Heimweh / Nostalgia (1990)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
16 mm, cor-pb, 91 min

Direção: Sérgio Silva, Tuio Becker.
Companhia produtora: Filmes do Guaíba; PEM Produções Artísticas Ltda.

Primeira exibição: Gramado (RS), 18º Festival do Cinema Brasileiro de Gramado [30 jul-4 ago]-Fora de concurso, Hotel Serrano, 3 ago 1990, sex, 17h

 

Heimweh / Nostalgia acompanha a saga de Heinrich, um imigrante alemão que deixa a terra natal, com os parentes, para morar no Brasil – por volta do ano 1900. A fim de ajudar na colonização do Rio Grande do Sul, Heinrich trabalha na terra, mas também se vale da condição de homem letrado para dar aulas. Com o passar do tempo, ele também se envolve em atividades de cunho cultural, como a encenação de peças famosas, como Intriga e amor, de Friedrich Schiller (1759-1805) e Egmont, de Goethe (1749-1832). Ao mesmo tempo em que conhece mulheres e vai formando a sua própria família, Heinrich enfrenta a agressividade de setores da sociedade, que passam a hostilizar os alemães a partir da participação germânica na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) – com apoio do Estado Novo de Getúlio Vargas (1882-1954). O depoimento do protagonista é acompanhado em detalhes pelo neto. Nova Petrópolis, Viamão, São Leopoldo e Porto Alegre foram cenários. Em alemão, a palavra Heimweh representa a saudade que alguém sente de sua casa, quando está longe dela. Os diretores já vinham de uma sólida carreira na produção de curtas, mas aqui assinaram o seu primeiro longa. Silva ainda faria mais três, enquanto Becker se dedicaria à crítica de cinema, sendo este seu último trabalho atrás das câmeras. Também é o único longa do premiado diretor de fotografia Norberto Lubisco (1947-1993), que faleceria precocemente, aos 46 anos, de ataque cardíaco. Após este filme, a produção local de longas seria interrompida por cinco anos, por falta de apoio público.

 

Sinopse


Em 1900, o jovem Heinrich deixa a Alemanha como imigrante, seguindo os passos de seus parentes que vieram para o Brasil. Aqui chegando, sem falar o português, ele é assentado numa comunidade rural do Rio Grande do Sul. Com o passar do tempo, ele vai se adaptando aos poucos à nova condição de vida. Como é um homem letrado, começa a dar aulas de alemão para as crianças, a pedido de outros imigrantes. Pela manhã, Heinrich trabalha na terra; à tarde leciona numa escola improvisada; à noite, à luz do lampião, ele lê seus livros preferidos ou escreve cartas aos pais, que ficaram na Alemanha. Há necessidade de constituir sua própria família e acontece o seu primeiro casamento, com Helga, que lhe dá dois meninos. Logo, a mudança para um núcleo urbano, onde Heinrich vai lecionar língua e literatura alemã numa escola grande. Em 1909, surge a oportunidade e ele encena com um grupo amador a peça Kabale und Liebe (Intriga e amor), de Friedrich Schiller. Helga, que espera o terceiro filho, sofre um aborto e morre, enquanto na Europa se inicia a I Grande Guerra. No começo dos anos vinte vem o segundo casamento, com a jovem Anna Gisela, que lhe dá uma filha. Os anos correm: acontece o Estado Novo no Brasil e a II Guerra Mundial, mas Heinrich ainda segue voltado às realizações culturais. Em 1942, tenta montar a peça teatral Egmont, de Goethe, porém, o decreto de Getúlio Vargas proíbe a língua alemã no país e as atividades germânicas. Os censores do Estado Novo interditam a peça; iniciam-se as demonstrações antigermânicas: casas comerciais alemãs, clubes e o Consulado do III Reich são depredados e incendiados. Heinrich vai morar com a filha o seu genro, vendo os netos crescerem, cuidando do jardim, relendo velhos livros à sombra das bananeiras. Sua vida, seus sucessos, seus fracassos são lembrados, na companhia do neto, algumas horas antes do almoço do dia 31 de março de 1964.

