Beijo ardente – Overdose (1984)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
U-Matic, cor, 70 min

Direção: Flávia Moraes, Hélio Alvarez.
Companhia produtora: Olho Mágico Produções Artísticas

Primeira exibição: Porto Alegre (RS), Auditório do Goethe-Institut Porto Alegre, 20 maio 1984, dom, 10h (para equipe e convidados)

 

Envolvida com publicidade desde os 14 anos quando faz um estágio por três meses como arte-finalista na MPM Propaganda, Flávia Moraes, mais adiante trabalha nas principais agências dos anos 80: Linxfilm, DPZ, Escala. Ela e Hélio Alvarez decidiram fazer alguma coisa que tivesse um pouco mais de pretensões artísticas; começaram a estudar o cinema silencioso pensando em fazer um filme com o menor número possível de palavras e com isso veio a ideia de uma história de terror, uma ficção de vampiros, com muitos clichês.
Dirigindo comerciais produzidos pela RBS Vídeo de Porto Alegre, Flávia Moraes armou uma parceria para utilizar profissionais e equipamentos da produtora. Com esse suporte profissional ela pode realizar este longa-metragem, cujas gravações aconteceram em fins-de-semana entre maio e agosto de 1983.
Como integrante do universo publicitário, em coerência, Beijo ardente – Overdose é repleto de merchandising a começar pelo plano que abre o filme depois da animação-prólogo: o neon luminoso do supermercado Dosul. A cena seguinte abre com outro neon, da loja Ughini, e assim por diante.
Trata-se da história de um vampiro que, entediado, não suporta mais a monotonia da vida eterna. Seu sossego é quebrado por uma arquiteta que quer fazer de sua casa – a Usina do Gasômetro – um centro cultural e – suprema decadência – transforma-o num vampiro apaixonado. A necessidade de sangue fresco e os consequentes assassinatos chamam a atenção de um fotógrafo e um desenhista, que pretendem descobrir tudo de estranho que acontece no Gasômetro.
O nome da personagem Dina Lombardi, claro, é uma paródia ao nome da arquiteta Lina Bo Bardi.
Luiz Henrique Fonseca envolveu-se intensamente com a produção de Beijo ardente. Ao mesmo tempo em que trabalhava na RBS Vídeo e no filme cursava o último semestre de Publicidade e Propaganda na PUCRS. Ele precisava escrever uma monografia e acabou por escolher como tema a experiência do 'Vampiro', que era como todos chamavam o projeto. Esta monografia é rica em detalhes de produção e reúne roteiro, storyboard, documentação diversa. Luiz Henrique mais tarde vai para o Rio de Janeiro onde trabalha em dezenas de filmes como assistente de direção e diretor de produção. Luiz Henrique Miranda Vieira da Fonseca (Rio Grande, RS, 10 maio 1961. RJ, 25 dez 2021).

Sinopse


Na Usina do Gasômetro, onde mora, o Vampiro assiste na TV uma reportagem com a arquiteta Dina Lombardi. Ela fala da importância de preservar a Usina num momento que Porto Alegre está perdendo seus espaços culturais.
Uma prostituta é mordida pelo Vampiro. No dia seguinte, o corpo está no Cais do Porto cercado por policiais e o fotógrafo Rivadávia Nunes. Ao revelar as fotos, ele percebe que o corpo desapareceu e mostra para o amigo desenhista Coca que se interessa pelo caso.
Em cemitério, os dois desenterram o caixão da prostituta e está vazio.
No Bar Ocidente, Coca suspeita que pode ser um vampiro. Na outra mesa estão Dina e amigos; ela fala em transformar a Usina em centro cultural, conta do sonho angustiante, ela de Colombina dançando com um Pierrot mascarado.
Uma rajneesh sai do Ocidente e é perseguida pelo Vampiro mas ela afasta-o quando mostra o medalhão com a foto do guru. O Vampiro vai para o Ocidente e troca olhares com Dina.
Coca marca um encontro com Dina na Usina: como os crimes acontecem nas imediações, ele acha que o assassino se esconde ali.
Festa de aniversário do Vampiro com extravagantes convidados.
Na Catedral Metropolitana Seu Jair enche uma seringa com água benta.
Depois de fumar um baseado no terraço da Usina, Dina deixa cair as chaves do carro que são devolvidas a ela pelo Vampiro. Os dois vão até um trailer de lanches [Torta de Panela] onde ela fala sem parar. Por fim, ele morde o pescoço de Dina.
Coca vê o Vampiro chegando de manhã na Usina.
Vampiro injeta água benta no braço. O Diabo dá um sermão no Vampiro.
No Aeroporto Internacional Salgado Filho, Seu Jair embarca com o caixão do Vampiro, mas quem está dentro é Dina.
Capa do jornal Zero Hora: "Circunstâncias estranhas envolvem a Usina do Gasômetro. Arquiteta Dina Lombardi continua desaparecida".
No interior do avião, Coca está a bordo.

