Legado italiano (2020)

Brasil (RJ)
Longa-metragem | Não ficção
cor, 84 min

Direção: Marcia Monteiro.
Companhia produtora: Camisa Listrada; Celeiro Produções; Globo Filmes; GloboNews

Primeira exibição: Caxias do Sul (RS), GNC + Cinépolis, 12 nov 2020, qui + Bento Gonçalves (RS), Movie Arte L'America, 12 nov 2020, qui

 

Com locações na Serra Gaúcha e no norte da Itália, o documentário revisita os 145 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul e os vários legados que hoje fazem parte da cultura gaúcha. Entre depoimentos e imagens, os descendentes de imigrantes abordam temas como a religiosidade, a música, a gastronomia, a arquitetura, a indústria, o dialeto talian e, claro, a produção do vinho. A diretora é carioca.

Sinopse


Informações na tela:
Legado s. m. [le.ga.do]. Fig. Aquilo que se passa de uma geração a outra, que se transmite à posteridade.
Mapa: Brasil / Rio Grande do Sul / Serra Gaúcha.
Mapa: Itália / Trentino / Vêneto.

1858.
1859.
1860.
1866.
1870.

Mapa: Trentino / Vêneto / Gênova.
Mapa: Bento Gonçalves / Garibaldi / Caxias do Sul

1877 (ano? da casa).
1888 n.80 78 (casa).

Fachada igreja: 1906 –B. V. DI Caravaggio / Coração de Jesus / S. Ana.
Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio – Farroupilha – RS.
Fotografias de fachadas de igrejas: São Miguel 1930 / São Valentin 1919 / 1880 Dom / 1922 C. São Pedro / 1916.
Linha de trem: Montenegro – Carlos Barbosa – Farroupilha – Caxias do Sul – Bento Gonçalves – Garibaldi.
Champagne Peterlongo (instalações)
Em 2005, a música La Mèrica se tornou o hino oficial da colonização italiana no estado do Rio Grande do Sul.
Guerra! O governo do brasil reconhece o estado de beligerância com a Alemanha e a Itália (manchete jornal O Globo).
Você está entrando no mundo do vinho – Bento Gonçalves. [portal de entrada da cidade]
Em 2014, o talian foi certificado como patrimônio cultural brasileiro.
Fotografias: Sociedade Cooperativa Vitivinicola “Aurora” Ltda. / Sociedade Viti-vinicola Garibaldi.

Rótulos de garrafas: Granja União Malvasia de Cândia / Soc. Vinícola Rio Grandense Ltda. – Produtores e engarrafadores / Caxias do Sul – Rio Grande do Sul. // Vinho branco de mesa Granja União – Moscato / Soc. Vinícola Rio Grandense Ltda. – Produtores e engarrafadores / Caxias do Sul – Rio Grande do Sul –Brasil / Reg. no l. F. nº 0135 – conteúdo 830? ml.

Foto de Celeste Gobbato
Filme Arquivo pb:
Pórtico: 1950 Festa da Uva – Os municípios patrocinadores saúdam o presidente Dutra.
Filme Arquivo cor:
Placa de estande: Garibaldi Cooperativa Vinícola
Placa: Comune di Nogaredo / gemellato con Bento Gonçalves (BR).
Placa: Vinícola Cainelli / Isabel Bordo / Lote Belle.
Placa: Nesse vinhedo não temos wi-fi, mas você encontrará uma conexão muito melhor.

