Aos olhos de Ernesto (2019)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
HD, cor, 123 min

Direção: Ana Luiza Azevedo.
Companhia produtora: Casa de Cinema de Porto Alegre

Primeira exibição: Haeundae-gu (Busan, Coreia do Sul), BIFF 24th Busan International Film Festival-World Cinema, Busan Cinema Center, Cinema 2, 4 out 2019, sex, 16h30
Primeira exibição RS: Porto Alegre (RS), Espaço Itaú de Cinema Bourbon Shopping Country, 29 out 2020, qui, 14h30

 

No drama escrito por Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, o protagonista é o fotógrafo uruguaio Ernesto, um sujeito culto, amante da vida e da cultura, apaixonado tanto pelo presente quanto pelo passado. Depois de anos trabalhando com a visualidade, Ernesto começa a perder a visão por conta da idade avançada. Morando sozinho por decisão pessoal, o idoso acaba se tornando amigo da jovem Bia, uma cuidadora de cães que frequenta seu prédio e com quem teve um primeiro encontro desagradável. Aos poucos, os personagens começam a se relacionar amistosamente, arejando as vivências um do outro. Se Ernesto faz Bia tomar o rumo do inesperado, ele é instigado por ela a seguir em direção ao seu destino junto ao Prata. Nesta produção da Casa de Cinema de Porto Alegre, a produtora-executiva Nora Goulart reúne um elenco platino composto pelo uruguaio Jorge Bolani (Ernesto), pelo argentino Jorge d'Elia (Javier) e pelos gaúchos Gabriela Poester (Bia), Júlio Andrade (Ramiro), Áurea Baptista (Cristina) e Marcos Contreras (Gustavo). Em boa parte da história narrada, os atores transitam no apartamento antigo e escuro de Ernesto, exigindo dos realizadores um rigoroso trabalho de geografia de cena, decupagem, fotografia (Glauco Firpo) e montagem (Giba Assis Brasil). A história de Ernesto foi inspirada na vida do fotógrafo italiano Luigi Del Re, morador da capital gaúcha e pai do fotógrafo Fábio Del Re, com quem Ana Luiza trabalhou em seu longa de estreia, Antes que o mundo acabe (2009). Em homenagem a Luigi, os diretores de arte Fiapo Barth e William Valduga colocaram em cena fotos e equipamentos do fotógrafo. Del Re, que na velhice perdia progressivamente sua visão e autonomia, ainda comunicava-se por correspondência com a irmã, que vivia na França. Ana Luiza adaptou a história para, assim, voltar aos temas da velhice e da memória. O envelhecer e o lembrar movem outros trabalhos da autora, como a série Doce de mãe (2014), codirigida por Jorge Furtado e vencedora do Emmy 2015 de melhor comédia seriada. Outro exemplo é Dona Cristina perdeu a memória (2002), curta sobre choque de gerações e de percepções de mundo. E é justamente o estar no mundo, um estar que é simultaneamente afetuoso, estético e político, aquilo que motiva Ernesto. A melhor tradução deste estado de espírito do personagem está nas palavras do escritor uruguaio Mario Benedetti, cuja obra aparece em cena nos formatos de música, citação literária e poesia falada – em uma cena filmada em uma batalha de slam, ou seja, uma sessão de poesia urbana realizada na rua em que os participantes disputam o poder da fala poético-política. A primeira exibição de Aos olhos de Ernesto ocorreu no 24º Busan International Film Festival-World Cinema, na Coreia do Sul. Na Mostra de São Paulo, em 2019, foi escolhido o melhor filme brasileiro pela crítica. Obteve os prêmios de melhor ator (Bolani) e de melhor película segundo o público do Festival de Cine de Punta del Este, e de melhor filme no 24º Inffinito Brazilian Film Festival e no 28º San Diego Latino Film Festival. O lançamento comercial em salas estava previsto para ocorrer em 02 de abril de 2020, mas por causa da pandemia do coronavírus a estreia ocorre por streaming em 17 de setembro. Antes de lançar Aos olhos de Ernesto, Ana Luiza dirigiu e roteirizou o curta 3 minutos (1999) e os documentários Ventre Livre (1994) e O Grão da imagem (2007). Assistente de direção em Ilha das Flores (1989) e Tolerância (2000), diretora assistente de O Homem que copiava (2003), Meu tio matou um cara (2005) e Sal de prata (2005), Ana Luiza assinou diversos especiais para a televisão. Com Jorge Furtado, codirigiu o curta Barbosa (1988), a série de TV Decamerão – A comédia do sexo (2009), o telefilme Doce de mãe (2012) e o documentário Quem é Primavera das Neves (2017).