Ficha técnica


ELENCO
Andrea L'Abbate (Vampiro), Antonio Carlos Falcão (Seu Jair / Mordomo),
Pilly Calvin (arquiteta Dina Lombardi), Oscar Simch (fotógrafo Rivadávia Nunes),
Careca da Silva (desenhista Coca), Claudia Meneghetti (Prostituta).
Participação especial: Eduardo Tornaghi (Bêbado no Bar Ocidente), João Bourbonnais (Pierre).
Atores convidados:
Fonso Braz (no cemitério), Bira Valdez (Apresentador Jornal do Jantar), Cuca Castilhos (Assistente de Dina), Danny Gris (Delegado Braga),
Edu Madruga (na Catedral), Flavia Aguiar, Gaspar Martins (Arquiteto), Hamilton Mosmann (de barba, na festa de aniversário),
Haydée Porto (Repórter), Heloisa Paz, Isis Medeiros (na festa de aniversário), Jaime Carvalho,
Jesus Iglesias, João Antonio Cirne, João Pedro Gil, José Baldissera (Secretário de Segurança Pública Dr. Abobrinha),
Júlio Conte (Dinamitador), Luiz Fernando Sayão (na festa de aniversário), Maria de Lourdes Meneghetti (na procissão), Marco Sorio (Marquito, no Bar Ocidente),
Marga Ferreira (Prostituta), Marilia Rossi (na festa de aniversário), Marta Biavaschi (Rajneesh), Mary Mezzari (Prostituta),
Nora Prado (na festa de aniversário), Orlando Nascimento, Paulo Vicente Lima (Travesti), Sérgio 'Caveira' Silva,
Silvia Guerra (Prostituta), Valnei Costa, Vera Lucia Bertoni, Vera Souza, Zeca Kiechaloski (na festa de aniversário).
Grupo Cem Modos [Luiz Ferré, Pedro Girardello, Beto Dornelles] (Sr. Coisa & Diabo).
Voz: Sepeh de los Santos (Diabo).
Figuração (não creditados): Flávia Moraes (no avião, ao lado de Careca da Silva), Luiz Henrique Fonseca (cliente das prostitutas / Repórter no Palácio Piratini), Saturnino Rocha (no cais do porto), João Knijnik (no avião) entre outros membros da equipe.

DIREÇÃO
Direção geral: Flávia Moraes.
Direção: Hélio Alvarez, Flávia Moraes.
Diretor auxiliar: Saturnino Rocha.
Assistência de direção: Marta Almeida, João Knijnik.
Consultoria: Norton Faria.

ROTEIRO
Roteiro (não creditados): Flávia Moraes, Hélio Alvarez.
Diálogos: Telmo Ramos.
Texto Diabo: Toninho Neto.

PRODUÇÃO
Direção de produção: Mari Gindri.
Gerência de produção: Cristina Pillar.
Equipe de produção: Mazinho Botelho, Ana Fonte, Daisy Luchese, Tati Castilhos.
Planilha: Silvana Amorim.
Merchandising: Augusta Medeiros, Roberto Pintaúde.

EQUIPE RBS Vídeo
Gerência: Joubert da Silva.
Coordenação da equipe técnica: Luiz Henrique Fonseca.
Coordenação de operações: Marilene Canabarro.

FOTOGRAFIA
Operação de câmera: Sadil Breda, Jorge Henrique Boca, Beto Tormes.
Luz: Airton Garcia, Marcos Villa Nova.

Eletricista: Enio Cardoso.

