Fronteriz@s (2021)

Brasil (RS)
Longa-metragem | 5 episódios | Ficção e não ficção
cor, 100 min

Direção: Luiz Alberto Cassol, Adriana Gonçalves Ferreira, Felipe Yurgel, Chico Maximila, Alexandre Mattos Meireles, Fabi Ud.
Companhia produtora: SCI Sociedade Cultural Independente; Campos Neutrais Filmes; Mundo Atlântico Filmes; Cine de Frontera

Primeira exibição: disponível nas redes do SindBancários e do SIMPA Sindicato dos Municipários de Porto Alegre, 19-22 set 2021, dom, 12h até qua, 19h, quando acontece roda de conversa com produtor, diretores e convidados, transmitida ao vivo pelo facebook
Primeira exibição RS presencial: Bagé (RS), 12º Festival Internacional de Cinema da Fronteira [17-19 dez]-Mostra Competitiva Internacional de Longas-metragens, Salão de Atos URCAMP, 17 dez 2021, sex, 10h

 

Fronteriz@s é composto por cinco episódios. Entre documentário e ficção são abordadas singularidades existentes na fronteira Brasil-Uruguay, a partir de cinco localidades: Santa Vitória do Palmar/Chuy, Jaguarão/Río Branco, Pelotas, Bagé e Sant'Ana do Livramento/Rivera. O projeto revela a diversidade cultural, social e política que transita naquela região e dialoga com a memória a partir dos olhares e linguagens de seus diretores e diretoras. Milonga lejana está inspirado em cartas verídicas, reportagens, documentários e filmes ficcionais, e também de músicas e de livros. Casa de rio resgata as memórias de uma casa de brasileiros localizada em Río Branco, no Uruguay. Além da fronteira conta a história de um trabalhador brasileiro que perde a esposa e precisa enfrentar o desafio de criar a filha sozinho. Em La Sociedad, acontecem manifestações misturadas entre uruguaios e brasileiros em Bagé. Peregrinus mistura realidade e ficção para explicar como é a vida de uma pessoa que vive nas fronteiras nacionais.

A produção dos episódios do filme Fronteriz@s [Fronterizos] iniciou em dezembro de 2020. As gravações ocorreram entre fevereiro e março de 2021, respeitando todos os protocolos e medidas de segurança para evitar contaminações pela covid-19, incluindo testagens das equipes.

Episódios


[0:00:28-0:20:40] [01/05] Milonga lejana [Milonga distante] [Santa Vitória / Chuy] | Direção: Felipe Yurgel, Chico Maximila. Companhia produtora: Campos Neutrais Filmes (Pelotas) – 3/5 – Cuarto Piso. Ficção.
[0:20:41-0:38:08] [02/05] Casa de rio [Jaguarão / Río Branco] | Direção: Luiz Alberto Cassol. Não ficção.
[0:38:09-0:59:03] [03/05] Além da fronteira [Pelotas / Río Branco] | Direção: Alexandre Mattos Meireles. Companhia produtora: Mundo Atlântico Filmes (Pelotas). Ficção.
[0:59:04-1:19:12] [04/05] La Sociedad [Bagé] | Direção: Adriana Gonçalves Ferreira. Não ficção.
[1:19:13-1:37:20] [05/05] Peregrinus [Sant'Ana do Livramento / Rivera] | Direção: Fabi Ud. Companhia produtora: Cine de Frontera (Sant'Ana do Livramento). Não ficção.
[1:37:21-1:40:26] Créditos finais