Sinopse


Idoso e viúvo, o uruguaio Ernesto não quer vender seu apartamento em Porto Alegre nem ter uma cuidadora em casa, como deseja seu filho, Ramiro, que vive em São Paulo. Apesar das limitações de saúde que a idade lhe impõe, como a perda de visão, ele prefere viver sozinho. Ernesto passa os dias entre seus livros e discos, falando ao telefone com o filho e indo ao banco. Diariamente, ele recebe visitas do vizinho argentino, Javier. Com frequência, recebe cartas remetidas desde Montevideo pela antiga amiga Lucía Álvares, porém a crescente cegueira o impede de ler. Ao voltar de um restaurante, deixa cair uma quentinha no chão em frente ao prédio. O cão de uma garota lambe a comida. Irritado, Ernesto sobe para o seu apartamento. Ela vai atrás, dizendo que limpou o alimento. Ernesto se recusa a comer. A garota entra no apartamento para jogar a quentinha no lixo. Espantada com a sujeira da cozinha, ela começa a lavar a louça. Os dois começam a se dar bem. O viúvo diz que mora sozinho. Bia se apresenta como cuidadora de cães, sobrinha de uma vizinha dele. Por carta, Ernesto descobre que o amigo Horacio morreu, deixando Lucía viúva. Após roubar as chaves do apartamento de Ernesto, Bia invade a residência para vasculhar o local e cometer pequenos furtos. Sabendo disso, Ernesto a convida para lhe fazer companhia e também alguns serviços, como ler as cartas de Lucía e escrever as respostas à conterrânea. Bia se arrepende de ter roubado Ernesto. A amizade entre os dois se consolida. Bia começa a transformar o cotidiano do idoso, e ele acaba descobrindo detalhes desconcertantes sobre a vida dela. Ao mesmo tempo, Bia quer saber mais sobre a vida do novo amigo, especialmente sobre sua relação com Lucía. A presença de Bia faz Ernesto sentir-se rejuvenescido, porém, a partida de Javier para Buenos Aires e o anúncio da partida de Bia prenunciam a solidão do uruguaio. O idoso toma a decisão de deixar a capital gaúcha em direção a Montevideo. Seu desejo é encerrar a vida ao lado de quem sempre amou.

