Edmundo está em casa (2021)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção
cor, 77 min

Direção: Laédio José Martins.
Companhia produtora: Casa Gabbi Arte Cultura; Associação dos Amigos da Casa de Memória Edmundo Cardoso; Ateliê do Comediante

Primeira exibição: YouTube, disponível desde 28 set 2021, ter, 19h (estreia online) [na noite de segunda-feira houve a primeira exibição do longa-metragem para a equipe e imprensa]
Primeira exibição presencial: Santa Maria (RS), Theatro Treze de Maio, 27 mar 2022, dom, 19h (estreia presencial)


 

Com direção de Laédio Martins, Edmundo está em casa conta com a participação de artistas de teatro e cinema de Santa Maria. O longa foi gravado entre agosto e setembro de 2021, durante a pandemia, com locações no Theatro Treze de Maio, no Centro de Convenções da UFSM e no largo Edmundo Cardoso. O diretor conta como foi a experiência: "Fazer parte da produção do filme foi atribulado, acumulei diversas funções. Sou acostumado no teatro e no teatro me parece mais fácil executá-las. No audiovisual ficou mais complicado, eu estava na produção, na roteirização, no casting e na cinegrafia, enfim na cadeia produtiva como um todo. Mas, por outro lado foi um motivo de muito orgulho poder engajar tantas pessoas em prol da história do teatro da cidade, utilizando a figura do Edmundo Cardoso como protagonista e narrando a história das pessoas que trabalharam com teatro na cidade desde o século XVIII. Foi motivo de orgulho participar dessa produção".
O filme é uma coprodução da Associação dos Amigos da Casa de Memória Edmundo Cardoso, Casa Gabbi Arte e Cultura e Ateliê do Comediante. Projeto financiado pela Lei Aldir Blanc.
A assessoria de comunicação foi feita pelos alunos dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UFN, sob coordenação do professor Bebeto Badke, um dos protagonistas ao lado de Cândice Lorenzoni e Denise Copetti. Ele é filho de Geolar Badke, um dos integrantes da Escola de Teatro Leopoldo Fróes, criada por Edmundo.

Ficha técnica


ELENCO
Bebeto Badke, Cândice Lorenzoni, Denise Copetti, Helquer Paez, Janaina Castaldello, Joel Cambraia, Luciano Gabbi, Miguel Silveira, Sérgio André.
Participação especial: Débora Matiuzzi Pacheco, Rafaela Drey Costa.
Atores convidados: Andressa Ribas Lameira Merlo, Amanda Ilha Silveira, Cristiano Vinícius de Moraes Gomes Lermen, Felipe Gonçalves Mendes, Marcele da Silva do Nascimento, Maria Isolete Cavalheiro, Patrícia Garcia, Ricardo Paim, Tiago Gonçalves Teles, Sérgio André Alves da Silva, Victoria Rubim Marquezini.

DIREÇÃO
Direção: Laédio José Martins
Primeira assistência de direção: Heitor Francisco Borges Leal.
Consultoria em audiovisual: Alexsandro Pedrollo.

ROTEIRO
Roteiro: Laédio José Martins
Supervisão de conteúdo: Gilda May Cardoso Santos, Therezinha de Jesus Pires Santos.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Luciano Gabbi.
Gestão financeira: Clara Kurtz.

ESPETÁCULO
Concepção e direção geral: Laédio José Martins.
Assistência de direção cênica: Luciano Gabbi.
Dramaturgia: Laédio José Martins.
Direção de cena adicional: Tiago Gonçalves Teles.
Iluminação: Nara Maia.
Sonoplastia: Guingo Freire.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Fabiano Foggiato.
Operação de câmera: Alan Orlando, Alexsandro Pedrollo, Fabiano Foggiato, Breno Fixman.
Assistência de câmera: Alexsandro Pedrollo.

Claquete: Júlia Saracol, Bruna Muller Santos, Eduardo Biscayno de Prá, Filipe Cardoso.

EQUIPE Finish Produtora
Produção: Paulo Teixeira.
Operação de drone: Evandro Rigon.
Assistência: Tiago Ribeiro.

Making of: Breno Fixman, Luciano Gabbi, Raquel Guerra.

ARTE
Cenografia e encenação: Laédio José Martins.
Cenotécnica: Laédio José Martins, Luciano Gabbi, Filipe Cardoso, Nara Maia.
Desenhos em nanquim: Bibiano Girard.

Figurino: Cândice Lorenzoni, Laédio José Martins.

Maquiagem: Will Dias.

SOM
Som direto: Paulo Roberto Tavares, Victor Mascarenhas.