Fotografia de cena: Zé Lopes.

ARTE
Cenografia: Fiapo Barth.

Desenhos: Juska, Álvaro.

Figurino e maquiagem: Fernando Zimpeck.
Assistência de figurino e maquiagem: Geno Riva.

SOM
Operação de VT e microfone: João de Maman.

MÚSICA
Músicas (ordem de inserção):
• "Asas longas" (música: Carlos A. G. Martau, André L. V. Gomes, Paulo S. da Silva, Alexandre da C. Fonseca) instrumental por Cheiro de Vida: Carlos Martau, Paulo Supekóvia, André Gomes, Alexandre Fonseca [animação de abertura] [LP: Cheiro de vida. 1984; faixa A2]
• "L'Oiseau magique" ["L'Uccello magico"] (música: Nino Rota) instrumental por orquestra dirigida por Carlo Savina [LP, edição francesa: Bande originale du film Le Casanova de Federico Fellini. 1977, faixa A2; filme Il Casanova di Federico Fellini e edição italiana do LP são de 1976.]
• "Quero você" (Carlos Santos, Martins) por Carlos Santos
• "Variations" (Andrew Lloyd Weber)
• "Watching we watching you" (música, letra: Ian Anderson) por Jethro Tull [trecho instrumental inicial no Jornal do Jantar] [LP: Jethro Tull. The Broadsword and the beast. 1982; faixa B3]
Não creditada: "Mania de você" (Roberto de Carvalho, Rita Lee) por Rita Lee [comercial Atlântida FM]
• "A Vida tem dessas coisas" (Ritchie, Bernardo Vilhena) por Ritchie [em programa de auditório na TV] [LP: Ritchie. Voo de coração, 1983; faixa A2]
• "Le Duc de Wuttemberg" ["Il Duca di Wuttenberg"] (música: Nino Rota) instrumental por orquestra dirigida por Carlo Savina [LP, edição francesa: Bande originale du film Le Casanova de Federico Fellini. 1977, faixa B5; filme Il Casanova di Federico Fellini e edição italiana do LP são de 1976.]
• "La Valse" (música: Maurice Ravel) por New York Philarmonic
• "Behind my camel" (música, letra: Andy Summers) por The Police: Sting, Andy Summers, Stewart Copeland [LP: The Police. Zenyatta Mondatta. 1980; faixa B2]
• "Laboratório" (música: Ayres Potthoff) instrumental
• "Cocaine" (música, letra: J. J. Cale) por Eric Clapton
• "Passo da lua" (música: Marco Antônio Guimarães) instrumental por Uakti [LP: Uakti. Uakti II. 1982; faixa B2]
• "Generale!" (Pagani, Mussida, Premoli) por Premiatta Forneria Marconi
• "Alquimia" (Dequech, Assumpção, Silva, Senise) por Alquimia
• "Walking the dog" (R. Thomas) por Rick Derrigan
• "Tour de France" (Hutter, Schneider, Bartos, Schimitt) por Kraftwerk
• "Discovery of indian" (Ravi Shankar) por George Finton
• "Pra te buscar" (Leo Ferlauto, Antonio Carlos Falcão) por Leo Ferlauto
• "Cashaça" (Jay Beckenstein) por Spiro Gira
• "Sursolide suíte" (Lelo Nazario)
• "Au lait" (música: Pat Metheny, Lyle Mays) instrumental por Pat Metheny Group: Pat Metheny, Lyle Mays, Steve Rodby, Dan Gottlieb; special guest: Naná Vasconcelos [LP: Pat Metheny Group. Offramp. 1982; faixa A3]
• "CYP" (Roscoe Mitchel) por Art Ensemble Chicago
• "Sinfonia" (Penderecki)
• "Marimba d'Angelim" (música: Marco Amtônio Guimarães) instrumental por Uakti [LP: Uakti. Uakti II. 1982; faixa B4]
• "Zarah" (Jary, Balz, Hagen) por Nina Hagen
• "The Fall of the house of Usher" por Alan Parsons
• "Blood Money" (Myles Gooldwin) por Power Paly, Aril Wine
• "Six gnossienes" (música: Erik Satie) instrumental
• "Dolmen music – Overture and men's conclave" (Meredith Monk) por Meredith Monk [LP: Meredith Monk. Dolmen music. 1981; faixa Ba]
• "Pra viajar no cosmos não precisa gasolina" (Nei Lisboa, Augusto Licks) por Nei Lisboa
• "Memória da água" – Fernando Falcão
• "The Jellicle ball" (música: Andrew Lloyd Weber, based on 'Old Possum's book of practical cats' by T. S. Eliot) [créditos finais] [2xLP: Andrew Lloyd Webber. Cats, 1981; faixa B3, from Act One "When cats are maddened by the midnight dance"]