Ficha técnica


ELENCO
Rômulo Viero (Heinrich jovem / primo Kurt), Sérgio Kuplich (Heinrich velho),
Ida Celina (Helga Weigel), Simone Castiel (Anna Gisela), Miriam Tessler (Olga),
André Esteves de Carvalho (Neto), Cláudia Buchweitz, Eloina (Mãe de Helga), Fatimarlei Lunardelli, Izmália,
Emmanuel Cavalheiro Moreira, Rodrigo Lopes, Mirna Spritzer (Empregada), Karen Kranzler, Paulo Vicente,
Antonio Augusto Fagundes (Delegado), Cyro Martins Filho, Arlete Cunha (Empregada), Sandra Dani (Madame do bordel), Nora Prado (Jovem prostituta).
Atores convidados:
Araci Esteves, Luiz Paulo Vasconcellos, Antonio Jesus Pfeil, Antonio Oliveira, Davide Quintans, Bira Valdez,
Beto Ruas, Haydée Porto, Arines Ibias, Carlos Cunha Filho, Antonio Carlos Brunet, Izabel Ibias,
Irene Brietzke, Denize Barella, Maria Inês Falcão, Luiz Arthur Nunes, Sérgio Mantovani, Ivo Egon Stigger,
Carmen Silva, Ivo Bender.
Na Alemanha: Stanley do Amaral, Jefferson Gomes, Marcio da Silveira, Sandro dos Santos, Victor de Mello, Júlio César Ferreira, Vitor Knijnik, Sérgio Rosa, Carla D'Ávila de Assumpção, Norton Cardia Simões, Celeste Silva, Hernani Leherer, Julia Machado, Rita Sarmento, Ruth Weirich, Miriam Moller, Mauro Rotenberg, Eduardo Richter, Otávio Araújo, Eduardo Friedrich, Sérgio Silva, Verena Dacordi.
No porto de Rio Grande: Samuara Tabasnik, Wanderley Ponzi, José Farias, Sandra Ponzi Pereira, Paulo Pereira, Marcelo Pedone, Walter Burgueño, Claudio Burgueño, Maria Stadnik, Terezinha Farias, Lucia Burgueño, Clóvis Veronese, Paula Valdez, Carolina Scheibe, Roger Lerina.
No interior gaúcho: Seu Cantalício, Tuio Becker, Erica Hoffmann, Mariana da Costa, Bruna da Cunha, Élvio Borges, Gláuber de Freitas, Gustavo Issler, Cristina Michael, Cristiano Estrazulas, Isadora Estrazulas, Julia Fiorese Reis, Alice Machado Behs.
Na cidade: Eron Duarte Fagundes, Ivan Vieira, Denise Farias, Antonio Pérsio, Jacqueline de Lima, Rose Ribeiro, Gabriel Petrone, Roberto dos Santos, Gisele Mazzei, Priscila Mazzei, Tadzio Amantino, Penélope Pascal, Ariadne Amantino, Malvina Rosa, Viviane Domingues, Eduardo Wolff, Flávia Pinto, Aline Wolff, Alexandre Canfielt, Vivian de Souza, Lizandra Amantino, Emma Valandro Aragão, Miriam Amaral, Liane Krebs, Alci Alves da Rosa, Franciscarlo, Sérgio Paiva, César Abreu, Marcos Vaz, Pablo, Alexandre Textor, Glauco Dreyer, Nadia Yacoub, Marcelo Fagundes, Tatiana Figueiredo, Giselle Cechini, Flávio Rocha, Felipe Teixeira, Célio Trigo, Família Marçal, Claudia Dreyer, Neri Quevedo, Edelma Gomez, Caco Zanchi, Marcos Freitas, Delorgel Kaiser, César Knijnik, Poti Campos, Sidney Schames, Élbio da Silva, Lauro Rutkowski, Ida Stigger, Veronica Stigger, Helena Stigger, Cristina Lubisco, Ricardo Lubisco, Letícia Lubisco, Ivonete Pinto, Paulo Rossatto, Alexandre Dornelles, Tania Pelliver, Orlando de Lima, Celéia Machado, Eulália Queiroz, Dina Xavier, Lisiane Rodrigues, Max Lacher, Marlei Teixeira, Marco Antonio Bezerra Campos, Tilda Mello.
Vozes (textos teatrais ditos por): Karen Kranzler, Ruth Weirich.
Narração: Michael Motejat.