MÚSICA
Músicas:
• "Saxofone por que choras" por Ratinho
• "Matando saudade" (música: Nabor Pires Camargo) [instrumental] por Nabor Pires Camargo (clarinete)
• "Meus vinte anos" (Wilson Batista, Silvio Caldas) por Silvio Caldas
• "Timesteps" [excerpt] por Wendy Carlos
• "O Sol amigo" ["'O Sole mio!"] (música: Eduardo Di Capua, Alfredo Mazzucchi, letra em italiano: Giovanni Capurro; canzone napolitana; versão brasileira: José Fortuna) por Orlando de Alencar
• "Minha terra" (Waldemar Henrique; canção) por Francisco Alves
• "Manchetes de jornal" (Mirabeau, Jorge Gonçalves) por Carmen Costa
• "Caindo das nuvens" (música: Nabor Pires Camargo; valsa-choro) [instrumental] por Nabor Pires Camargo
• "First interlud for prepared piano" por John Cage
• "Suicide Scherzo (Ninth Symphony, Second Movement (música: Ludwig von Beethoven)
• "Pombinha branca (Vola Colomba)" por Silvana
• "Ainda uma vez" (José Maria de Abreu, Francisco Mattoso; fox-canção) por Francisco Alves
• "De conversa em conversa" (Haroldo Barbosa, Lucio Alves; samba) por Isaurinha Garcia

ARQUIVO
Citações dos livros:
CARDOSO, Edmundo. Santa Maria: Vivências e memórias.
SANTOS, Therezinha de Jesus Pires dos; SANTOS, Gilda May Cardoso (org). O Edmundo que eu conheci.
CORRÊA, Roselâine Casanova. Cenário, cor e luz: amantes da ribalta em Santa Maria (1943-1983).

FINALIZAÇÃO
Montagem e edição: Laédio José Martins.

Edição de vinheta e créditos: Raquel Guerra.
Edição e correção de cor: Fabiano Foggiato.

EQUIPES
Técnicos do Theatro Treze de Maio: Guingo Freire, Jeferson Bastos.
Técnicos da Rádio UFN: Clenilson Oliveira, Alan Carrion.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Produção audiovisual: TV Ovo; Ateliê do Comediante; Casa Gabbi Arte Cultura.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Casa Gabbi Arte Cultura (Santa Maria); Associação dos Amigos da Casa de Memória Edmundo Cardoso (Santa Maria); Ateliê do Comediante (Santa Maria).
Projeto: Memória e patrimônio – Edmundo vai ao theatro.
Financiamento (BR/RS): Chamada Pública SEDAC nº 12/2020. Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas. Parceria: Fundação Marcopolo – Iniciativas que transformam o futuro; SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul – Novas façanhas na cultura; Lei Aldir Blanc Lei nº 14.017/2020 – Secretaria Especial da Cultura / Ministério do Turismo / Governo Federal – Brasil – Pátria amada. Responsável (pessoa jurídica): Clara Marli Scherer Kurtz. Segmento: Teatro. Corede: Central. Cidade: Santa Maria. Valor: R$ 50.000,00; contemplado com o título de: Edmundo vai ao theatro – Memória e patrimônio.
Instituições parceiras: UFSM; UFN Universidade Franciscana; TV Ovo; Theatro Treze de Maio; Prefeitura Municipal de Santa Maria; Casa de Memória Edmundo Cardoso.
Apoio cultural: Finish Produtora (Santa Maria); Focus Produtora; Casa Gabbi Garden Café; CineCirco – CNPq / UFSM; UFSM / Pró-reitoria de Extensão / Centro de Convenções UFSM; EMAET; Ilógica Cia; Companhia Armazém; Cia Retalhos de Teatro; Todos ao Palco; TUI Teatro Universitário Independente; Grupo Pregando Peça; D. Copetti Produções; Saca-Rolhas Teatro & Cia.; Teatro Por Quê Não?.

AGRADECIMENTOS

FILMAGENS
Brasil / RS, em Santa Maria, em lugares como: Theatro Treze de Maio; Centro de Convenções da UFSM; Largo Edmundo Cardoso.
Período: agosto e setembro de 2021, durante a pandemia.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:16:53 (YouTube)
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO
Coordenação de comunicação: Atílio Alencar.
Design: Andreas Ross.
Social media: Camila Nardon.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato:

OBSERVAÇÕES
Cf. créditos finais: // Evoé! //
Autoria das músicas não está creditada.
Grafias alternativas: Oldair Cavalcanti Freire 'Guingo' | Jeferson Bastos 'Beto' | Finish
Grafias alternativas (funções): Assistente de direção de fotografia | Trilhas | Diretor de foto (drone)

BIBLIOGRAFIA

Exibições


• YouTube, disponível desde 28 set 2021, ter, 19h (estreia online) [na noite de segunda-feira houve a primeira exibição do longa-metragem para a equipe e imprensa]

• Santa Maria (RS), Theatro Treze de Maio, 27 mar 2022, dom, 19h (estreia presencial)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Edmundo está em casa. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1351/edmundo-esta-em-casa. Acesso em: 14 de abril de 2024.