ARQUIVO
Programa de TV: Ritchie, cantando "A Vida tem dessas coisas".
Citações:
Quadro de Milton Kurtz, no quarto de Dina Lombardi.

FINALIZAÇÃO
Edição: Aldo Bernardes, Henrique Tartarotti, Jorge Clips, Voltaire Cabelleira.

Abertura [animação]: Ricardo Carvalho, Tarso Riccordi, Ayres Potthoff.

Som e efeitos: Carlos Couto.
Assistência de pós-produção: Roberto Kodama, Cristina Faraon, Carlos Henrique.
Titulador: Ricardo Malheiros.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Os cosméticos utilizados na maquiagem foram gentilmente cedidos por Disul.
Este trabalho foi gravado e editado com equipamento cedido pela RBS Vídeo (Porto Alegre).
Estúdios de som: Plug (Porto Alegre); Artecsom (Porto Alegre).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Olho Mágico Produções Artísticas (Porto Alegre).
Apoio (cf. programa): Nova Forma; Gang – A loja que te entende.

AGRADECIMENTOS
Nossos agradecimentos aos figurantes das sequências: Cais do Porto, supermercado, Bar Ocidente, procissão, avião.
Agradecimentos: Aeroporto Internacional Salgado Filho, Brigada Militar, Cemitério da Santa Casa, CEEE, Corpo de Bombeiros, DEPREC, Grupo Museu do Trabalho, Girassol Vídeo Clube, ISAEC, Vídeo Clube do Brasil, Zero Hora.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre, em lugares como: Supermercado Dosul (Av. Protásio Alves esquina R. São Vicente); Torta de Panela;
Período: entre 21 maio e 21 agosto de 1983, em seis fins-de-semana e dois dias durante a semana; no material consultado falta um folha que informaria o cronograma de um fim-de-semana entre junho ou julho; um pedido de locação solicita 9 jul, que pode ser o fim-de-semana.
Cronograma de filmagens:
21, 22, 25 maio, sab, dom, qua: R. Ramiro Barcellos, 851: quarto e laboratório do Fotógrafo, quarto da Arquiteta, delegacia, estúdio do Desenhista, Jornal do Jantar.
4 jun, sab: Cais do Porto; Usina do Gasômetro.
5 jun, dom: Palácio Piratini; Catedral Metropolitana (procissão); Praça Osvaldo Cruz (R. Voluntários da Pátria).
9 jul, sab: Usina do Gasômetro.
10 jul, dom: ??
30 jul, sab: ??
31 jul, dom: Cemitério da Santa Casa; Bar Ocidente.
6, 7 ago, sab, dom: Usina do Gasômetro.
9 ago, ter: Aeroporto Internacional Salgado Filho.
20 ago, sab: Estúdio H da TV Gaúcha; Catedral Metropolitana; Usina do Gasômetro.
21 ago, dom: Usina do Gasômetro; Av. Perimetral; R. João Telles (perseguição à Rajneesh).

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:09:38
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela: 1.33
Formato de captação: U-Matic
Formato de exibição: U-Matic / VHS

DIVULGAÇÃO
Programação visual: Fiapo Barth.
Assessoria de imprensa: Mary Mezzari.
Divulgação: Alice Urbim, Ligia Walper, Mary Mezzari.
Programa: 1 folha, 2 dobras, 6p., distribuído nas sessões. Impressão: Metamorfose – Fotolitografia Ltda..