Ficha técnica


ELENCO
Jorge Bolani (Ernesto),
Gabriela Poester (Bia),
Júlio Andrade (Ramiro),
Áurea Baptista (Cristina), Marcos Contreras (Gustavo),
Mirna Spritzer (Dona Vera), Janaina Kremer (Dona do restaurante), Celina Alcântara (Caixa do banco).
Participação especial: Jorge D'Elia (Javier), Gloria Demassi (Lucia).
Ordem de entrada: Kaya Rodrigues (Vânia), Rossendo Rodrigues (Carlos), Pedro Tergolina (Vendedor), Atena Beauvoir (Poeta Slam), Marina Minhote (Apresentadora Slam), Cristal Rocha (Poeta Slam).
Figuração: Adriano D'Avila, Agnes Mariá, Alexandra Soares, Amanda Vicente, Ana Paula Assmann, Anderson Vieira, Andrews Ferraz Antunes, Andrey Palma, Antônio Assis Brasil, Áurea Rejane Alves, Bruna Vebber, Bruno Inácio Geraldi, Camila Proto, Caroline Nicol, Cleverton Borges, Daniel Paz, Danniel Coelho, Deivith Vieira, Diego Freitas, Douglas Lunardi, Eduardo Schmidt, Ester Santana, Everton Fagundes, Fabiane Francisco, Felipe Deds, Fernanda Fiuza, Fernando Bittencourt, Fernando Hammel, Fernando Pine, Flávia Reckziegel, Gabriel Antonelli, Gabriel Ribeiro, Gabriela Lemos, Jorge Ubirajara Ramos de Oliveira, Gisele Rocha, Glória Ines Ramos de Andrades, Guilherme Fraga, Helton Lemos, Hemerson da Conceição, Igor Ramos, Isabela Coelho de Oliveira, Isabela Moraes, Ivan Walker, Janice Dandara, Jaqueline Souza, Jaqueline Valadares, Jardel Caetano Farias, Jeferson Matter, João Gabriel Moraes, Jonatan Vanzin, Juliana Johann, Juliandro Borges Siqueira, Junior Siqueira, Kayo de Assis, Kim Mansur Seewald, Klaiton Bauermann, Kuma França, Laura Francisco, Leonardo Michelsen, Lincoln Ricardo Baptista, Luis Telmo, Luiz Chanan, Lurdes Souza, Marcelo Bueno, Márcia Metz, Marco Gradaschi, Maria Araújo Velho, Mariane Marmontel, Marielli Gonçalves, Marinez Martini, Marlon Ferreira, Mauro Edson Castro, Naômi Luana Siviero, Natasha Villar, Osiris Tister, Otávio Augusto Passaia, Otto Mansur Seewald, Paula Ferreira Ribeiro, Paulo Roberto Abreu, Pedro Nunes, Pietro Salerno, Quincas Machado, Régis Fabricio, Reissoli Moreira, Renata Cieslak, Renata Marcançoli, Ricardo Meine, Roberta Jorge, Rodolfo Leme, Rodrigo Rodrigues, Ruthielly Linhares, Sara do Nascimento, Seco de Fênix, Selene Telles Bueno, Simone Pinheiro da Silva, Suzy Cardoso, Tatiana Schettert, Terezinha Guimarães, Thais Alves, Tiago Rippol, Tiana Moon, Veronica Dias, Vinicius Muller, Viviane Alves, Viviane Francisco, Weslley David, Yuri Niederauer.

DIREÇÃO
Direção: Ana Luiza Azevedo.
Primeira assistência de direção: Laura Mansur.
Segunda assistência de direção: Jaqueline Valadares.
Continuidade: Teresa Assis Brasil.

ROTEIRO
Roteiro: Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado.
Colaboração no roteiro: Vicente Moreno, Miguel da Costa Franco.
Traduções: Liziane Kugland.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Nora Goulart.
Primeira assistência de produção executiva: Nicky Klöpsch.
Segunda assistência de produção executiva: Claudia Vilarinho.
Direção de produção: Glauco Urbim.
Coordenação de produção: Luísa Adegas.
Primeira assistência de produção: Presi de Moraes.
Produção de elenco: Cynthia Caprara.
Produção de elenco – fase de preparação: Laura Leão.
Produção de figuração: Kellen Linhares.
Produção de locação: Pedro Gusmão.

Platô: Thiago Luiz Machado.
Produção de set: Marcelo Baieski Tchaca.
Assistência de produção de set: Tiago Padilha.
Alimentação: Adriana Mercanti, Alexandre Soares, Brenda Grazziani, Juan Ferrero, Júlio Boher, Rose Rosa / Alimenset Eventos (Porto Alegre).
Motoristas: Alexandre Cardoso da Silva, Cássio Bulgari, Cristiano Conceição, Eliseu Gomes da Costa, Emerson Prestes, Gilberto de Oliveira, José Augusto Mendes Alvarez, Toni Manara, Mauricio Rossetti, Mauro Rebello, Paulo Calzia.

