ele destaca que todas as exibições são gratuitas. Existem duas versões deste documentário como relata por e-mail (em 25 abr 2022) para o Portal: "A primeira versão é a de 70 minutos. Tínhamos tentado uma gravação com o Mujica, que acabou se realizando meses depois do lançamento, então para não perdermos a oportunidade, quando fomos disponibilizar publicamente no YouTube já publicamos a versão estendida com essa cena extra em Montevideo".

Governadores do Rio Grande do Sul a ganharem documentários longos são:
Leonel Brizola (governador PTB-RS 1959-1963): Brizola – Tempos de luta (Tabajara Ruas, Rogério Brasil Ferrari, 2007);
Alceu Collares (governador PDT-RS 1991-1994): O Voto e o pão (Gilberto Lima, 2015);
Olívio Dutra (governador PT-RS 1999-2002): O Galo missioneiro – A trajetória de um militante (Thiago Köche, 2018).

Sinopse


SINOPSE
// Este filme foi realizado de forma independente e militante, assim como são os/as protagonistas deste documentário. //

Capítulo I: A origem e história de Olívio Dutra.
Capítulo II: A luta sindical e o início do PT no RS.
Capítulo III: As 3 primeiras e consecutivas gestões do PT em Porto Alegre.
Capítulo IV: O primeiro governo estadual gaúcho do PT.
Capítulo V: O cotidiano do incansável militante Olívio.

Ficha técnica


IDENTIDADES
Olívio Dutra (militante da luta do povo trabalhador).
Ordem de identificação:
Severiano Telles (artista popular),
Arnoldo Doberstein (historiador e amigo de infância do Olívio),
Judite Dutra (professora aposentada),
Raul Pont (prefeito PT-RS de Porto Alegre 1997-2000),
Dilma Rousseff (ex-presidenta da República),
Miguel Rossetto (vice-governador na gestão Olívio Dutra),
Celi Pinto (professora do Departamento de História da UFRGS),
Tarso Genro (governador PT-RS 2011-2014),
Iria Charão (coordenação do Orçamento Participativo nas gestões do Olívio),
Gerusa Bittencourt (enfermeira e militante da JPT Juventude do Partido dos Trabalhadores),
Antônio Vicente (tribo indígena Kaingang, de Iraí),
Roberta Coimbra (MST Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra),
Augusto Olson (MST Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra),
Luiz Inácio Lula da Silva (ex-presidente da República),
José 'Pepe' Mujica (ex-presidente do Uruguay).
Não creditados: Luís Augusto Fischer, Katia Suman, Gleisi Hoffmann, Maria do Rosário.
Arquivo: Cassiano Xavier Dutra (Pai, em 1991), Amélia de Oliveira Dutra (Mãe, em 1991), Leonel Brizola, Getúlio Vargas, Jango, Maria Thereza Goulart.

DIREÇÃO
Direção: Thiago Köche.

ROTEIRO
Roteiro: Sônia Rosler, Tina Griebeler / mandato deputado Edegar Pretto.
Pesquisa: Thiago Köche.

PRODUÇÃO
Produção: Sônia Rosler, Tina Griebeler / mandato deputado Edegar Pretto.
Produção das agendas no Uruguay: Atahualpa Fidel, Daniel Caggiani.

FOTOGRAFIA
Operação de câmera: Thiago Köche.

ARTE
Caligrafia do título e desenho publicitário: Betina C. Köche.

SOM
Som: não creditado.

MÚSICA
Músicas:
• "Cruz missioneira" (Pedro Ortaça)
• "Marcha nupcial" (Richard Wagner) por Kevin MacLeod
• "Cena beatnik" (música, letra: Nei Lisboa)
• "A Luz do amanhecer" (Gelson Oliveira)
• "Galo missioneiro" por Antonio Gringo (voz, violão), Ceceu Dorneles (gaita)
• "Milonga para Mujica" (Humberto Schumacher)
• "Wagner Bridal Chorus" por Kevin MacLeod / incompetech.com // Sob Licença Creative Commons Atribuição CC-BY

ARQUIVO
Registro: Caravana do Lula: Felipe Kfouri
Filme: Jango (Silvio Tendler, 1984) [Comício da Central do Brasil]
Filme: Encruzilhada Natalino (Guaracy Cunha, Ayrton Centeno, 1981, super-8)

Imagens de arquivo: Arquivo Histórico Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região; Escola de Cidadania CAMP – desde 1983; TVE RS; Câmara dos Deputados; TV AL RS [TV Assembleia Legislativa RS]; fotógrafo Juca Martins / Olhar Imagem; Arquivo pessoal de Olívio e Judite Dutra; Domínio Público Brasileiro; Casa de Cinema de Porto Alegre.