Ficha técnica


Ordem de identificação:
Carlo Giordani (Pedersano, Provincia Autonoma di Trento, Regione Trentino-Alto Adige; em italiano),
Tânia Tonet (Caxias do Sul), Júlio Posenato (Veranópolis),
Maurício Vicente Ferreira Júnior (Petrópolis, RJ),
Remy Valduga (Bento Gonçalves), José Tonello (Nova Pádua), Idalencio Francisco Angheben (Bento Gonçalves).
Narração: Leonir Razador (Monte Belo do Sul).
Eugênio Mesacaza (Monte Belo do Sul).
Narração: Floriano Molon (Flores da Cunha).
Diogo Salvadori (Garibaldi), Luiz Henrique Fitarelli (Garibaldi), Mauri Menegotto (Bento Gonçalves), Beatriz Dreher Giovannini (Pinto Bandeira), Domenica Joana Ferranti (Carlos Barbosa), Maria Rita Gregol (Vila Flores).
Narração: Luigi Valduga (Terragnolo, Provincia Autonoma di Trento, Regione Trentino-Alto Adige; em italiano).
padre Antoninho Pasqualon (Vila Flores).
Narração: Luiz Carlos Sella (Garibaldi).
Elena Zilio (Carlos Barbosa).
Narração: Alex Eberle (Flores da Cunha).
Narração: Iris Schmitt (Garibaldi).
Coral Municipal de Vila Flores (Vila Flores),
Coral Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves), maestro Geraldo Farina (Bento Gonçalves),
Alziro Perini (Caxias do Sul), Coral Stella Alpina (Caxias do Sul),
Giorgia Miazzo (Carmignano di Brenta, Provincia di Padova, Regione del Veneto; em italiano),
Liseo Fiori (Vila Flores).
Narração: João Ferreira (Garibaldi).
Raísa Bettú Lazzari (Garibaldi), Odete Bettú Lazzari (Garibaldi),
Renato Grando (Conegliano, provincia di Treviso, Regione del Veneto; em italiano), Monica Rossetti (Cisano Bergamasco, Provincia di Bergamo, Regione Lombardia), Claudio Tonolli (Castellano, Provincia Autonoma di Trento, Regione Autonoma Trentino-Alto Adige/Südtirol; em italiano), Marco Zani (Castel Noarna, em Nogaredo, Provincia Autonoma di Trento, Regione Trentino-Alto Adige; em italiano).
Narração: Maria de Fátima Canevese (Caxias do Sul).
Narração: Cleodes Piazza (Caxias do Sul).
César Augusto Prezzi (Santa Tereza), Rosana Peccini (Caxias do Sul), Plinio Pizzato (Bento Gonçalves), Flavio Pizzato (Bento Gonçalves), Alceu Dalle Molle (Flores da Cunha, Cooperativa Nova Aliança),
Massimo Tarter (Isera, Provincia Autonoma di Trento, Regione Trentino-Alto Adige; em italiano),
Oscar Ló (Garibaldi),
Marino Parolin (Volpago del Montello, provincia di Treviso, Regione del Veneto; em italiano),
Dirceu Scottá (Bento Gonçalves), José Clemente Pozenato (Caxias do Sul), Daniel Salton (Bento Gonçalves), Adriano Miolo (Bento Gonçalves).
Narração: padre Julio Giordani (Bento Gonçalves).
Guido Campagnolo (Caerano di San Marco, provincia di Treviso, Regione del Veneto; em italiano), Laura Pasin (Conegliano, provincia di Treviso, Regione del Veneto; em italiano),
Moysés Luiz Michelon, in memoriam (Bento Gonçalves), Raimundo Zucchi (Bento Gonçalves).
Narração: Gilberto Pedrucci (Garibaldi).
Roberto Cainelli Júnior (Bento Gonçalves), Maristela Zucchi (Bento Gonçalves).
Creditados (não identificados): Alberto Salvadori (Garibaldi), Amarildo Tonello (Nova Pádua), Anibal Andreola (Carlos Barbosa), Angelo Fachinelli (Garibaldi), Antonio Fachinelli (Garibaldi), Arthur Pauletto (Bento Gonçalves), Benedita Ceccato (Vila Flores), Bernadete Cainelli (Bento Gonçalves), Bernadete Zilio Demari (Carlos Barbosa), Bruno Zucchi (Bento Gonçalves), Carlos Candido Finimundi (Caxias do Sul), Carlos Demari (Carlos Barbosa), Claudio Alberto Eberle (Caxias do Sul), Dirce Fachinelli (Garibaldi), Edegar Scortegagna (Flores da Cunha), Família Simonaggio (Garibaldi), Fátima Benelli (Carlos Barbosa), Filó de Vila Flores (Vila Flores), Gumercindo Zarpelon (Carlos Barbosa), Ilva Tomasel (Carlos Barbosa), Isadora Baggio (Bento Gonçalves), Jeverson Carelli (Bento Gonçalves), Kelvin Chiossi (Bento Gonçalves), Leandro Demari (Carlos Barbosa), Leandro Tonello (Nova Pádua), Lorena Fachinelli (Garibaldi), Manuela Chiossi (Bento Gonçalves), Maria Augusta Possebon (Carlos Barbosa), Mauro Mesacaza (Monte Belo do Sul), Nei Tomasi (Bento Gonçalves), Nelcir Carelli (Bento Gonçalves), Neldo Cavion (Caxias do Sul), Rinaldo Dal Pizzol (Bento Gonçalves), Rosângela Bettú Lazzari (Garibaldi), Tarcísio Michelon (Bento Gonçalves), Tercilio Ferranti (Carlos Barbosa).
Arquivo: Adolf Hitler, Benito Mussolini, dom Benedito Zorzi (bispo de Caxias do Sul entre 1966-1983).