BASE Casa de Cinema de Porto Alegre
Financeiro: Anísio Guedes.
Assistência financeiro: Simone Guedes.
Assessoria jurídica: Regis Michaelsen Napoleão.
Coordenação de distribuição: Claudia Vilarinho.
Telefonistas: Régis Leão, Simone Guedes.
Serviços gerais: Joelma Machado Leão.
Vigias: Eduardo Kruel, Marcelo Gouveia, Paulo Karwatzki.

EQUIPE produção local Uruguay
Produção executiva: Santiago Lopez.
Coordenação de produção: Lula Allegro.
Produção local: Veronica Andrich.
Assistência de produção: Fernanda Pifano.
Produção de locação: Gabriel Alles.
Preparação de prosódia: Pablo Riera.
Segunda assistência de câmera: Mauricio Mena.
Logger: Roman Benvenuto.
Técnico de som: Fabian Oliver.
Maquinista: Martín Varela Andreoni.
Eletricista: Felipe Fernandez.
Grip: Gabriel de Carlo.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Glauco Firpo.
Primeira assistência de câmera: Arno Schuh.
Segunda assistência de câmera: Lígia Tiemi Sumi.
Estagiário de câmera: Theo Tajes.
Operação de steadicam: Juliano Dutra.
Operação de video assist: Juliano Possebon.
Logger: Jonatas Rubert.

Eletricista chefe: Guilherme Kroeff.
Eletricista: Felipe Kuhn.
Maquinista chefe: Guilherme Menegotto.
Maquinista: André Campanhol.
Assistência de elétrica e de maquinaria: Jefferson Oliveira, Deloir Rodrigues.
Geradorista: Leandro Mercanti.

Fotografia de cena: Fábio Rebelo.

ARTE
Direção de arte: Fiapo Barth, William Valduga.
Cenografia: Dayane Paz.
Assistência de arte: Luciana Abbud da Silva.
Produção de objetos: Pierre Rosa.
Assistência de produção de objetos: Bruna Giuliatti.
Contrarregragem: Emerson Figueiredo.
Contrarregragem de frente: André Castilho.
Artista gráfico: Gustavo Peres.
Pintura de arte: Francisco de Almeida 'Kiko'.
Assistência de pintura de arte: Fausto Victor Inacio, Ricardo dos Santos.
Apoio pintura de arte: João Fiorin, Diomar Nunes, Nathan da Costa.
Cenotécnica: Anderson Santos.
Apoio cenotécnica: Bruno Miranda, Nelson Rosa Viana, Valdir da Silva Santos.
Azulejista: Alceu de Oliveira Amaral.

Fotografias de Ernesto: Luigi Del Re (1922-2017).

Figurino: Rosângela Cortinhas.
Produção de figurino: Claudia Velasco.

Caracterização: Britney Federline.
Assistência de maquiagem e caracterização: Déby Marques.

SOM
Som direto: Rafael Rodrigues.
Microfonista: Fábio Baltar Duarte.

MÚSICA
Direção musical: Leo Henkin.
Músicos: Clarissa Ferreira (violino), Fernando Corona (piano), Lucas Kinoshita (percussão), Renato Müller (bandoneon), Eliézer Moreira (trompete), Daniel Sá (violão), Celau Moreyra (violoncelo).
Gravação da música original e mixagem: Bruno Mad.
Gerência operacional: Kiko Ferraz, Chrístian Vaisz, Lísia Faccin.

Músicas:
• "Vals op. 8, no. 3" (Agustín Barrios Mangoré)
• "Por que cantamos" (música: Leo Henkin, letra: Mario Benedetti) por Rossana Taddei
• "Suíte para cello no. 2" (música: Johann Sebastian Bach)
• "Aire de zamba" (Agustín Barrios Mangoré)
• "Un Vestido y un amor" (música, letra: Fito Páez) por Caetano Veloso // Copyright: 100% Peermadrid (Peermusic do Brasil Edições Musicais Ltda.) / Fonograma: Universal [créditos finais]

ARQUIVO
Citações literárias:
Livro: La Tregua, de Mario Benedetti // Licença gentilmente cedida por: Fundación Mario Benedetti.
Poema: "Transfobia", de Atena Beauvoir.
Poema: "Por que cantamos", de Mario Benedetti // Licença gentilmente cedida por: Fundación Mario Benedetti.
Poema: "DesabAfro, de Cristal Rocha.