DIREÇÃO
Direção: Sérgio Silva, Tuio Becker.
Assistência de direção: Rodrigo Lopes.

ROTEIRO
Roteiro: Sérgio Silva, Tuio Becker.
Texto: Olga Weinheber.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Wanderley Ponzi, Rodrigo Lopes, Roger Lerina, Claudia Dreyer, Nádia Yacoub.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Norberto Lubisco.
Eletricista chefe: Neri Quevedo.
Claquete: Norton Cardia Simões.

Fotografia de cena: Vitor Knijnik.

ARTE
Cenários e figurino: Sérgio Silva.
Maquiagem e penteados: Claudia Dreyer.

MÚSICA
Músicas (ordem de inserção, não creditadas):
• "??"
• "Heimweh" (Dieter Rasch, Ernst Bader, Frank Miller, Richard Dehr, Terry Gilkyson) por Freddy Quinn
• "Vier letzte Lieder. IV. Im Abendrot" (música: Richard Strauss, texto: Joseph von Eichendorff) por Jessye Norman (soprano), Gewandhausorchester Leipzig, dirigent: Kurt Masur
• "Wiegenlied. Op. 41, No. 1" (música: Richard Strauss, texto: Richard Dehmel) por Jessye Norman (soprano), Gewandhausorchester Leipzig, dirigent: Kurt Masur
• "??"
• "Maritana: Scenes that are brightest" (William Vincent Wallace) por Rosa Ponselle
• "Zueignung. Op. 10, No. 1" (música: Richard Strauss, texto: Hermann von Gilm) por Jessye Norman (soprano), Gewandhausorchester Leipzig, dirigent: Kurt Masur
• "Fantasia concertante for orchestra of violoncellos. III. Allegretto scherzando – Allegro finale" [W 549] (Heitor Villa-Lobos) por The Violoncello Society, dirigent: Heitor Villa-Lobos
• "Vier letzte Lieder. III. Beim Schlafengehen" (música: Richard Strauss, texto: Hermann Hesse) por Jessye Norman (soprano), Gewandhausorchester Leipzig, dirigent: Kurt Masur
• "??"
• "??"
• "Morgen. Op. 27, No. 4" (música: Richard Strauss, texto: John Henry Mackay) por Jessye Norman (soprano), Gewandhausorchester Leipzig, dirigent: Kurt Masur
• "Fantasia concertante for orchestra of violoncellos. III. Allegretto scherzando – Allegro finale" [reprise]
• "??"
• "Fantasia concertante for orchestra of violoncellos. III. Allegretto scherzando – Allegro finale" [reprise]
• "Fantasia concertante for orchestra of violoncellos. II. Lento" por The Violoncello Society, dirigent: Heitor Villa-Lobos
• "Frühling am Tegernsee" (Thomas Wendlinger) por Helga Reichel e Hans Kollmannsberger & die Loisachtaler Musikanten
• "Fantasia concertante for orchestra of violoncelos. II. Lento" [reprise]
• "Vier letzte Lieder. IV. Im Abendrot" [reprise]
• "??"
• "Haitauer Plattler" (Volksweise) por Das Alpenland-Duo, Die Chiemgauer Blasmusik; Heini Frei mit sinen Musik
• "Rock around the clock" (James E. Myers aka Jimmy De Knight, Ray Freedman) por Bill Haley
• "??"
• "??"
• "Vier letzte Lieder. IV. Im Abendrot" [reprise]
• "Carmina Burana. II. In taberna: In taberna quando sumus" (Carl Orff) por Chor und Orchester der Deutschen Oper Berlin, dirigent: Eugen Jochum
• "Heimweh" [reprise]

FINALIZAÇÃO
Montagem: Tuio Becker.