DIREÇÃO
Direção: Marcia Monteiro.

ROTEIRO
Roteiro: Marcia Monteiro.
Pesquisa: Marcia Monteiro.
Tradução italiano e inglês: Anne Savaris.

PRODUÇÃO
Produção e produção executiva: André Carreira.
Produção de set: Isabel Brandão.
Produção de locação (IT): Luca Dallafior (Trentino), Mauro Zardetto (Veneto).
Assistência de produção (IT): Labibe Simão.
Tradução: Ariadna Marques (Trentino), Nátali Cristina Lazzari (Veneto).

BASE Camisa Listrada
Coordenação de projetos: Débora Lucas.
Assistência de produção executiva: Isabel Brandão, Ive Gonçalves.
Relacionamento e parcerias: Adriane Lemos Mroninski.
Produção de finalização: Paula Antonini, Monica Zennaro.
Coordenação financeiro e controle financeiro: Cris Lima.
Assistência de controle financeiro: Francescole Oliveira.
Prestação de contas: Cris Lima / Clac Cultural.
Assistência financeiro: Thalita Fernandes.
Contabilidade: Arithmos Gestão Contábil.
Assessoria jurídica: Drummond & Neumayr Advocacia.
Secretaria: Nathália Passos, Eva Ramos.
Motoboy: Silvio Rodrigues.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Elton Menezes, Dandy Marchetti.
Operação de câmera: Elton Menezes, Francisco Carneiro 'Chico Cineasta', Marcia Monteiro, Michel Marchetti, Sergio Leandro, SOC.
Operação de drone: Dandy Marchetti
Operação de drone (IT): Daniel Pezzani (Trentino), Claudio Zavagno (Veneto).
Logger: Marco Grizente.

SOM
Som direto: Renato dos Santos, Marco Grizente, Carlo Missidenti (Trentino), Marco Zambrano (Veneto).

MÚSICA
Música original – arranjos: Mú Carvalho.
Supervisão musical e edição: Ana Zingoni.
Arranjo de cordas: Vittor Santos.
Músicos: Jaques Morelenbaum (violoncelo), Antonella Pareschi, Márcio Sanches, Pedro Mibielli, Thiago Teixeira (violinos), Ivan Zandonade, Diego Silva (violas), Marcus Ribeiro (cello), Mú Carvalho (teclados).

Músicas licenciadas:
• "La Mèrica" (música: Exupério de La Compôte, letra: Angelo Giusti) por Coral Stella Alpina // Domínio público
• "Ciao Italia" (José Rigotti, Celio de Oliveira, Alziro Perini) por Coral Stella Alpina // Licenciada pelos autores
• "Ai nostri antenati" (Mario Michelon, Luiz Presotto) por Coral Municipal de Vila Flores // Licenciada pelos autores
• "La Bella polenta" (autoria desconhecida) por Jeverson Carelli, Arthur Pauletto, Isadora Baggio, Kelvin Chiossi e Manuela Chiossi
• "Canção do vale" (Ana Mari Tedeschi) por Coral Vale dos Vinhedos // Licenciada pela autora

ARQUIVO
Imagens licenciadas: Acervo Casas Bonnet; Acervo da Cooperativa Vinícola Aurora; Acervo Instituto Cultural Cornélio Pires (Tietê, SP); Acervo pessoal Dirceu Rossato; Acervo Vinícola Luiz Argenta; Acervo Vinícola Salton; Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami (Caxias do Sul); Azienda per il Turismo Rovereto e Vallagarina; BNF Bibliothéque Nationale de France (Paris); Museu e Arquivo Histórico Municipal de Garibaldi; MUSCAP Museu dos Capuchinhos (Caxias do Sul); Museo del Cognome (Padula, Provincia di Salerno, Regione Campania); Museo Storico Italiano della Guerra (Rovereto, Provincia Autonoma di Trento, Regione Trentino-Alto Adige); Museu da Imigração do Estado de São Paulo; Pond5; Sezione Culturale Don Domenico Zanolli della Proloco (Castellano, Provincia Autonoma di Trento, Regione Autonoma Trentino-Alto Adige/Südtirol); CTAv Centro Técnico Audiovisual (Rio de Janeiro) / SAv Secretaria do Audiovisual / SECULT / Ministério do Turismo.
Filmes:
O Café – História e penetração no Brasil (Humberto Mauro / INCE Instituto Nacional de Cinema Educativo, 1958, 33 min).
Brasilianas (Humberto Mauro).
O Despertar da Redentora (Humberto Mauro / INCE Instituto Nacional de Cinema Educativo, 1942, 18 min).
Aspectos da 2ª Guerra (Alberto Salvá).
Bandeirantes (Humberto Mauro / INCE Instituto Nacional de Cinema Educativo, 1940, 39 min).
O Brasil na Guerra (Jorge Ileli).
Jornal Carioca.
Fundos pesquisados – Spadari Adami: Diretoria da colônia Caxias e da Comissão de Terras e Medição dos Lotes; Álbum Recordação das colônias / doação: família Darsie; Domingos Mancuso / doação Francisco Fortuna; João Spadari Adami; Juventino Dal Bó; Sociedade Vinícola Rio Grandense; Studio Geremia; Vinhos Luiz Antunes.
Autoria das fotografias – Spadari Adami: Domingos Mancuso, Francesco Moscani, Giovanni Battista Serafini, Giacomo Geremia, Julio Calegari, Studio Geremia.