FINALIZAÇÃO
Montagem: Giba Assis Brasil.
Assistência de montagem: Jonatas Rubert, Laura Gus.

Coordenação de pós-produção: Bel Merel.
Assistência de coordenação: William Mayer.

EQUIPE Post Frontier
Supervisão de pós-produção de imagem: Daniel Dode.
Assistência de pós-produção: Jonas Costa, Arthur Bovo.
Gerenciamento de material bruto: Gustavo Zuchowski, Jonas Costa, Arthur Bovo.
Efeitos visuais: Alexandre Linck, Jonas Costa, Gustavo Zuchowski.
Coloristas: Daniel Dode, Gustavo Zuchowski.
Geração e aferição de DCP e deliverables: Daniel Dode, Gustavo Zuchowski.

Desenho de som: Tiago Bello, Marcos Lopes.
Coordenação de som: Rita Zart.
Foley: Ivan Lemos, Hiozer da Silva.
Assistência de edição de som: Isabel Cardoso.
Mixagem de diálogos: Toco Cerqueira.
Mixagem: Tiago Bello.

EQUIPE JLS
Gerência geral: José Luiz Sasso, ABC.
Gerência técnica: Daniel Sasso.
Assistência de estúdio: Bruna Machado.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Segurança de set: Tape 01.
Assistência de manutenção de set: 3F Carrier (Porto Alegre).
Estúdio de gravação da música original e mixagem: KF Studios (Porto Alegre).
Estúdio de pós-produção de imagem: Post Frontier (Porto Alegre).
Estúdio de edição de som e mixagem: Gogó Conteúdo Sonoro (Porto Alegre).
Estúdio de masterização: Estúdio JLS (São Paulo).

Acessibilidade: Little Brown Mouse (São Paulo).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Casa de Cinema de Porto Alegre (Porto Alegre).
Financiamento (BR): Chamada Pública BRDE/FSA PRODECINE 01/2015. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Casa de Cinema de Porto Alegre Ltda.. Valor: R$ 1.450.000,00.
Um investimento: BNDES
Secretaria Especial da Cultura / Ministério da Cidadania / Governo Federal – Brasil – Pátria amada.

Participação em fase de pré-produção:
• O roteiro deste filme foi selecionado pelo Edital No. 4/2011 – Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos, Inéditos, de Ficção, da SAv Secretaria do Audiovisual / MinC Ministério da Cultura.
• O roteiro deste filme contou com a consultoria do escritor Senel Paz, através do convênio MRE e CCAV / Prefeitura de Porto Alegre, 2013.
• O roteiro deste filme participou do 4º Laboratório Novas Histórias 2014 Programa Sesc SP e Senac São Paulo de Desenvolvimento de Roteiros.

AGRADECIMENTOS
Agradecimento: Carla Esmeralda, Claire Dobbin, Davi Vargas, Fábio Del Re, Federico Posternak, Felipe Barbosa, Marcos Bernstein, Mieke de Jongh, Ramiro Rodriguez, Roberto Gervitz,
ATP, Baden Cafés Especiais, Bertrand Brasil, COZA, Espaço Unisinos, Fundación Mario Benedetti, Moradores Ed. Harmonia e Concórdia, Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul, TRI.

FILMAGENS
Brasil / RS, em 
Uruguay, em

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 2:03:21
Som: Dolby Digital
Imagem: cor
Proporção de tela: 2.35
Formato de captação:
Formato de exibição: HD
Idioma: Português, español.
Acessibilidade disponível: AD Audiodescrição + LIBRAS Língua Brasileira de Sinais + LSE Legendagem para Surdos e Ensurdecidos.