Técnicos de som: Marco A. Fontella, Aguinaldo Paz.
Mixagem: Roberto Leite.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Negativo de imagem: Kodak 7292.
Laboratório de imagem: Curt-Alex (São Paulo).
Estúdio de som: Versus Comunicações (Porto Alegre).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Filmes do Guaíba (Porto Alegre); PEM Produções Artísticas Ltda. (Porto Alegre).
Financiamento (BR): Fundação do Cinema Brasileiro.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: Colégio Militar de Porto Alegre, Alpheu Ney Godinho, Antonio Carlos Textor, Antonio Miranda, Mariangela Grando, Centro de Antiquários de Porto Alegre, CODEC, Sociedade Ginástica Porto Alegre, Brasilmar, DEPREC, Museu de Porto Alegre, Alexandre Baumgarten, Colégio Estadual Ernesto Dornelles, Irlei Machado, Departamento de Arte Dramática da UFRGS, Sociedade de Canto Fazenda São Borja, Instituto de Artes da UFRGS, Casa de Cultura Mario Quintana, Caco Zanchi, Núcleo de Animação RS.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre, em lugares como: Colégio Militar; Nova Petrópolis; Viamão; São Leopoldo.
Período: nos fins de semana, 8 de janeiro a meados de março de 1988.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 91 min [vimeo: 86 min]
Metragem:
Número de rolos:
Som:
Imagem: pb-cor
Proporção de tela:
Formato de captação: 16 mm
Formatos de exibição: 16 mm
Idioma: Diálogos em português e em alemão com legendas em português.

DIVULGAÇÃO
Cartaz: 50 x 23 cm. Exemplar na Cinemateca Brasileira. Exemplar com F. Lunardelli.
Release: Folha-ofício datilografada, com ficha técnica e sinopse.

PREMIAÇÃO
• 23º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro 1990: prêmio especial do júri.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:

OBSERVAÇÕES
A ideia surge a partir de um artigo no jornal Gazeta do Sul, Santa Cruz, abril de 1987, que contava da encenação de Intriga e amor, de Friedrich Schiller, por um grupo amador de Santa Cruz, em 1909, com quatro horas de duração, falada em alemão.
Nos créditos, as funções estão grafadas em português e alemão.
Cf. créditos, sem citar as músicas: // Richard Strauss, Carl Orff, Heitor Villa-Lobos e tradicionais. //
Em preto e branco até a chegada da Alemanha.
Finalização: dezembro de 1989.
Cartaz, releases e textos em periódicos pertencentes a F. Lunardelli, doados para o Portal do Cinema Gaúcho.
IECINE: cópia VHS.

Grafias alternativas: Carlos Cunha | Roger Ferreira [= Roger Lerina Ferreira] | Isabel Ibias | Izmalia Ibias | Karen Kanzler | Victor Knijnik | Ciro Martins Filho | David Quintans | Carmem Silva | Nádia Yakoub | Agnaldo Paz (cf. créditos). Marlei Teixeira aka Lelei Teixeira
Grafias alternativas (funções): Maquilagem