FINALIZAÇÃO
Montagem: Pedro Vinícius.
Montagem adicional: Marcelo Barreto, Natara Ney.
Assistência de montagem: Leandro Santana, Deni Gomes, Leo Novaes, João Ciraudo.

Coordenação executiva de pós-produção: Monica Siqueira.
Motion design: Rodrigo Lima.
Colorista: Tomás Magariños.

Desenho de som: Matheus Miguens.
Edição de efeitos sonoros: Matheus Miguens.
Mixagem: Abel Duarte.
Atendimento estúdio de som: Tony Viegas.
Coordenação de estúdio de som: Luiza Souto.

EQUIPE Globo Filmes
Direção executiva: Simone Oliveira.
Marketing e lançamentos: Giselia Martins, Ruth Zagury Levy Epstein, Maria Luiza Massa, João Carlos Dias, Larissa Paparana.
Produção: Carolina Rapp, Flávia Naliato, Giulia Ávila, Yan Alberto.
Planejamento e controle: Antônio Almeida, Joana Frenkel. Maria Isabel Zaranza Cerqueira, Gabriel Machado, Milena Holanda.
Assessoria jurídica: Isabella Girão, Clarissa Kede, Beatriz Vianna.
Apoio administrativo: Maria Conceição Correia, Rafael Cortes.

EQUIPE GloboNews
Direção: Miguel Athayde.
Chefe de redação: Fátima Baptista.
Supervisão editorial: Renée Castelo Branco.
Produção: Luiz Eduardo Garcia.
Agradecimentos: Eugênia Moreyra.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Alba Arte.
Celeiro Produções Ltda..
DWR Som, Luz & Imagem (Bento Gonçalves).
Free Transportes Ltda..
Locall (Porto Alegre).
Simset (Porto Alegre).
Transporte: Tesch Company (Porto Alegre).

Estúdio de gravação da música: Boogie Woogie Music.
Estúdio de finalização de imagem: Azul Que Não Há.
Estúdio de finalização de som: 106DB Sound Design.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Camisa Listrada (Rio de Janeiro).
Coprodução: Celeiro Produções; Globo Filmes (Rio de Janeiro); GloboNews (Rio de Janeiro).
Financiamento (BR): Chamada Pública BRDE/FSA PRODAV 06/2016. Recursos públicos geridos pela ANCINE Agência Nacional do Cinema. Investimentos do FSA Fundo Setorial do Audiovisual administrados pelo BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Proponente: Camisa Listrada Ltda. Valor: R$ 400.000,00.
Patrocínio: IBRAVIN Instituto Brasileiro do Vinho; SEGH Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria – Região Uva e Vinho; RodOil.
Apoio cultural: Vinícola Salton; Simonaggio; Peterlongo – 1ª e única champagne do Brasil; Giordani – Turismo e eventos; Epopeia Italiana – Parque temático.
Apoio de lançamento: Fecovinho.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos da direção: Adriane Lemos Mroninski, André Carreira, Débora Lucas, Elton Menezes, Labibe Simão, Marcelo Barreto, Mario Monteiro, meus pais Josias Monteiro e Clotilde Monteiro.
Agradecimentos (BR): ABE Associação Brasileira de Enologia, Arquivo Nacional, Arquivo Público do Estado de São Paulo, Avaliação Nacional de Vinhos – ABE, CTAv Centro Técnico Audiovisual (Rio de Janeiro) / SAv Secretaria do Audiovisual / SECULT / MDS, Edson Pimentel, ENIT – Agência Nacional de Turismo da Itália, Fernanda Longobardo, IBRAVIN Instituto Brasileiro do Vinho, Luis Claudio Pagodinho, Mauricio Vicente Ferreira Júnior, Museu Imperial (Petrópolis), Pedro Henrique Macerani através do Instituto Cultural Cornélio Pires (Tietê, SP), SEGH Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria – Região Uva e Vinho.
Agradecimentos (Bento Gonçalves): Adriane Biasoli, Alan Buzin, Alba Arte, Ana Mari Tedeschi, Bangalô, Boquinha 252, Bruna Souza, Caminhos de Pedra, Canta Maria Gourmet, Cantina Cabernet – Hotel Dall'Onder, Cantina Strapazzon, Carlos Raimundo Paviani, Casa da Erva Mate, Casa di Paolo, Cobo Wine ar, Cooperativa Vinícola Aurora, Coral Vale dos Vinhedos, Dall'Onder Grande Hotel, Destilados Artesanais Casa Bucco, Diego Bertolini, Diogo Salvadori, Dom Pepe Pizzaria, Eliane Cerveira, Escola Mais Música, Gabrielle Signor Rodrigues, Gilberto Durante, Giordani Turismo e Eventos, Hotel Villa Michelon, Hotel Vinocap, IFRS Campus Bento Gonçalves, Juliano Perini, Lourdes Conci da Silva, maestro Geraldo Farina, Marcia Ferronato, Miolo Wine Group, Otto e Mezzo Pizza Verace, Piacenza Restaurante e Pizzaria, Pirandello Pizza – Pasta & grill, Remy Valduga, Rodrigo Ferri Parisotto, Sandro Giordani, Secretaria de Turismo de Bento Gonçalves, Sítio de Lazer Zucchi, Sonia Borotto, Soraia Lima, Tarcísio Michelon, Vinícola Cainelli, Vinícola Salton, Maria Fumaça – Trem do vinho –Bento Gonçalves –RS.
Agradecimentos (Garibaldi): Angela Maria Peretti Becker, Café Luna Park, Conzatti Lanches, Edi Matuella, Fenachamp, Ivane Fávero, Kauvi Costi, Luiz Carlos Sella, MDCS Paróquia São Pedro, Melinda Marranquiel Casagrande, Metalúrgica Simonaggio, Patrícia Meneguzzi, Paula Simonaggio, Pousada dos Frades, Bar e Restaurante 31 de Outubro, Restaurante e Centro de Eventos Famiglia Giovanaz, Secretaria Municipal de Turismo de Garibaldi, Selfie nas Alturas, Serraria Salvadori e Bonanza, Simone Simonaggio, Vinícola Peterlongo.
Agradecimentos (Caxias do Sul): Capela da Rocca, Casas Bonnet, Churrascaria Laço de Ouro, Coral Stella Alpina, Dambroz Implementos Rodoviários Ltda., Diego Adami, Dirceu Rossato, Emir Silva, Fattore Group, Festa da Uva, Flávio Cavion – Casa de Madeira, Gisele Monteiro, Mitra Diocesana de Caxias do Sul -Paróquia S. Pelegrino, Mario Michelon, Memorial Gazola, Museu Municipal de Caxias do Sul, Pizzaria Alameda, Prefeitura Municipal de Caxias do Sul, Restaurante Baitakão, Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul, Secretaria Municipal de Turismo de Caxias do Sul, Tri Hotel Caxias do Sul.
Agradecimentos (Vila Flores): Celso Conte – Campos de Trigo, Coral Municipal de Vila Flores, Filó de Vila Flores, Império dos Peixes, L'Arte Ceccato, maestro Douglas Zabot, Maria Rita Grecol, Mascaron Restaurante Giratório, Associação dos Freis Capuchinhos do RS, Pousada dos Capuchinhos, Prefeitura de Vila Flores, Rudimar Peruzzo, Secretaria Municipal de Turismo de Vila Flores, Vila Pão, Mitra Diocesana de Caxias do Sul, Igreja Matriz de Vila Flores, Capela São Jorge, Cemitério da Capela São Jorge, Capela Nossa Sra. do Caravaggio.
Agradecimentos (Pinto Bandeira): Darcy Luzzatto, in memoriam, Tanoaria Mesacaza, Casa Fantin.
Agradecimentos (Carlos Barbosa): Andréia Cichelero, Carpenteria Dino, Colônia di Severino, Eliani Inês Lanzarini, Associação Braço Forte / Salão de Bocha, ACI Associação do Comércio, Indústria e Serviços de Carlos Barbosa, Roteiro L'Amore di Colonia: Café di Elena – Cantinho da Ilva, Capela Santo Antônio, Rancho Andreola, Velho Casarão; Roteiro Recanto Bergamasco: Igreja São João da Cruz, Osteria La Colassion; Oficina de Capeletti da Sóli, Trilha das Andorinhas.
Agradecimentos (Flores da Cunha): Alex Eberle, Casarão dos Veronese, Cemitério da comunidade de Nossa Senhora do Carmo, Clô Restaurante – Luiz Argenta, Família Tonello, Fátima Ortiz, Fernandes Muraro, Hotel Fiório, Insieme Café, Luiz Argenta – Vinhos e espumantes, Mirante Glain Cascata Bordin, Nova Aliança, Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, Prefeitura de Flores da Cunha, Ricardo Pagno, Secretaria de Turismo de Flores da Cunha.
Agradecimentos (Farroupilha): Casa de Bona, Dicapri Hotel, Família Slomp, Leomar da Silva, Restaurante Antonielli, Siana Rissi, Secretaria de Turismo de Farroupilha, CDL de Farroupilha –Antiga Estação Férrea de Farroupilha, Santuário Nossa Senhora de Caravaggio e Igreja Matriz de Farroupilha.
Agradecimentos (São Sebastião do Caí): Ingrid Borchhardt, Secretaria de Cultura de São Sebastião do Caí.
Agradecimentos (Porto Alegre): Camera di Commercio Rio Grande do Sul, Consolato Generale d'Italia Porto Alegre, Janice Teresa Rota, Locall, Nicola Occhipinti, Tri Hotel Porto Alegre.
Agradecimentos Itália:
Agradecimentos (Trentino): Alberto Battocchi, Antonella Giordani, Azienda per il turismo Rovereto e Vallagarina, Cantina D'Isera, Carlo Giordani, Casa del Vino della Vallagarina, Castel Noarna, Claudio Tonolli, Comune di Brentonico, Comune di Isera, Comune di Nogaredo, Comune di Rovereto, Comune di Terragnolo, Comune di Villa Lagarina, Comunitá della Vallagarina, Gruppo Costume Tradizionalli Terragnolo, Irene e Alberto Giordani, Lozenzo Galletti, Luigi Valduga, Marco Schönsberg, Massimo Tarter, Museo Storico Italiano della Guerra Rovereto, Provincia Autonoma di Trento Ufficio Emigrazione, Quinto Canali, Sezione Culturale Don Domenico Zanolli della Proloco Castellano – CEI, Trentino Film Commission.
Agradecimentos (Veneto): Agricansiglio, Alberto e Marco Stocco, Antonio Piccoli, Associazione Molinetto della Croda, Associazione Trevisani nel Mondo, Bruno Zanette, Christian Roldo, Claudio Zavagno, Comune di Conegliano, Damiana Tervilli, Emanuela Das Ros, Emanuela Perenzin, Floriano Zambon, Franco Curtolo, Giancarlo Dall'Antonia, Gruppo Carraro, Pro Loco Fregona, Guido Campagnolo, Hotel Canon D'Oro, Hotel Cristallo, Latteria Perenzin, Luca Pauletti, Luciano Lorenzetto, Mario Algeo Jr., Marta Zardetto, Mauro Zardetto, Mercedes – Gruppo Carraro, Nátali Cristina Lazzari, Ornella Santantonio, Radio Conegliano, Restaurante Ca' del Poggio, Restaurante Per, Savno, Grotte del Caglieron, Associazione Venetobrasile di Conegliano, Scuola Enologica di Conegliano (Issis "G. B. Cerletti").
Agradecimentos (Liguria): Agenza Regionale per la Promozione Turistica "In Liguria", Galata Museo del Mare, Genova Liguria Film Commission.
Agradecimentos (Campania): Museo del Cognome – Padula / Salerno.

Dedicatória: Ai nostri antenati [Aos nossos antepassados].

FILMAGENS
Brasil / RS, na Serra e no Vale do Caí, nas cidades de Bento Gonçalves; Carlos Barbosa; Caxias do Sul; Farroupilha; Flores da Cunha; Garibaldi; Monte Belo do Sul; Nova Pádua; Pinto Bandeira; Vila Flores; São Sebastião do Caí;
Itália.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:24:11
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:
Idioma: Português, italiano; legendas disponíveis em português, italiano, english.
Acessibilidade disponível: AD Audiodescrição + LIBRAS Língua Brasileira de Sinais.

DIVULGAÇÃO
Cartaz: Leo Lage.
Trailer. Duração: 02:12 (YouTube) com legendas em português. Criação, roteiro, montagem, desenho de som, motion e VFX: Guilherme M. Pires / Storytrailer / www.storytrailer.com.br. / Motion graphics do título criado para a obra original por Rodrigo Lima.
Web spot. Duração: 00:30 (YouTube). Criação, roteiro, montagem, desenho de som, motion e VFX: Guilherme M. Pires / Storytrailer / www.storytrailer.com.br.
TV spot. Duração: 00:30 (YouTube). Criação, roteiro, montagem, desenho de som, motion e VFX: Guilherme M. Pires / Storytrailer / www.storytrailer.com.br.
www.legadoitaliano.com.br

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: 10 anos.
Distribuição: Lança Filmes (Porto Alegre).
Contato:

OBSERVAÇÕES
Bandeirantes está creditado a Humberto Mauro e Roquette-Pinto; cf. créditos de cópia no YouTube, Roquette-Pinto é responsável pela orientação geral e texto, enquanto a direção é de Mauro. Título deste filme é sem o artigo.
Cf. créditos finais: // © Camisa Listrada / Celeiro Produções – Brasil 2020 //

Grafias alternativas: Os Bandeirantes | Roquete Pinto | Tesch Company – Inovação em transportes | Simset Produções
Grafias alternativas (funções): Controller

BIBLIOGRAFIA
Noticiário:
VIEIRA, Siliane. Gravado em pelo menos 10 cidades da Serra, documentário Legado italiano chega aos cinemas – Estreia será nesta quinta, no GNC e Cinépolis de Caxias, e no Movie Arte de Bento. Pioneiro, Caxias do Sul, 11 nov 2020.

Exibições


• Caxias do Sul (RS), GNC, 12 nov 2020, qui (estreia)

• Caxias do Sul (RS), Cinépolis, 12 nov 2020, qui

• Bento Gonçalves (RS), Movie Arte L'America, 12 nov 2020, qui

• A partir de 19 nov 2020, disponível para locação digital em www.legadoitaliano.com.br [R$ 14,90] (acessibilidade: AD + LIBRAS + closed caption)

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala Paulo Amorim,
27-30 maio, 1º, 2 jun 2021, qui-dom, ter, qua, 18h30
3-6, 8, 9 jun 2021, qui-dom, ter, qua, 15h30

• Porto Alegre (RS), Mostra Cinema gaúcho [3-25 fev], Cine Farol Santander,
10-13, 15, 16 fev 2021, qui-sab, 15h, dom, ter, qua, 17h30
22-25 fev 2021, ter-sab, 15h (acessibilidade: closed caption + audiodescrição + LIBRAS)

Arquivos especiais


VIEIRA, Siliane. Gravado em pelo menos 10 cidades da Serra, documentário Legado italiano chega aos cinemas – Estreia será nesta quinta, no GNC e Cinépolis de Caxias, e no Movie Arte de Bento. Pioneiro, Caxias do Sul, 11 nov 2020
Ao filmar o documentário Legado italiano, a cineasta carioca Marcia Monteiro tinha o desafio de resumir uma história de 145 anos e ainda surpreender um público que já viu e ouviu ela ser contada inúmeras vezes. Amparada em extensa pesquisa e, principalmente, numa ampla pluralidade de vozes e cenários, o filme cumpre bem esse papel. Ao mesmo tempo que é preciso com informações históricas, também consegue trazer um frescor de novidade e emoção para aqueles que vivenciam de perto o universo da imigração italiana, ou seja, os moradores da Serra. Filmado em cidades como Bento, Carlos Barbosa, Caxias, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, São Sebastião do Caí e Vila Flores, 
O documentário é resultado da paixão que Marcia nutre pela Serra há quase uma década. Tudo começou com um nobre anfitrião: o vinho produzido aqui. Marcia ficou tão encantada com a qualidade dos rótulos e com o universo contido no contexto da vitivinicultura que decidiu realizar um documentário sobre a bebida. Mas a partir da primeira incursão da cineasta pelas colônias serranas, os relatos dos moradores trouxeram memórias que transbordavam a questão do vinho, fazendo conexão a muitos outros elementos da cultura italiana. Quando conseguiu um dos apoios mais importantes da produção, o da Globo Filmes, a ideia já estava estabelecida: Marcia queria falar sobre os legados que os italianos plantaram nessas terras. Estão presentes no filme temas como a fé, a uva, a arquitetura, o filó, o enoturismo, o turismo rural, a importância da mulher imigrante, etc.
– Foi uma avalanche cultural de legados e costumes. Eu ia de ônibus de cidade em cidade e fui descortinando a região – conta.
Foram cinco anos de produção para chegar no filme de 84 minutos que ocupa as salas de cinema amanhã. As gravações visitaram a Itália, em regiões do Trentino, do Vêneto e da Liguria. Um dos momentos mais carregados de memória é o registro do porto de Gênova, de onde partiu a maioria dos imigrantes que aqui chegaram a partir de 1875. 
Mas o ponto mais positivo da produção é mesmo sua diversidade de vozes. Mais de 90 entrevistas foram captadas, claro que nem todas elas estão no filme, mas as escolhidas para compor o documentário são capazes de aproximar ainda mais o espectador. Isso porque Marcia não foi atrás somente de teóricos e pesquisadores, entrou na casa de pessoas simples, que ajudaram a compor a narrativa a partir de vivências particulares. Esses momentos de encontro com os entrevistados, aliás, estão entre as melhores memórias que a cineasta vai guardar da produção do filme:
– São pessoas com quem sentei, almocei, comi merendim. Era um carinho tão grande, muitas vezes até choramos juntos. Lembro que algumas vezes o pessoal da equipe comentava: "que gente é essa? quero vir morar aqui".
Muitos foram os personagens fundamentais do filme, entre eles, Marcia faz questão de destacar a contribuição do empresário Remy Valduga e da pesquisadora Tânia Tonet (que morreu em 2018). Com tantos depoimentos em mãos, escolher o que entraria no filme foi uma tarefa árdua. Para isso, a cineasta conta que transcreveu todas as falas e fez o exercícios de procurar as que se conectavam umas com as outras.
– Não queria usar legendas ou narrações em off, queria que essa história fosse contada por vocês, moradores da Serra – aponta ela.
O documentário também aborda o período no qual os imigrantes italianos que moravam no Brasil foram proibidos de falar sua língua mãe – a única que muitos deles conheciam. Esse silenciamento da cultura italiana precisou de muito tempo para ser revertido, num trabalho de valorização que ganha mais uma ferramenta aliada a partir de agora: o próprio filme.