DIVULGAÇÃO
Assessoria de imprensa: Bruna Paulin.

PREMIAÇÃO
• 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2019: melhor filme brasileiro (crítica).
• 23º Festival Internacional de Cine de Punta del Este 2020: mejor actor (Bolani) // mejor película (público).
• 24th Inffinito Brazilian Film Festival: Lente de Cristal / Crystal Lens Award: melhor filme ficção + direção + roteiro.
• 28th San Diego Latino Film Festival 2021: best narrative feature [melhor filme de ficção].
• 21º Prêmio ABC Associação Brasileira de Cinematografia 2021 [aos melhores de 2020; cerimônia online: YouTube, 17 out 2021]: indicação: direção de fotografia longa-metragem de ficção.
• 20º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro [cerimônia online: São Paulo, Theatro Municipal, 28 nov 2021]: indicações: direção + roteiro original + montagem ficção + maquiagem.
• 26º Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro [aos melhores de 2020] / Papo de Cinema: melhor ator (Bolani ex aequo Irandhir Santos por Fim de festa); indicações: filme + direção + roteiro original + ator coadjuvante (Andrade) + revelação feminina (Poester) + direção de arte + figurino + montagem.
• 14º Prêmio ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul 2020: melhor longa-metragem gaúcho.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: 12 anos.
Distribuição: Elo Company (São Paulo).
Contato: Casa de Cinema de Porto Alegre.

OBSERVAÇÕES
Cf. créditos finais: // Casa de Cinema de Porto Alegre – 30 anos. Porto Alegre, 2019. //

Títulos alternativos: Through Ernesto's eyes | A los ojos de Ernesto.
Grafias alternativas: Thiago Luiz Machado 'Vermelho' | Marcelo 'Tchaca' Baieski | Emerson Figueiredo 'Baby' | Levistone Manara | Mauro Rebelo | Paulo Denis Porto Alegre Calzia | Cristiano Lima da Conceição | Rose Lopes | Francisco de Almeira 'Kiko' | Celau Moreira | Alimenset | Gilberto Oliveira | Martin Varela | Elo Company – Distribuição Audiovisual | André Castilho 'Gabé' | Gogó | George Gogan [= Jorge Ubirajara Ramos de Oliveira]
Grafias alternativas (funções): Fotografia still | Chefe de elétrica | Chefe de maquinaria | Técnico de som | Apoio de elétrica e maquinaria | Ajudante de set

BIBLIOGRAFIA
MANSQUE, William. Premiado filme gaúcho, Aos olhos de Ernesto lança um olhar terno sobre a velhice. Zero Hora, Porto Alegre, 16 set 2020.
TAJES, Claudia. Aos olhos de Ana. Zero Hora, Porto Alegre, 26-27 set 2020, Revista Donna, p.11.
VIEIRA, Siliane. Longa gaúcho Aos olhos de Ernesto, de Ana Luiza Azevedo, está disponível em streaming. Pioneiro, Caxias do Sul, 8 out 2020.

Exibições


• Haeundae-gu (Busan, Coreia do Sul), BIFF 24th Busan International Film Festival-World Cinema,
Busan Cinema Center, Cinema 2, 4 out 2019, sex, 16h30
CGV Centum City 6, 6 out 2019, dom, 10h
Megabox Jangsan Haeundae 5, 11 out 2019, sex, 16h

• São Paulo (SP), 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo [17-30 out]-Perspectiva Internacional,
Petra Belas Artes Sala 1 Villa Lobos, 26 out 2019, sab, 21h30 (debate após sessão)
Espaço Itaú de Cinema Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação),
Sala 5, 27 out 2019, dom, 16h50
Sala 4, 30 out 2019, qua, 14h
CineSesc, 4 nov 2019, seg, 18h10

• La Habana (CU), 41 Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano [5-15 dez]-Panorama Latinoamericano,
Acapulco, 5, 9 dez 2019, qui, seg, 15h
23 y 12, 8 dez 2019, dom, 15h