[01/05] Milonga lejana [Milonga distante]
Direção: Felipe Yurgel, Chico Maximila.
Argumento: Chico Maximila.
Roteiro: Alex Vaz.
Sinopse: Praia do Hermenegildo, fevereiro de 1985. O isolamento nos tempos de trevas. Um homem espera a hora exata para voltar a encontrar seus amores, nos estertores do período ditatorial da América Latina. Na última praia do Brasil, antes da fronteira com o Uruguay, toda a solidariedade do povo fronterizo e seu inseparável mate são as únicas companhias que ele pode contar. Cartas, rádio e o vento diminuem a distância mas aguçam a saudade de um homem solitário.
Elenco: Vicente Botti (incluindo a locução em espanhol).
Figuração: Carolina Clasen (Carnavalera), Gabriela Lamas (Eni), Alex Vaz (Elon), Felipe Campal (Locutor do rádio).
Produção local: Carolina Clasen.
Direção de locução: Alex Vaz.
Assistência de produção: Alexandre Mattos Meireles.
Alimentação: Edmur Azevedo.
Motorista: Edmilson Pereira.
Direção de fotografia: Felipe Campal.
Assistência de câmera e fotografia de cena: Daniela Pinheiro.
Direção de arte: Gabriela Lamas.
Som direto: Dhyan Diano / DFD Soluções em Áudio.
Trilha sonora: Chico Maximila, Alex Vaz, Protásio Júnior .
Montagem: Felipe Yurgel.
Colorista: Felipe Campal.
Finalização: Felipe Yurgel, Felipe Campal.
Desenho de som e edição de som: Protásio Júnior.
Design: Carolina Clasen.
Assessoria de comunicação local: Gabriela Mazza / Satolep Press.
Agradecimentos: Alberto Alda, Ariel Salvador, Cynthia Luz, Daniel Estrela da Silva, Evanir Ferrari, Eric Peixoto, Edemilson Pereira, Edinei San Martin, Francisco Campal, Gerson Jardim, Germano Costa, Liziane Rocha, Maria Abigail Maximila, Manuel Campal, Maurilio Almeida, Nauro Jr., Pedro Ferreira, Pila Telles do Santos, Roberta Selva, Tatiane Duarte, Tom Maximila, Zeca Maximila.
Filmagens: Brasil / RS, na praia do Hermenegildo, entre 22 e 26 de fevereiro de 2021.
Grafias alternativas: Gabi Mazza | Cozinheiro
Companhia produtora: Campos Neutrais Filmes (Pelotas) – 3/5 – Cuarto Piso.

[02/05] Casa de rio
Direção: Luiz Alberto Cassol.
Roteiro: Luiz Alberto Cassol, Maria Fernanda Passos das Neves.
Sinopse: Uma casa na margem do rio Jaguarão tem nos relatos histórias da fronteira Brasil-Uruguay. São vivências das águas, da ponte e de outras casas. São resguardos e reminiscências de gerações da família Passos e de artistas que fazem da fronteira seu território de integração.
Identidades: Ordem de identificação: Jorge Passos, Maria Fernanda Passos das Neves, Santiago Passos; Carolino Correa (cantautor fronterizo), Helio Ramirez (biólogo e historiador), José Reggiardo (educador cultural), Laura Correa (cantora), Leandro Barrios (artista plástico), Mireya Brochado (professora de dança).
Direção de produção: Leonardo Peixoto.
Assistência de produção: Alex Souza Araújo.
Direção de fotografia: Karen Eggers.
Assistência de câmera e operação de drone: Evandro Rigon.
Fotografia de cena: Mozart Del Pino.
Direção de arte: Ana Julia Breunig de Freitas.
Som direto: Davi Batuka.
Trilha sonora: música: Hélio Ramirez, letra: Martim César, intérpretes: Laura Correa, Carolino Correa, Hélio Ramirez.
Produção musical e arranjos: Igo Santos.
Montagem, color e finalização: Evandro Rigon.
Desenho de som: Igo Santos.
Design gráfico: Luciano Ribas.
Assessoria de comunicação local: Juliane Brum.
Agradecimentos: Carlos José Azevedo 'Maninho', Christian Ludtke, Guilherme Termesana, Finish Produtora (Santa Maria), Municipalidad de Río Branco, Prefeitura de Jaguarão, Tu Casa Gastro Bar, Vigilância Sanitária de Jaguarão.
Filmagens: Brasil / RS, em Jaguarão, a partir de 23 de fevereiro de 2021.
Grafias alternativas: Martim Cesat | Assistência de fotografia e de drone
Observações: Em 22 de fevereiro 2021 a turma do Casa de rio se reuniu para conhecer o local das gravações e fazer sua primeira reunião presencial. O encontro ocorreu no Tu Casa Gastro Bar, em Jaguarão, respeitando os protocolos de segurança em prevenção ao coronavírus. Após a reunião, o diretor e roteirista Luiz Alberto Cassol, a roteirista Maria Fernanda Passos das Neves, o diretor de produção Leonardo Peixoto e a diretora de fotografia Karen Eggers se deslocaram até a orla do rio para o estudo do cenário das gravações que ocorreriam às margens do rio pelo lado brasileiro. No dia 23 iniciaram as gravações, na Casa Azpiroz, às margens do rio Jaguarão em território uruguaio, Río Branco, tendo também como “vizinha” a Ponte Internacional Barão de Mauá. A Casa Azpiroz não é uma simples locação do curta: é o seu ponto de partida, que contará a trajetória da família Passos e suas gerações.