FINALIZAÇÃO
Edição: Thiago Köche.
Animações e créditos: Lucas Argenta.
Edição de som e mixagem: Humberto Schumacher.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Thiago Köche (Porto Alegre)
Apoio: Casa de Cinema de Porto Alegre; SindBancários – Porto Alegre e Região – Filiado a CUT; FETRAFI RS – CONTRAF/CUT; Finish Produtora (Santa Maria).

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: ACIT, Alexandre Leboutte, Antonio Alonso Jr., Antonio Gringo, Bar Ocidente, Bruno Monteiro, Caco Argemi, Catiana Medeiros, Ceceu Dorneles, Daniela Tolfi, Davison Soares, Elena Vellojas, Érico Moraes, Felipe Kfouri, Fundação Perseu Abramo, Gabriel Massa, Gelson Oliveira, Giba Assis Brasil, Jane Pilar, Jonatas Rubert, Jorge Maciel, Juberlei Barcelo, Juca Martins, Katia Suman, Kátia Zimmer, Luiz Carlos Barbosa da Silva, Memorial da Democracia, Miguel Idiart, Nei Lisboa, Olhar Imagem, Pedro Ortaça, Rose Ortaça.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Sagrada Família; Porto Alegre.
Uruguay, em Montevideo.
Período: durante um ano, a partir de junho de 2017.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:10:00 (DVD) / 1:19:04 (YouTube + Facebook)
Som: Stereo 2.0
Imagem: cor
Proporção de tela: 1.85
Formato de captação: digital com uma DSLR simples (Canon T5i), em 1920x1080 com 24fps
Formato de exibição: Full HD 1920x1080 24fps

DIVULGAÇÃO
www.casacinepoa.com.br

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: Livre.
DVD (digipack): Distribuição gratuita. Autoração: 22 nov 2018. Consta fotografia de cena por Caco Argemi.
Contato: Thiago Köche.

OBSERVAÇÕES
Cf. créditos finais: // Porto Alegre, junho de 2018. //
Cf. créditos finais: // Este filme é licenciado em cultura livre Creative Commons licença CC-BY-NC-AS. O download para exibição gratuita, seja caseira ou em eventos (desde que sem fins lucrativos) e a visualização online desta obra são gratuitas e estão autorizadas, porém é importante ressaltar que estão liberadas para utilização em outras obras (também replicadas sob Creative Commons) SOMENTE as captações originais e inéditas feitas pelo diretor Thiago Köche, assim como as animações de Lucas Argenta e os áudios (áudios somente das captações originais e inéditas do diretor Thiago Köche, não valendo para áudios provenientes de materiais audiovisuais de arquivo nem das músicas que estão no filme) da edição de som e mixagem de Humberto Schumacher. As demais imagens de arquivo, tanto o material audiovisual como as músicas e fotografias, tem os direitos autorais pertencentes e reservados aos seus autores em copyright, que as liberaram legalmente e gratuitamente SOMENTE para o filme O Galo missioneiro – A trajetória de um militante. Caso desejem utilizar tais materiais audiovisuais de arquivo (que não estão compartilhadas em Creative Commons e que estão sob domínio copyright), mesmo que seja através do arquivo do filme O Galo missioneiro – A trajetória de um militante, terão que solicitar aos devidos detentores dos direitos legais. A produção e equipe do filme O Galo missioneiro – A trajetória de um militante não se responsabiliza pela indevida utilização destes materiais audiovisuais de arquivo acima citados que estão sob licença copyright e não pertencem à equipe e/ou à produção da obra O Galo missioneiro – A trajetória de um militante. Qualquer dúvida, favor contatar a produção. Obrigado. //

Grafias alternativas: Kevin MacLoad e Kevin MacLeod | Finish | TVE | ALTV (créditos)

BIBLIOGRAFIA

Exibições


• Porto Alegre (RS), Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, 26 jun 2018, ter, 19h (lançamento)

• Constantina (RS), Centro Cultural José Rugeri, 6 jul 2018, sex, 19h (presença do diretor, Olívio Dutra, deputado estadual Edegar Pretto, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, lideranças, militantes do PT e comunidade em geral, representando vários municípios da região)

• Passo Fundo (RS), Câmara de Vereadores, 7 jul 2018, sab, 13h

• Palmeira das Missões (RS), Centro Cultural Professor Mozart Pereira Soares, 7 jul 2018, sab, 16h

• Rodeio Bonito (RS), Ginásio de Esportes do Clube São Luiz, 7 jul 2018, sab, 19h

• Caxias do Sul (RS), UCS Cinema, no Campus-Sede da Universidade de Caxias do Sul (R. Francisco Getúlio Vargas, 1.130), 20 jul 2018, sex, 20h

• Facebook, disponível desde 12 jun 2019 (versão com 1:19:04)

• YouTube, disponível desde 14 jun 2019 (canal Edegar Pretto) e 5 jul 2019 (canal Mídia Ninja) (versão com 1:19:04)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
O Galo missioneiro – A trajetória de um militante. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1184/o-galo-missioneiro-a-trajetoria-de-um-militante. Acesso em: 24 de abril de 2024.