Cachoeira do Sul 200 (2019)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção
cor, 96 min

Direção: Cristianno Caetano.
Companhia produtora: Cristianno Caetano Experiências Visuais

Primeira exibição: Cachoeira do Sul (RS), 50ª Semana de Cachoeira do Sul [8-15 dez], Sociedade Rio Branco, 13 dez 2019, sex, 20h30 (lançamento)

 

Documentário dividido em dez capítulos, conduzido pela professora e pesquisadora Mirian Ritzel. É ela que vai trazendo as informações históricas sobre a cidade.

Sinopse


Preservando nossa história.
Capítulo I – O nascimento. Quadros de D. João V, rei de Portugal e de Fernando VI, rei da Espanha. Tratado de Madri, 13 de janeiro de 1750. Província de São Pedro do Rio Grande do Sul (1822). Primeiro Livro Ata do Legislativo e da Administração Municipal (1820).
Capítulo II – Crescimento urbano. Igreja Matriz (1799). Primeiro teatro (1830; se ainda existisse, seria o teatro mais antigo do Rio Grande do Sul). Divino Espírito Santo (1856). Casa de Câmara, Juri e Cadeia (1864). Mercado Público (1882). Ponte de Pedra (1848). Estação Ferroviária (1883) no alto da Rua Sete serviu Cachoeira por 90 anos. O prédio foi demolido e os trilhos foram retirados em 1975. Hoje, no espaço da antiga estação, existe a Praça Honorato de Souza Santos. Charqueada do Paredão (1882). Frascos de caldo de carne da Charqueada do Paredão. Escravos eram tratados e vendidos como "peças" no mercado.
Capítulo III – Caminhos da educação. Aula de meninas (1848). Revolução Farroupilha (1835-1845). Segundo Teatro Municipal (1900). Escola Pública (1915) mais antiga ainda em funcionamento. Cândida Fortes Brandão, professora, poetisa e primeira diretora. Lousa, palmatória e publicações da professora Cândida. Primeira escola particular: Colégio Brasileiro-Alemão (1893).
Capítulo IV – O advento do arroz. Otto Mernak.
Capítulo V – O progresso. Primeira hidráulica (1921). Segunda e terceira hidráulica (1925). A função principal do Château d'Eau era de reservar e distribuir água para a zona baixa da cidade. Trechos com Jeanette MacDonald cantando em São Francisco, a cidade do pecado, filme de estreia do Cine-Teatro Coliseu, em 17 de fevereiro de 1938, no ponto mais nobre da Rua 7 de Setembro. Foi um dos cinemas mais queridos e icônicos de Cachoeira. Jornais impressos de 1985 noticiando o desabamento do teto do Cine-Teatro Coliseu. Era o fim de uma era de sonhos e glamour. 34 anos depois... Reportagem noticiando a reforma da fachada do Cine-Teatro Coliseu. O Cine Ópera Astral é inaugurado em 29 de janeiro de 1953. Foi a última grande casa de cinema da cidade. Encerrou suas atividades em 29 de setembro de 2003.
Capítulo VI – Sociedade e caridade. Clubes sociais e importantes entidades destacavam-se naquele período. Sociedade Rio Branco (1896). Clube Comercial Cachoeirense (1924). União de Moços Católicos (1924). Sociedade União Cachoeirense (1924). Grêmio Naútico Tamandaré (1936). Primeiro hospital (1910).
Capítulo VII – A glória da lavoura. Trechos do Cine Jornal Brasileiro, sobre a Festa do Arroz, 14-16 mar 1941, sex-dom: Rio Jacuí. Arrozal. 14 mar: 10h: Missa Campal e bênção da colheita no Estádio Municipal, onde um coro de 80 vozes regido por Eduardo Schaurich entoa o "Hino Nacional Brasileiro", cânticos religiosos e o Hino à Lavoura. Irradiação das cerimônias pela P. R. F. 9 (Rádio Difusora Porto Alegrense). No gramado do Estádio, uma cruz de 7,5 metros e a imagem de Nossa Senhora da Conceição. A missa é oficiada pelo monsenhor Armando Teixeira e a pregação feita pelo padre Gregório Comassetto. 23 moças se postaram diante do altar representando os 23 municípios participantes, ostentando faixas de identificação. O município de Cachoeira está representado pela senhorita Alba Carlos. A bênção da colheita é feita pelo monsenhor Mário Deluy, representante do bispo de Santa Maria dom Antônio Reis. 12h: Festa campestre entre eucaliptos de uma fazenda: churrasco. Camponeses com roupas típicas. Discursos. Primeira-dama RS coroa rainha do arroz eleita por 32 mil votos. 16 mar: 14h: corrida automobilística com percurso de 150 km. 10h: Desfile, com carros alegóricos. / Notícia em jornais impressos. Barragem-Ponte do Fandango (1961). Em 15 de maio de 1968, durante a II Fenarroz, no centro da Praça José Bonifácio, local do antigo mercado, é inaugurada a Fonte das Águas Dançantes Artibano Savi.
Capítulo VIII – Terra de talentos. Reportagem do Jornal do Almoço – Ao vivo em Cachoeira do Sul – setembro de 1991, com Cléo Steffen (coordenador Grupo Os Changadores). O mesmo Cléo, na atualidade, cita Claudio Xavier Engler (1955-2014).
Capítulo IX – Preservando os tesouros. Reportagem de Lena Caetano para NT Sul. Até 2019, 16 bens já foram tombados pelo Patrimônio Histórico de Cachoeira do Sul.
Capítulo final – Cachoeira aos 200.
Citação nos créditos finais: Tudo posso naquele que me fortalece. Filipenses 4:13.