[03/05] Além da fronteira
Direção: Alexandre Mattos Meireles.
Argumento: Alexandre Mattos Meireles.
Roteiro: Alexandre Mattos Meireles, Adry Silva.
Sinopse: Jovem, recém viúvo e enfrentando problemas financeiros e pessoais, Edmilson, luta para manter a guarda de sua filha e conseguir um emprego. Desesperado, busca em uma pequena cidade da fronteira Brasil-Uruguay uma oportunidade de crescimento e entendimento entre pai e filha.
Elenco: Hilton Oliveira, Clara Lua Pinhatti Meireles, Maureen Nogueira, Alexandre Mattos Meireles, Marcia Meireles, Maria Eduarda Vasconcelos Dias, Daniela Vasconcelos, Theodora Vasconcelos, Teci Junior, André Oliveira, Roberto Giovanaz, Felipe Campal, Vicente Botti, Sandra Rodriguez, Pietro Wotter, Alvaro de Los Santos.
Produção local: Renata Wotter.
Assistência de produção: Helena Wotter.
Direção de fotografia: Felipe Campal.
Assistência de câmera: Eloisa Soares.
Fotografia de cena: Eloisa Soares, Daniela Pinheiro.
Direção de arte e figurino: Daniela Pinheiro.
Som direto: Davi Batuka.
Músicas: "Casa pequena" (Juliano Guerra); "Fim de festa" (Itamar Assumpção, Naná Vasconcelos); "Trilha original" (Davi Batuka); "Ta llorando" (Pepe Guerra); "Lluvia fina" (Vicente Botti, Daniel Moreira).
Montagem: Cíntia Langie.
Colorista: Felipe Campal.
Finalização: Jackeline Nunes.
Desenho de som e edição de som: Davi Batuka.
Design: Jackeline Nunes.
Assessoria de comunicação local: Roberto Giovanaz.
Agradecimentos: Mordomia, Conceição Gomes, Padoca da Dé, Beija Flor Natural Arte, Jana Doida da Espanha, Raquel Rosa, Bar do Maicon, André Oliveira, André Barcellos, Prefeitura Municipal de Pelotas, secretário de Cultura de Pelotas Paulo Pedrozo, Fabiane Dias da Rosa dos Santos, Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas, Augusto Bittencourt, Barbara Hypolito, Cezar Pinheiro, Zilá Pinheiro, Gabriela Lamas, Lucas Wotter Olivé Leite, Deivid Miguel, Mireya Esther Brochado Paez, secretário de Cultura de Río Branco (UY) Miguel Cantera, tenente Adrian Arce / Prefectura Nacional Naval de Río Branco (UY), alcalde de Río Branco (UY) Christian Morel, Secretaria de Trânsito / Dardo Garay, Alvaro de Los Santos, Tu Casa, Provision Vasquito, Espina y Alma, Sociedade Independente Cultura de Jaguarão, Laboratório de Narrativas Negras 2020.
Filmagens: Brasil / RS, em Pelotas, entre 5 e 10 de março de 2021.
Companhia produtora: Mundo Atlântico Filmes (Pelotas).