• Rio de Janeiro (RJ), 21º Festival do Rio [9-19 dez]-Première Latina,
Estação Net Botafogo 1, 16 dez 2019, seg, 21h30
Kinoplex São Luiz 1, 18 dez 2019, qua, 16h30

• Punta del Este (UY), 23º Festival Internacional de Cine de Punta del Este [15-21 fev]-Competencia Oficial, Sala Cantegril (Av. Mauricio Litman y Salt Lake, Pda. 16 de Av. Roosevelt), 19 fev 2020, qua, 21h30 (presença da diretora + atores Jorge Bolani, Gloria Demassi e Gabriela Poester + produtora Nora Goulart + roteirista Jorge Furtado)

• Ciudad Autónoma de Buenos Aires (AR), BAFICI 21º Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente-Competencia Internacional, 2020

• Espaço Itaú Play (www.itaucinemas.com.br), Festival #cinemaemcasa [19-28 jun], 20, 21 jun 2020, sab, dom

• Tokyo (JP), 2020

• Streaming: Oi Play, Now, Vivo Play, a partir de 17 set 2020, qui

• São Paulo (SP), Drive-in, 17 set 2020, qui

• Rio de Janeiro (RJ), Drive-in, 17 set 2020, qui

• Miami, FL (US), 24th Inffinito Brazilian Film Festival [26 set-23 out; edição online em 11 salas virtuais com 8 salas de mostras, 1 sala para debates com realizadores das mostras, 1 sala de master class, 1 sala de lives, além de festas e noite de premiação nas redes sociais]-Mostra Competitiva Ficção, em todo o território norte-americano – from Puerto Rico to Alaska, www.inff.online, Sala 1, 26 set-25 out 2020

• São Paulo (SP), Espaço Itaú de Cinema Augusta (R. Augusta, Consolação), 29 out-4 nov 2020, qui-qua, 16h10, 21h

• São Paulo (SP), Espaço Itaú de Cinema Shopping Frei Caneca (R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação), 29 out-4 nov 2020, qui-qua, 14h

• Salvador (BA), Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha (Praça Castro Alves, Centro), 29 out-4 nov 2020, qui-qua, 15h50

• Brasília (DF), Espaço Itaú de Cinema Shopping Casa Park (SGCV Sul Lote 22, 2º piso, Guará), 29 out-4 nov 2020, qui-qua, 13h30, 21h10

• Rio de Janeiro (RJ), Espaço Itaú de Cinema Botafogo (Praia de Botafogo, 316), 29 out-4 nov 2020, qui-qua, 15h30, 21h30

• Porto Alegre (RS), Espaço Itaú de Cinema Bourbon Shopping Country,
29 out-4 nov 2020, qui-qua, 14h30, 21h
5-11 nov 2020, qui-qua,
Sala 2, 12-18 nov 2020, qui-qua, 16h

• San Diego, CA (US), 28th San Diego Latino Film Festival [11-21 mar, online]-Narrative Feature + Spotlight Films + ¡Viva Mujeres!, 19, 21 mar 2021, sex, 19h15-23h15, dom, 15h30-19h30

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz,
8-11, 13, 14 jul 2021, qui-dom, ter, qua, 14h30
15-18, 20, 21 jul 2021, qui-dom, ter, qua, 14h30

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Capitólio,
8, 10, 13 jul 2021, qui, sab, ter, 17h
15, 17, 20 jul 2021, qui, sab, ter, 17h

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz,
Mostra XII Brazilian Film Festival, 5 dez 2021, dom, 19h
Sessão do programa de Cinema Inclusivo, 11 dez 2021, sab, 14h (acessibilidade: AD + LIBRAS + LSE)

• Porto Alegre (RS), Mostra Cinema gaúcho [3-25 fev], Cine Farol Santander, 17-20 fev 2021, qui-dom, 17h30 (acessibilidade)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Aos olhos de Ernesto. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1247/aos-olhos-de-ernesto. Acesso em: 22 de fevereiro de 2024.