Ficha técnica


IDENTIDADES
Ordem de identificação:
Mirian Ritzel (professora e pesquisadora),
Lair Vidal (professora e pesquisadora), Sérgio Engel (pesquisador de futebol amador), Elinor Mernak Fagundes (pianista), Marisa Timm Sari (secretária municipal de Educação e Cultura 1979-1988), Jaceguay de Barros (engenheiro agrônomo), Eduardo Florence (médico e pesquisador), Cléo Guilherme Steffen (professor e folclorista), Ione Sanmartin Carlos (professora, pesquisadora e presidente do COMPAHC Conselho Municipal do Patrimônio Histórico-Cultural), André Luiz Medeiros (restaurador do Museu Municipal de Cachoeira do Sul), Edson Ortiz (biólogo e empresário), John Lennon de Oliveira (administrador).
Sequência Château d'Eau – abertura: Telma Thomaz, Gabrielle Ghignatti, Joice Bernardi, Fernanda Kühleis, Tiele Herbstrith, Viviane Siqueira, Camila Pitol, Grégori Paz.
Sequência Soberanas da Fenarroz: Bárbara Matos, Gabriela Salzano, Vanessa Csazar.
Sequência Família gaúcha: Adriana Marques, Ubiratan Freitas, Júlia Freitas, Maríndia Corrêa, Jeferson Fernandes, Maria Eduarda Fernandes, Leonardo Monteiro.
Sequência Carnaval: Luciano Scherer.
Sequência Os Changadores: Bia Mazuim, Fernando Mazuim, Cristiano Garcia, Marta Machado.
Sequência "Meu pago": Rodrigo Munari, Déborah Fagundes, Marco Antonio Guidugli, Thainá Kochenborger, Vinicius Moura, Fabio Bartmann, Scheila Bartmann, Gilberto Bartmann, Carla Bartmann, Júlia Bartmann, Sebastian Luiz, Ieda Radünz, Luciane Leipnitz, Rogério Mielke, Rogério Mielke Filho, Fabiane Santos, Odara Barreto, Bernardo Barreto, Ricardo Barreto, Noemi Moraes, Ben Hur Massirer, Bianca Farias.
Arquivo (não creditados): Cine Jornal Brasileiro (1941): Armando Teixeira (monsenhor), Cacildo Krebs (major), Avani Cordeiro de Farias (primeira-dama RS), Lucy Ribeiro (rainha do Arroz), Jorge Franke, Osvaldo Cordeiro de Farias (coronel, interventor federal RS entre 4 mar 1938 e 4 set 1943), Norberto Jung (automobilista).
Lena Caetano (repórter TV Cachoeira NT Novo Tempo), Zilá Breitenbach (deputada PSDB).