[04/05] La Sociedad
Direção: Adriana Gonçalves Ferreira.
Roteiro: Adriana Gonçalves Ferreira, Taisa Waiss.
Sinopse: Registro do movimento cultural de integração que acontece na Sociedade Uruguaia de Socorros Mútuos de Bagé, um lugar definido pela convivência e pela integração entre pessoas que vivem nos dois lados da fronteira entre Brasil e Uruguay. Imagens de arquivo e entrevistas com personagens que frequentam o espaço, brasileiros que se sentem um pouco uruguaios e uruguaios que se sentem um pouco brasileiros. Fundada em 25 de agosto de 1928, data escolhida em referência à independência do Uruguay.
Identidades: Ordem de identificação: Francisco Estigarribia (integrante da diretoria da Sociedade Uruguaia), Jessé Duarte (parrillero), Carlo Andrei Rossal (artista – pintor), Edu Macedo (guasqueiro aposentado), Rodrigo Bordón (tamborilero da Grillos Candonberos; em espanhol), Lisandro Moura (tamborilero da Grillos Candonberos), Rosiméri Goulart (bailarina da Grillos Candonberos), Adriana Gonçalves (coordenação Ponto de Cultura Pampa Sem Fronteiras).
Produção local: Fabiana Gasparoni.
Direção de arte: Adriana Gonçalves Ferreira, Taisa Waiss.
Direção de fotografia: Bruno Polidoro.
Operação e assistência de câmera: Francisco de Assis.
Fotografia de cena: José Camargo.
Making of: Welly Duarte.
Som direto e finalização de som: Nina Mayers.
Trilha sonora: Julinho Pimentel.
Estúdio de gravação da música: Teco Marques.
Montagem e finalização: Carlinhos Rosa, Caterine Krolow.
Assessoria de comunicação local: Augustho Soares.
Apoio: Ponto de Cultura Pampa Sem Fronteiras; Sociedade Uruguaia de Socorros Mútuos de Bagé.
Filmagens: Brasil / RS, em Bagé.

[05/05] Peregrinus
Direção: Fabi Ud.
Roteiro: Enrique da Rosa.
Pesquisa: Enrique da Rosa, Fabi Ud.
Degravação: Fabi Ud, Enrique da Rosa.
Sinopse: Um homem nascido no limite de dois países, ali onde os povos se encontram, caminha pela fronteira, refletindo sobre o bom e o mal do lugar onde nasceu, enquanto várias vozes respondem a pergunta: "o que é a fronteira?".
Identidades: Andrés Rivero (incluindo narração e ambientação do texto ao portuñol). Ordem de identificação: Beto Carrasco (em espanhol), Rubi Acosta (em espanhol), Caroline Santos, Laurence El Ters Tors, Luis Paulo Cortez, Andressa da Luz, Mariana Pereira Castro, Fran de Souza (em espanhol), Marisa Beatriz Sanchez Huertas (em espanhol), Carolina Caceres, Gilda Machado (em espanhol), Maricruz Salazar (em espanhol), Maribel Diniz Suárez (em espanhol), Nicolle Casaravilla (em espanhol), Carmen Adelina Varela Vieira (em espanhol), Maria Olinda Alves Cardozo, Nelida Pereira Rollano.
Figuração: Carmen Adelina Varela Vieira, Estefania Chagas, Katherin Gonzalez, Ruth dos Santos Cardozo, Solangela Lima, Vera Maria de Los Santos.
Coordenação de produção: Ana Pires.
Assistência de produção: Beatriz Cortez.
Assistência de produção júnior: Bianca da Rosa.
Produção executiva local: Cleber Machado.
Direção de fotografia: Enrique da Rosa.
Operação de drone: Aguido Ricardo.
Iluminação: Santiago Pirez Ribeiro.
Claquete: Joaquin Duarte Zurbrig.
Figurino e maquiagem: Adriana Santana Pedra.
Fotografia de cena: Lucas Tors.
Making of: Antenor Neto.
Músicas: "Tormenta" (Trio Bagayero); "Cambalasho" (Trio Bagayero); "Naúncunfunda kukumbunda" (Chito de Melo) por Trio Bagayero: Andrés Rivero, Gastón Lorenzo, Nicolás Santucci.
Direção de som: Cleber Machado.
Som direto e finalização de som: André Simões.
Assistência de som: Alessandro de Acosta.
Estúdio de gravação da narração: Paralelo Records.
Montagem e finalização: Fabi Ud.
Assessoria de comunicação local: Pamela de Avila da Costa.
Apoio local: Iglesia Luterana de Rivera, Feira Central, Confrutal Padaria e Confeitaria, Supermercado Niederauer, Supermercado Selau, Restaurante e Churrascaria Coisa Nossa, Do Vini Restaurante e Lancheria, Don Rafael Restaurante e Churrascaria, Restaurante Texacu's, Toda Bella Cosméticos.
Agradecimentos: Otávio Burgoa, Mari Raquel Sanguinete, Blanco Leites / Iglesia Luterana de Rivera, Mateus Balsemão / Banca 52 – Carolina, Paula Dorneles, Silvia França / Banca nº 1 – Centro Popular de Compras, Lidiane Fernandes Alves, Jorge Luis Nunes Farias / Banca Farias Art Couro, Rachel Martinez, Neber Lisboa / Mi Zoo S. C. Refugio de Animales Exóticos y Silvestres (Rivera), Victor Gabriel Iparraguirre, Willian Fialho, Andrea Corrales, Laritanny Mello, Cristina Bentancurt, Candido Dalmiro Fragoso Duarte, Jonathan da Rosa, Gladys Benavidez Oliva, Leonidas Bayo.
Filmagens: Brasil / RS, em Sant'Ana do Livramento e Uruguay, em Rivera, no início de fevereiro 2021.
Companhia produtora: Cine de Frontera (Sant'Ana do Livramento).