BIBLIOGRAFIA
Cinema gaúcho – Anos 80: um olhar sobre a década. Porto Alegre: Secretaria Municipal da Cultura, Associação Profissional dos Técnicos Cinematográficos do Estado do Rio Grande do Sul-APTC-ABD-RS, 1991. 28p. il. (com foto de Vitor Knijnik)
FAGUNDES, Eron Duarte. Heimweh / Nostalgia (1990) – Ambição intelectual na província. In: FEIX, Daniel; LUNARDELLI, Fatimarlei; PINTO, Ivonete; KANITZ, Mônica; VALLES, Rafael (org). 50 olhares da crítica sobre o cinema gaúcho. Porto Alegre: ACCIRS Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul, Opinião Produtora, Diadorim Editora, JBL Harman, Pró-cultura / Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul, 2022. 226p. il., p.73-76.

Noticiário:
PÓVOAS, Glênio; GARBIN, Luciane (foto). A louca aventura de um longa-metragem gaúcho – Tuio Becker e Sérgio Silva rodam Heimweh com pouco dinheiro e muito entusiasmo. Diário do Sul, Porto Alegre, 4 mar 1988, p.14.
NASCIMENTO, Hélio. Novo longa-metragem gaúcho. Jornal do Comércio, Porto Alegre, 11 mar 1988, Panorama, p.21.
Oitenta anos na vida de um personagem. Última Cena, Porto Alegre, mar 1988, p.3, n.21.

Heimweh: exibição especial em Gramado. POA Noite, Porto Alegre, ago 1990.
SILVA, Sérgio. O desafio de recriar uma histórica nostálgica. Correio do Povo, Porto Alegre, 9 set 1990, Variedades, p.17.
MARTIN, Hardy E.. Heimweh. Gazeta do Sul, Porto Alegre, 10 out 1990, p.2.
CAETANO, Maria do Rosário. Sérgio Silva: um causo e a nostalgia – O cineasta tem hoje Festa de casamento (curta) e Heimweh (16 mm) para mostrar a competência do sul fora da casa. Brasília, 13 out 1990.
MACHADO, Alvaro. Cinemateca exibe inéditos sobre emigração. Folha de S. Paulo, São Paulo, 13 nov 1990, Ilustrada.
Nostalgia na tela. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 nov 1990, Caderno 2.
LORENÇATO, Arnaldo. A imigração alemã, por dois gaúchos ousados. Jornal da Tarde, São Paulo, 20 nov 1990, Divirta-se, p.22.

Exibições


• Gramado (RS), 18º Festival do Cinema Brasileiro de Gramado [30 jul-4 ago]-Fora de concurso, Hotel Serrano, 3 ago 1990, sex, 17h

• Porto Alegre (RS), 8ª Mostra Internacional de Cinema [14-30 set], 14 set 1990, sex (+ Festa de casamento)

• Brasília (DF), 23º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro [10-16 out]-Mostra Competitiva 16 mm, Sala Alberto Nepomuceno, 13 out 1990, sab, 18h

• São Paulo (SP), Sala Cinemateca (R. Fradique Coutinho, 361), 20-26 nov 1990, ter-seg, 19h

• Montevideo (UY), 9º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay, Pocitos, 27 mar 1991, qua

• Porto Alegre (RS), Brasil em 16 mm [20-25 ago], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz, 21 ago 1991, qua, 14h30, 16h30, 18h30, 20h30 (+ Projeto Pulex, Tadao Miaqui)

• Porto Alegre (RS), Fotógrafos do cinema gaúcho, Sala Redenção, 13 ago 1995, dom

• Porto Alegre (RS), Maratona do cinema gaúcho – APTC 20 anos [1º-14 ago], Cine Santander Cultural, 4 ago 2005, qui, 19h

• Porto Alegre (RS), Mostra Histórias da imigração [29 jul-3 ago], Sala P. F. Gastal, 1º, 3 ago 2014, sex, dom, 19h (+ O Zeppelin passou por aqui, Sérgio Silva, 1993)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Heimweh / Nostalgia. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/301/heimweh-nostalgia. Acesso em: 22 de fevereiro de 2024.