DIREÇÃO
Direção: Cristianno Caetano.

ROTEIRO
Pesquisa: Mirian Ritzel
Supervisão de texto: Henry Leitzke.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Lena Caetano, Telma Thomaz.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: não creditado.

SOM
Som: não creditado.

MÚSICA
Músicas (não creditadas):
• "Gravity" (Steven Price) por Steven Price [Gravity – Original motion picture soundtrack, 2013]
• "Toronto raccoons" (Hans Zimmer, Jacob Shea, Jasha Klebe) [Álbum: Planet Earth II – Original television soundtrack, 2016]
• "Planet Earth II Suite" (Hans Zimmer, Jacob Shea, Jasha Klebe) [Álbum: Planet Earth II – Original television soundtrack, 2016]
• "It had to be you" (Isham Jones) por Isham Jones & His Orch. [rec: 24 abr 1924]
• "Stardust" (Hoagy Carmichael, Mitchell Parish) [instrumental] por Artie Shaw and His Orchestra
• "Pra você gostar de mim (Taí)" (música, letra: Joubert de Carvalho; marcha-canção) por Carmen Miranda com Orquestra Victor [rec: jan 1930]
• "La Wally" por Sarah Brightman & The London Symphony Orchestra
• "Chuá... chuá..." (música: Pedro de Sá Pereira, letra: Marques Porto, Ary Pavão; canção) por Cascatinha & Inhana [LP: Os Sabiás do sertão, 1958; faixa B2; trilha sonora original das apresentações da Fonte]
• "Tiro-liro-liro" (tradicional) // Domínio público
• "Canción para Carito" (León Gieco, Antonio Tarragó Ros) por Mercedes Sosa
• "Querência amada" (música, letra: Teixeirinha; xote) por Teixeirinha
• "Meu pago" (música, letra: Moacyr Rösing 'Índio Velho') por Rodrigo Munari (voz, violão)

• ?"Hymno à lavoura" (letra: João Lisbôa Estrazulas)?
• trecho da canção não identificada que aparece em Cine Jornal Brasileiro: "Auriverdes arrozais de Cachoeira sob o céu rutilante puro anil que espelham pelos pampas a bandeira majestosa e sagrada do Brasil".

ARQUIVO
Filme: Josefa (Cristianno Caetano, 2013, BR, curta)
Filme: São Francisco, a cidade do pecado (San Francisco, W. S. Van Dyke, 1936, US, Metro-Goldwyn-Mayer, com Jeanette MacDonald)
Cinejornal: Cine Jornal Brasileiro 2 x 011 [01/01]: A Festa do arroz [em Cachoeira do Sul]. Produção: D. I. P. Departamento de Imprensa e Propaganda. Cinegrafista: Ramon Garcia. 1941, 7 min; incluindo o certificado de censura. [disponível completo no YouTube]
Programa de TV: Jornal do Almoço (atual RBS TV, set 1991)

