Netto e o domador de cavalos (2008)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
HD, cor, 94 min

Direção: Tabajara Ruas.
Companhia produtora: Walper Ruas Produções; Severo Ruas Filmes; Set Cinema e Televisão; Quanta

Primeira exibição: Gramado (RS), 36º Festival de Cinema de Gramado [10-16 ago]-Mostra Competitiva Longa-metragem Brasileiro, Palácio dos Festivais, 12 ago 2008, ter, 21h

 

No outono de 1835, às vésperas do início da Revolução Farroupilha, o general Antonio de Souza Netto descobre que o índio Torres, um antigo amigo e parceiro de batalhas, está sendo mantido prisioneiro. O militar consegue arregimentar um exército de escravos negros rebelados para tentar libertá-lo. Netto também tentará salvar a vida de um menino preto escravizado por um cruel estancieiro, adentrando na mais conhecida lenda gaúcha – O Negrinho do Pastoreio. Ao contrário de outras adaptações cinematográficas dessa história, aqui não há a presença de elementos fantásticos, dada a não ressurreição do morto. A trama de Netto e o domador de cavalos consegue envolver diferentes gêneros e temáticas, como a vingança, o romance, o humor, a luta por liberdade, a tirania e a opressão contra os escravos afrodescendentes, tudo isso dentro do cenário histórico da cultura gaúcha no século XIX.

Segundo Tabajara Ruas, "a lenda é de uma crueldade bárbara. Ele (o Negrinho) é morto por perder uma corrida de cavalo. O filme conta essa história, porém sem a 'coisa mágica' da Nossa Senhora descendo para tirar as formigas do Negrinho e salvá-lo". A participação do general Netto nesta releitura da lenda só é possível devido ao intrincado enredo do filme, que começa apresentando outra história: a da libertação de um índio e antigo parceiro de Netto, que só acontece graças à ajuda dos negros quilombolas. Após a libertação, o índio (interpretado por Tarcísio Filho) procura retribuir a ajuda dos negros, entrando assim na história do Negrinho do Pastoreio.

Sem a possibilidade de explorar as histórias e os recursos visuais que uma guerra ofereceria, o filme recorre a uma trama complexa para formar seu enredo. