23º Festival da Música Crioula de Santiago e Crioulinho – Outubro de 2019 (2021)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Registro de espetáculo musical
DVD, cor, 90 min

Direção: desconhecido.
Companhia produtora: Jaerson Martins Produtor Cultural

Lançamento DVD + CD: Santiago (RS), Festival da Música Crioula de Santiago-Live solidária, 9 maio 2021, dom, 10h (transmissão na página da Prefeitura e Blog Rafael Nemitz)

 

Já passava das duas horas da manhã de domingo 6 de outubro de 2019, quando foram conhecidos os destaques do 23º Festival da Música Crioula de Santiago e Crioulinho. A comissão avaliadora, formada por Anderson Mireski, Dilamar Costenaro, Miguel Marques, Marco Antônio Nunes e Xuxu Nunes determinou a seguinte premiação:

Primeiro lugar: "Milongas de 'cortá os pulso'"
Segundo lugar: "Estação fantasma"
Terceiro lugar: "O Sobrado"

Melhor melodia: Vinícius Brum ("Milongas de 'cortá os pulso'")
Melhor poesia: Bianca Bergmam ("Restos de domingo")
Melhor instrumentista: Guilherme Castilhos (violão "Milongas de 'cortá os pulso'")
Melhor intérprete: Vinícius Brum ("Milongas de 'cortá os pulso'")
Melhor grupo vocal: "O Sobrado"
Melhor grupo instrumental: "Juvêncio, silêncio e um rádio de pilha..."
Melhor arranjo: "Estação fantasma"
Melhor pesquisa: "Estação fantasma"
Melhor música campeira: "Juvêncio, silêncio e um rádio de pilha..."
Revelação: Marcos Bolzan (assovio "Milongas de 'cortá os pulso'")

Mais popular: "A Minha alma segue aqui"

1º Crioulinho
Categoria Mirim:
Primeiro lugar: Carolina Bidart por "Valsa dos vagalumes"
Segundo lugar: Anita Rodrigues por "Cinco estrelas de luz" (Rômulo Chaves, Piero Ereno, Claudio Schneider)
Terceiro lugar: Valentina Mazui por "Vira virou" (música, letra: Kleiton Ramil)
Melhor torcida: Pietro Quadros por "Clave de lua" (música: Miguel Marques, letra: Nilo Bairros de Brum; milonga)

Categoria Juvenil:
Primeiro lugar: Matheus Nunes por "Ressábios"
Segundo lugar: Bruna Nunes por "Um Mate por ti" (música: Beto Bollo, Vinícius Brum, letra: Apparicio Silva Rillo; milonga)
Terceiro lugar: Júlia Antoninni por "Onde habita a luz" (Cristiano Sontag, Gustavo Zart)
Melhor torcida: Matheus Nunes por "Ressábios"

Este DVD não apresenta créditos.

Ficha técnica


IDENTIDADES
Ordem de identificação: Fabiane Oliveira (apresentadora), Tiago Gorski Lacerda (prefeito municipal), Carlos Alvim de Oliveira, Heloísa Helena Flores, Tadeu Martins (presidente da 23ª edição do Festival da Música Crioula de Santiago e Crioulinho), Pedro Westphalen (deputado federal).
Faixa 01: Vinícius Brum. Músicos acompanhantes: Duca Duarte (contrabaixo), Guilherme Castilhos (violão), Marcos Bolzan 'TX' (assovio), Guilherme Goulart (acordeon).
Faixa 02: Igor Tadielo. Músicos acompanhantes: Eduardo Abramson (acordeon), Ana Cláudia Rizzato (flauta transversal, teclado, vocal), Ivanhoé Ferreira (contrabaixo, vocal), Arnildo Pedroso (bateria), Sabani Felipe de Souza (violão, vocal).
Faixa 03: Analise Severo, Jean Kirchof, Jorge Freitas (voz, bombo legüero), Luciano Rodrigues. Músicos acompanhantes: Gustavo Brodinho (contrabaixo), Marcelinho Carvalho (violão solo).
Faixa 04: Francisco Oliveira. Músicos acompanhantes: Boca Ismael (percussão), Filipe Coelho (violão, vocal), Leonardo Severo (violão, vocal), Stanley Oliveira (acordeon), Vagner Afonso (contrabaixo).
Faixa 05: Lú Schiavo. Músicos acompanhantes: Gil Soares (flauta), Alexandre Scherer (contrabaixo), Evandro Pires (acordeon), Rafael Veiga (violão).
Faixa 06: Airton Dorneles (voz, gaita botoneira). Músicos acompanhantes: Eduardo Telles Martins (violão base), Igor Martini (violão base, vocal), Jero Bacelar (bateria, vocal), Jonas Erbice (contrabaixo).
Faixa 07: Wilson Paim. Músicos acompanhantes: Evandro Zamberlan (violão, vocal), Itamar Fialho (acordeon, vocal), Jair Medeiros (violão, vocal), Márcio Correia (violão, vocal), Luciano Martins (bateria), Joni André (contrabaixo, vocal).
Faixa 08: Cristiano Fantinel. Músicos acompanhantes: Aparicio Maidana (contrabaixo), Danner Marinho, Luis Felipe Cornel Rodrigues (violões, vocais), Mauro Silva (gaita botoneira), Rafael Alves (violão solo).
Faixa 09: Robledo Martins. Músicos acompanhantes: Everson Maré (violão solo), João Bosco Ayala Rodriguez (violão base), Diego Machado (gaita botoneira), Rafael Cardozo (contrabaixo).
Faixa 10: Nilton Ferreira. Músicos acompanhantes: Felipe Goulart (violão), Halber Lopes (violão, vocal), Jarbas Nadal (gaita botoneira), Miguelão Ranoff (contrabaixo, vocal), Zulmar Benitez (violão, vocal).
Faixa 11: Vitor Machado, Júlio Pereira. Músicos acompanhantes: Éverson Cordeiro (violão nylon), Heider Rodrigues (pandeiro), Jader Garcia (contrabaixo), Zé Ribeiro (violão nylon), Otávio Machado (acordeon).
Faixa 12: Arison Martins, Emerson Martins. Músicos acompanhantes: Piero Ereno (violão nylon), Diogo Matos (teclado), Edison Macuglia (contrabaixo), Nelcy Vargas (violão 12 cordas), Acássio Feliciani (bateria), Cássio Figueiró (acordeon).
Faixa 13: Carolina Bidart. Músicos acompanhantes: Márcio Rubim (violão solo), Cristiano Cesarino (violão base), Luiza Garcia (piano), Raisa Bicca (contrabaixo), André Lucas Rodrigues (cajón), Bruna Nunes (percussão).
Faixa 14: Matheus Nunes. Músicos acompanhantes: Halber Lopes (violão base / solo), Zulmar Benitez (guitarrón).

DIREÇÃO
Direção:

PRODUÇÃO

FOTOGRAFIA
Operação de câmera:

SOM

MÚSICA
Faixas:
01. "Milongas de 'cortá os pulso'" (música: Vinícius Brum, letra: Jaime Brum Carlos; milonga) // Representando as cidades de: Restinga Seca e Porto Alegre
02. "Estação fantasma" (música: Sabani Felipe de Souza, letra: João Ari Ferreira 'Sicha', in memoriam; milonga) // Representando a cidade de: Santa Maria
03. "O Sobrado" (música: Emerson Martins, letra: Carlos Omar Villela Gomes; aires de chacarera) // Representando as cidades de: Nicolau Vergueiro e São Vicente do Sul
04. "A Pureza do campo" (música: Paullo Costa, letra: Alberi Lamberty, Cristiano Lamberty, João Antunes; chamarra) // Representando as cidades de: Santiago, Bossoroca e Porto Alegre
05. "Restos de domingo" (música: Aline Ribas, letra: Bianca Bergmam; canção) // Representando as cidades de: São Gabriel e Pelotas
06. "Eu fui dançador" (música: Airton Dorneles, letra: Miguel Cadaval; vanera) // Representando a cidade de: Santiago
07. "Gratidão" (música, letra: Evandro Zamberlan; milonga) // Representando a cidade de: Santa Maria
08. "Juvêncio, silêncio e um rádio de pilha..." (música: Mauro Silva, letra: João Marcos Kelbouscas; chamamé) // Representando as cidades de: Sant'Ana do Livramento e São Gabriel
09. "Pela cuia ao coração" (música: João Bosco Ayala Rodriguez, Robledo Martins, letra: Juarez Machado de Farias; milonga) // Representando as cidades de: Piratini, Guaíba e Pelotas
10. "Deserdado" (música: Zulmar Benitez, letra: Caine Teixeira Garcia; rasguido doble) // Representando as cidades de: Bagé e Santa Maria
11. "A Minha alma segue aqui" (música: José Amélio Ucha Ribeiro Filho, letra: Elisandro Moraes Bianchini; chamarra) // Representando a cidade de: Santiago
12. "Da Janela do galpão" (música: Arison Martins, Piero Ereno, letra: Túlio Souza; milonga) // Representando as cidades de: Uruguaiana, São Vicente do Sul e Santa Maria
Crioulinho:
13. "Valsa dos vagalumes" (música: Nilton Jr. da Silveira, Cristian Sperandir, Adriano Sperandir, letra: Nilton Jr. da Silveira) // Representando a cidade de: Sant'Ana do Livramento
14. "Ressábios" (música: Luiz Marenco, letra: Gujo Teixeira; milonga) // Representando a cidade de: Santiago

EXTRAS
• Vinheta com imagens de arquivo de festivais passados. Identidades: Neto Fagundes, Eurides Nunes. Duração: 02:16.
Institucional: Lojas Becker – 66 anos de história. Letreiros: // 1942 nasce a empresa: Iniciou a produção de produtos mais pesados como jardineiras, carroças, prensas de banha e trituradores. / 1959 Abertura da 1ª loja. / 1982 A empresa transfere sua sede para cidade de Cerro Largo. / 1987 Inaugurado primeiro Centro de Distribuição em Cerro largo. / 1992 Início das atividades da Transbecker. / 1992 13 lojas na região das Missões. / 1997 A Industrial Becker transfere e inaugura sua nova sede em Cerro Largo. / 1997 Cinco anos depois a rede já possui 33 lojas. / 2000 Início das atividades do Consórcio Becker. / 2002 É inaugurado o Centro Administrativo de empresa em Cerro Largo. / 2002 Empresa já possui 61 lojas. Logo: Lojas Becker 50 anos. / 2004 É inaugurado o 2º Centro de Distribuição de Cerro Largo. / 2005 Início das atividades da TransLejú. / 2007 Início das atividades da Becker Administradora e Incorporadora de Imóveis Ltda. / 2009 Ampliação do 2º Centro de Distribuição de Cerro Largo. / 2011 Consórcio Becker: O Consórcio Becker alcançou o posto de 2ª maior administradora de grupos de eletros do país, conforme levantamento do Banco Central do Brasil. / 2012 60 anos Lojas Becker. Logo: 60 – Trabalho construindo o sucesso / Lojas Becker – Tradição de bem viver! / 2012 60 anos da Loja Becker: A rede conta com 181 lojas e as empresas Lojas Becker, TransBecker, TransLejú, Consórcio Becker, Becker Administradora e Incorporadora de Imóveis. / 2015 Início das atividades da Financeira Becker. Logo: Dinheiro fácil! O crédito pessoal é dinheiro rápido e fácil. Financeira Becker. / 2017 Inauguração do 3º Centro de Distribuição em Venâncio Aires. / 2017 É inaugurada na cidade de Santo Ângelo a mais moderna loja da rede. / 2018 Promotora Becker: A mais nova empresa do grupo Promotora Becker inicia suas atividades. / 2018 Mais 12 caminhões são adquiridos e a frota do grupo chega a 202 caminhões. // Duração: 03:30.
Institucional: Rede Vivo / Rancho Atacadista. Duração: 01:01.
Institucional: Prefeitura Municipal de Santiago #estamosjuntos. Duração: 01:25.

FINALIZAÇÃO
Montagem:

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Soar – Live streaming.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Jaerson Martins Produtor Cultural.
Captação de recursos: através do Pró-cultura RS Lei nº 13.490/2010 / SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul.
Patrocínio: Lojas Becker; Rede Vivo.
Apoio: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico / Prefeitura de Santiago.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Santiago, gravado ao vivo no Centro de Eventos do Ginásio Aureliano de Figueiredo Pinto, 4 e 5 de outubro de 2019, sexta-feira e sábado, durante o 23º Festival da Música Crioula de Santiago e Crioulinho.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:29:54
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição: DVD
Tiragem (DVD): AA001000
Legendas (DVD): Português para algumas letras.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
DVD: Distribuição: Disc Press DRS4499, sd. Não inclui encarte.
Contato:

OBSERVAÇÕES
Grafias alternativas: Sabani Felipe Tassinari de Souza | Zulmar Benites | Matheus Pimentel Nunes | João Bosco Ayala e João Bosco Ayala Rodrigues

DISCOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA

Exibições


Lançamento DVD + CD:
• Santiago (RS), Festival da Música Crioula de Santiago-Live solidária, 9 maio 2021, dom, 10h (transmissão na página da Prefeitura e Blog Rafael Nemitz)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
23º Festival da Música Crioula de Santiago e Crioulinho – Outubro de 2019. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1319/23-festival-da-musica-crioula-de-santiago-e-crioulinho-outubro-de-2019. Acesso em: 17 de junho de 2024.