Ficha técnica


PRODUÇÃO
Companhia produtora: SCI Sociedade Cultural Independente (Jaguarão).
Coprodução: Fronteras Culturales.
Financiamento (BR/RS): Edital SEDAC nº 09/2020 – Produções Culturais e Artísticas. Recursos da Lei Aldir Blanc Lei nº 14.017/2020. Realização: SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul; Secretaria Especial da Cultura / Ministério do Turismo / Governo Federal – Brasil – Pátria amada.
Este filme foi realizado durante o período de pandemia, nos primeiros meses de 2021. As equipes seguiram todos os protocolos de prevenção à covid-19.

Produção geral: Ricardo Almeida.
Produção executiva: Magnum Patron Sória.
Contabilidade: Luciano Terra.
Música de encerramento: "Cambalasho" por Trio Bagayero.
Identidade visual: Rolila Caetano / Bando.
Vinhetas: Fredericco Restori.
Efeitos sonoros vinhetas: Matheus Herrmann.
Edição e finalização: Billy Valdez / Coletivo Catarse.
Acessibilidade: Simone Dorneles.
Tradução: Carina de C. Alvarez / Lecttura Traduções.
Agradecimentos especiais: Bitisa Mascarenhas, Carlos José Azevedo 'Maninho', Catia Goulart, Diana A. Pereira, Diego Palmieri, Leo Sosa, Marlova Aseff, Rosario Brochado, Thais Lucksis, Walberto Chuvas.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:40:26
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:
Idioma: Português, español, portuñol, com legendas em português.

DIVULGAÇÃO
Assessoria de comunicação: Nathaly Weber / Saia Rodada.
Jornalista: Ediane Oliveira.
Desenvolvimento portal web: Eagle Tecnologia e Design.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato:

OBSERVAÇÕES
Grafias alternativas: Frederico Restori | [01/05] Alexandre Mattos | Protasio Jr. | [02/05] Carlos José Maninho | [03/05] Alexandre Mattos e Alexandre Mattos Meireles | [04/05] Adriana Gonçalves Ferreira e Adriana Gonçalves | [05/05] Caroline dos Santos e Caroline Santos | Andressa Luz e Andressa da Luz | Marisa Sanchez e Marisa Beatriz Sanchez Huertas | Nina Varela e Carmen Adelina Varela Vieira | Maria Onilda Cardozo e Maria Onilda Alves Cardozo.
Grafias alternativas (funções): [01-05/05] Foto still | [01, 03/05] Correção de cor | [04/05] Direção de fotografia e fotografia | Operador de câmera e assistência de direção de fotografia | [05/05] Decupagem

BIBLIOGRAFIA

Exibições


• Disponível nas redes do SindBancários e do SIMPA Sindicato dos Municipários de Porto Alegre, 19-22 set 2021, dom, 12h até qua, 19h, quando acontece roda de conversa com produtor, diretores e convidados, transmitida ao vivo pelo facebook

• Disponível entre 11-19 dez 2021, sab-dom, em: vimeo.com/578930103

• Bagé (RS), 12º Festival Internacional de Cinema da Fronteira [17-19 dez]-Mostra Competitiva Internacional de Longas-metragens, Salão de Atos URCAMP, 17 dez 2021, sex, 10h

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Fronteriz@s. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1344/fronteriz-s. Acesso em: 14 de abril de 2024.