Release:
Documentário Legado italiano está disponível em site exclusivo
Diretora Marcia Monteiro aborda diferentes aspectos da imigração italiana para o Brasil 
Heranças dos primeiros imigrantes italianos que começaram a se estabelecer na Serra Gaúcha a partir de 1875, aspectos como a religiosidade, a música, a gastronomia, a arquitetura, a indústria, otaliane o vinho são a matéria-prima da diretora Marcia Monteiro nodocumentário Legado italiano. O filme produzido pela Camisa Listrada, em coprodução com Globo Filmes, GloboNews e Celeiro Produções, pode ser assistido em formato on demand (locação digital) pelo site exclusivo www.legadoitaliano.com.br. A distribuição é da Lança Filmes. Em 84 minutos, descendentes de imigrantes e especialistas em diferentes áreas contribuem com explicações e relatos carregados de emoção a respeito daquele que é considerado um dos maiores fluxos migratórios da história, ocorrido no final do século XIX. Ao todo, a equipe visitou20 cidades no Brasil e na Itáliapara entrevistar94 pessoas. "Durante a minha pesquisa para o filme, percebi que, para sobreviverem e progredirem, os imigrantes tiveram que contar uns com os outros, e o filme também foi realizado na base domutirão, através da contribuição de várias pessoas e entidades e empresas que acreditaram nessa história", salienta a diretora. No Rio Grande do Sul, as gravações ocorreram na Serra e no Vale do Caí, nas cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Nova Pádua, Pinto Bandeira, Vila Flores e São Sebastião do Caí. Cada uma evidencia um dos temas desenvolvidos no filme. Bento Gonçalves é o berço da vitivinicultura e do enoturismo da região, onde vinícolas criadas pelos primeiros imigrantes se mantêm até hoje. É onde se encontra o Vale dos Vinhedos, a primeira Denominação de Origem de vinhos do Brasil. "Foi onde presenciei a força do enoturismo como um desdobramento dessa história, para a manutenção das pessoas em suas terras, a continuidade do legado dos imigrantes", reforça a diretora. Já no país europeu, Marcia visitou as regiões do Trentino e doVêneto, de onde saiu o maior número de imigrantes para o Brasil, e Gênova, de onde partiam os navios a vapor com destino à América. "São quatro anos dedicados a esse projeto que agora vai chegar ao público. Estudando, conhecendo pessoas e histórias, trago comigo um fator que me marcou muito: constatei que asolidariedadeentre os que chegavam da Itália foi fundamental. Mesmo vindo de lugares diferentes, falando dialetos diferentes, quando a sobrevivência dependia da união de todos, surge o que considero a grande força dessa região e dessa história: o mutirão", reflete Marcia.

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Legado italiano. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1294/legado-italiano. Acesso em: 24 de abril de 2024.