Citações:
Fotografias.
Cartaz de filme: San Francisco (W. S. Van Dyke, 1936).
Jornais:
O Commercio, Cachoeira do Sul, 11 ago 1920.
Prédio onde funcionava o Cine Coliseu desabou. Jornal do Povo, Cachoeira do Sul, 17 nov 1985, capa, ano LVII, n.61.
Festa do Arroz. O Commercio, Cachoeira do Sul, 19 mar 1941, capa, ano XLII, n.2.156.
Cidade vibra hoje com abertura da FENARROZ. Jornal do Povo, Cachoeira do Sul, 18-19 maio 1968, capa, ano XXXIX, n.131.
Loy Ribeiro: FENARROZ, fonte geradora de recursos que beneficiam todas as camadas. Jornal do Povo, Cachoeira do Sul, 10 jun 1975, capa, ano 46, n.145.
Um brilhantismo extraordinário alcança a VI Festa Nacional do Trigo. O Commercio, Cachoeira do Sul, 24 out 1956, capa, ano LVII.
O sr. presidente da República em Cachoeira. O Commercio, Cachoeira do Sul, 17 out 1956, capa, ano LVII, n.2.973.
Ministro da Viação e governador do estado vão inaugurar, amanhã, a Barragem-Ponte do Fandango. Jornal do Povo, Cachoeira do Sul, 24 jan 1961, capa, ano XXXII, n.91.

Cortesia de imagens: TV Cachoeira, Júlio Michels, Cristiano Skolaude, Leonardo Sanmartin, Muti Pedroso.
Acervo de pesquisa: Arquivo Histórico de Cachoeira do Sul, Museu Municipal de Cachoeira do Sul.

FINALIZAÇÃO
Montagem: não creditado.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Cristianno Caetano Experiências Visuais (Cachoeira do Sul).
Este documentário é apresentado por:
Sicredi;
PróVida – Serviços Assistenciais; Divinut – A mais pura pecã; Supermercados Tischler; CST – Provedor de internet; SRB Sociedade Rio Branco; deputada estadual Zilá Breitenbach;
Santa Cozinha – Viandas e marmitek; Nascente Multiloja; Linguiças Tallowitz; Clip; TV Cachoeira – Canal 11; Engenho Moraes – Agroindustrial.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos especiais: Mari Labres, Marúcia Ortiz, Marcele Tonet, Daniela Bitencourt, Paulo Sanmartin, Marô Vieira da Cunha, Fenarroz, TV Cachoeira, Colégio Totem, Júlio Michels, Cristiano Skolaude, Leonardo Sanmartin, Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul, Núcleo Municipal da Cultura.
Agradecimento aos acervos pessoais: Família Fuentefria, família José Nicolau Barbosa, família Attilio Mainieri, família Friedrich, Ignez Kowac, Osni Schoroeder, Glenda Cruz, Robispierre Giuliani, Elaine Prass, Telmo Cesar, Luis Bacedoni, Jorge Ritter, Jairo Souzza, Lions Clube Cachoeira do Sul, Fazenda Costa Larga.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Cachoeira do Sul.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 96 min
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato:

OBSERVAÇÕES
Ao longo do documentário são inseridos trechos + a parte final (c.4 min) do cinejornal Cine Jornal Brasileiro 2 x 011.

Cf. créditos finais: // Dirigido pelo cachoeirense Cristianno Caetano. //

Grafias alternativas: André Luiz Medeiros (identificação) e Luiz André Medeiros (finais) | J. Lennon de Oliveira (identificação) e John Lennon de Oliveira (finais) | Sérgio Engel (identificação e finais) e Sério Engel (segunda identificação)

BIBLIOGRAFIA
Rumo aos 200 anos: A primeira edição da Festa do Arroz: mais um marco na nossa história. O Correio Portal, Cachoeira do Sul, 27 ago 2019 [informa programação da Festa do Arroz de 1941 a partir de pesquisa de Mirian Ritzel a partir das seguintes fontes:
Cachoeira histórica e informativa, de Vitorino e Manoel Carvalho Portella.
Aspectos gerais de Cachoeira, de Fortunato Pimentel, 1941.
Jornal O Comércio, 1941.

Exibições


• Cachoeira do Sul (RS), 50ª Semana de Cachoeira do Sul [8-15 dez], Sociedade Rio Branco, 13 dez 2019, sex, 20h30 (lançamento)

• YouTube, disponível desde 3 jan 2020

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Cachoeira do Sul 200. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1257/cachoeira-do-sul-200. Acesso em: 22 de fevereiro de 2024.