A Guerra dos Farrapos (1985)

Brasil (SP)
Longa-metragem | Ficção | Telefilme
cor

Direção: Carlos Coimbra.
Companhia produtora: TV Bandeirantes

Primeira exibição: TV Bandeirantes, 2 dez 1985, seg, 21h15-23h15

 

Anunciado como o primeiro longa-metragem em VT, gravado no RS, nos próprios locais onde ocorreram as ações, A Guerra dos Farrapos é uma produção da rede Bandeirantes dentro do quadro das comemorações do sesquicentenário da revolução. Com a experiência do drama histórico e o sucesso que foi Independência ou morte! (1972), Carlos Coimbra foi chamado para dirigir este que seria o seu último longa. Mas A Guerra dos Farrapos nem consta na sua filmografia, tanto na autobiografia da Coleção Aplauso nem no IMDb (set 2023) nem em Leão. No entanto, na autobiografia ele dedica algumas páginas a este filme (p.265-269).

As gravações envolveram uma equipe com cerca de cem profissionais entre produção, cenografia, figurinistas e técnicos, além de um grande elenco, e começaram em 8 de outubro de 1985 em Osório, onde foram realizadas todas as cenas de combate sob a orientação do Regimento Osório de Cavalaria. "Durante uma semana e com uma baixa de 12 figurantes – clavículas e braços quebrados, tornozelos destroncados e contusões generalizadas – foram realizadas todas as cenas de campo", conta Félix Aidar, diretor de produção. Em São Gabriel, distante 370 quilômetros de Porto Alegre, foram feitas as demais cenas utilizando os recursos idealizados por Campello Netto que recriou a Vila de Piratini, primeira capital da República dos Farrapos, e montou o lugarejo representando Laguna, saída para o mar dos farroupilhas e cenário do primeiro encontro entre Garibaldi e Anita.

Presença de atores nascidos ou ligados ao RS que constituíram carreiras no eixo Rio-São Paulo, como Ênio Gonçalves (de filmes com C. Reichenbach) e Aldine Muller – que naquele momento dava uma virada em sua trajetória deixando para trás as pornochanchadas e participando de filmes como Noite (G. Loureiro, 1984). Outra atriz bastante vinculada ao estado é Amélia Bittencourt, nascida em Criciúma (SC). O argumento é de Barbosa Lessa, que  lançava a primeira edição do romance República das carretas, título pelo qual o telefilme chegou a ser chamado. Também houve indefinição quanto à categoria: primeiro era para ser um longa, depois minissérie e finalmente longa.

Sinopse


Em 1835, na província de São Pedro do Rio Grande do Sul, Bento Gonçalves e Domingos José de Almeida fundam a república independente, com o objetivo de ligar, por ideais democráticos, todos os brasileiros a começar pelos gaúchos para a organização de uma nação livre e unificada, sob o título de República Rio-Grandense, que teria como capital a Vila de Piratini. Evidentemente, a reação do Império, que tinha à frente o regente Feijó, foi imediata: as tropas legalistas iniciam o combate aos rebeldes farroupilhas, que mais tarde ganham o apoio do italiano Giuseppe Garibaldi e da catarinense Anita.

Ficha técnica


ELENCO
Nelson Xavier (General Bento Gonçalves),
Ênio Gonçalves (Domingos de Almeida),
Herson Capri (Giuseppe Garibaldi),
Aldine Muller (Anita Garibaldi),
Valdir Fernandes (General Canabarro),
Carlo Briani (Luigi Rossetti),
Cristina Medeiros (Deolinda),
Henrique César (Labatut),
Paulo Leite (Secretário do Governo),
Chico Martins (Presidente Mattos),
Alan Fontaine (Netto),
Marlene França (Bernardina de Almeida),
Amélia Bittencourt (Caetana),
José Fernandes de Lira (Padre),
Bruno Giordano (Tenente Gonçalves).

DIREÇÃO
Direção: Carlos Coimbra.

ROTEIRO
Argumento: Barbosa Lessa.

PRODUÇÃO
Direção de produção: Félix Aidar.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia:
Operação de câmera:

ARTE
Cenografia e figurino: Campello Netto.

SOM

MÚSICA
Músicas:
• "Balaio" (música, letra: tema popular recolhido e adaptado por Barbosa Lessa e Paixão Côrtes; dança tradicionalista)
• "Hino Rio-Grandense" (música: Joaquim José Mendanha, letra: Francisco Pinto da Fontoura)
• "Pezinho" (música, letra: tema popular recolhido e adaptado por Barbosa Lessa e Paixão Côrtes; dança tradicionalista)

FINALIZAÇÃO
Montagem:

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: TV Bandeirantes (São Paulo).

AGRADECIMENTOS

FILMAGENS
Brasil / RS, em Osório; São Gabriel.
Período: a partir de 8 de outubro de 1985, durante 28 dias.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração:
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato: TV Bandeirantes.

OBSERVAÇÕES
Filme não visionado.
Produzido documentário sobre os bastidores: A Guerra da produção (Waldyr Bonas, Alan Kardec). Sinopse: Equipes deslocando-se do hotel para a locação, a preparação dos efeitos especiais como explosões, ferimentos e quedas, os atores sendo maquilados, a pausa para o rancho, o chimarrão rodando de mão em mão entre atores e técnicos no final de um dia de trabalho árduo, o ensaio dos atores, o treinamento de manejo de armas, as aulas de equitação. Depoimentos. Identidades: Carlos Coimbra, Campello Netto, Barbosa Lessa, moradores da região de São Gabriel e Osório e autoridades locais. Exibição: 26 nov 1985, ter, 22h15-23h30

Títulos alternativos: [A] República das carretas
Grafias alternativas:

BIBLIOGRAFIA
LESSA, Barbosa. República das carretas. 2.ed. Sant'Ana do Livramento: SferaSRP Editora de Artes, dez 2009. 190p. (Barbosa Lessa  Obra completa: Fase II  Obras consagradas)
MERTEN, Luiz Carlos. Carlos Coimbra – Um homem raro. São Paulo: Imprensa Oficial / Cultura-Fundação Padre Anchieta, 2004. 303p. il. (Coleção Aplauso Cinema Brasil)

Noticiário:
ZÊGO. Pois é: Os farrapos na tevê. A Tribuna, Santos, 29 jul 1985, p.9, ano XCII, n.126.
ZÊGO. Pois é: Minissérie vira longa metragem. A Tribuna, Santos, 9 nov 1985, p.10 [BN, p.42], ano XCII, n.229.
Estrelas & gente. A Tribuna, Santos, 11 nov 1985, p.9, ano XCII, n.231.
Em cartaz. A Tribuna, Santos, 26 nov 1985, p.21, ano XCII, n.246.
Cidinha na jogada: Vai começar a Guerra dos Farrapos. O Fluminense, Rio de Janeiro, 1º-2 dez 1985, p.12 [BN, p.44], ano CVIII, n. 25.253.
Em cartaz. A Tribuna, Santos, 2 dez 1985, p.9, ano XCII, n.252.
A semana na TV. Cidade de Santos, Santos, 2 dez 1985, p.9, ano XIX, n.6.632.

Exibições


• TV Bandeirantes,
2 dez 1985, seg, 21h15-23h15
1º fev 1986, sab, 20h-22h

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
A Guerra dos Farrapos. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/1839/a-guerra-dos-farrapos. Acesso em: 19 de julho de 2024.