PREMIAÇÃO
• 1º Festival Internacional de Cinema, TV e Vídeo do Rio de Janeiro-Categoria TV e vídeo 1984: prêmio especial do júri.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: Livre.
VHS: Distribuição: Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia-Secretaria Municipal da Cultura-Prefeitura de Porto Alegre, [2002], Coleção Cinemateca RS, [v.3]. Edição em VHS dedicada "à memória de Andrea L'Abbate, Fernando Zimpeck e Guto Pereira". O lançamento ocorreu na Sala P. F. Gastal, em 13 dez 2002, sex, 21h

OBSERVAÇÕES
Complementação aos créditos: Programa.
CF: // Todas as pessoas que participaram deste trabalho desejam que a Usina do Gasômetro seja realmente transformada em centro cultural comunitário. // Porto Alegre, 1983 //
// Todos os direitos reservados à Vídeo Papão Produções Artísticas. //
Equipes de fotografia e de finalização: funcionários da RBS Vídeo.
Os nomes dos personagens não estão creditados e foram identificados por esta pesquisa.

Grafias alternativas: Afonso Braz | Hamilton Mossmann | Gno Riva | Marguinha | Jorge Henrique(cf. créditos e programa) | Aires Potthoff | Dani Griss | Maria de L. Meneghetti | Sepe T. de los Santos | Meredith Monks (créditos) | Zeca Kiechalosky | Dani Gris | Saturno Rocha (programa) | Mazinho Pereira (créditos) e Mazinho Botelho (programa)

BIBLIOGRAFIA
VIEIRA DA FONSECA, Luiz Henrique Miranda. Beijo ardente – Overdose: a contribuição da propaganda na realização de um vídeo-tape independente. Porto Alegre: PUCRS-FAMECOS Faculdade dos Meios de Comunicação Social-Curso de Publicidade e Propaganda, nov 1983. [cópia única, original de Luiz Henrique 'Lico' enviada para G. Póvoas pelo correio, do Rio de Janeiro, em 2020]

Cinema gaúcho – Anos 80. Porto Alegre: APTC-RS Associação Profissional dos Técnicos Cinematográficos do Estado do Rio Grande do Sul, 1985. 34p. il.

Noticiário:
Produção local – O ardente beijo do vampiro gaúcho. Zero Hora, Porto Alegre, 11 jun 1983, Guia, p.central.
SILVA, Roberto. Vampiro gaúcho. Jornal Tchê, Porto Alegre, jun-jul 1983, p.9, n.26. [nota]
Últimos dias de Beijo ardente. Zero Hora, Porto Alegre, 24 nov 1984.
SANTOS, Francisco Alves dos. Overdose, beijo ardente. Correio de Notícias, Curitiba, 8 nov 1985, p.20, ano V, n.1.315.

Exibições


• Porto Alegre (RS), Auditório do Goethe-Institut Porto Alegre, 20 maio 1984, dom, 10h (para equipe e convidados)

• Rio de Janeiro (RJ), II Vídeo-Rio [15-21 out], Centro Cultural Candido Mendes, out 1984

• Rio de Janeiro (RJ), 1º Festival Internacional de Cinema, TV e Vídeo do Rio de Janeiro [18-27 nov]-Mostra Competitiva de TV e Vídeo-Ficção, subsolo do Centro de Convenções do Hotel Nacional, 22 nov 1984, qui, 18h

• Porto Alegre (RS), Círculo Social Israelita (R. João Telles, 508) [no local, exposição de fotografias de cena de Zé Lopes],
24, 25 nov 1984, sab, dom, 21h [últimos dias da segunda temporada]

• Porto Alegre (RS), Retrospectiva cinema gaúcho [16 set-6 out], Cinemateca Paulo Amorim-[Sala Paulo Amorim], 6 out 1985, dom, 15h, 17h (+ Vasco Prado, 70 anos + Depois chegou o terror)

• Curitiba (PR), Cinemateca-Museu Guido Viaro, 12-17 nov 1985, ter-dom, 20h30

• Rio de Janeiro (RJ), Candido Mendes Sala de Vídeo (R. Joana Angélica, 63, Ipanema), 25-31 ago 1986, seg-dom, 14h, 16h, 18h, 20h, 22h

• Porto Alegre (RS), O cinema e a cidade – 250 anos de Porto Alegre [24-27 mar], Cinemateca Capitólio, 24 mar 2022, qui, 19h30

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Beijo ardente – Overdose. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/231/beijo-ardente-overdose. Acesso em: 18 de maio de 2024.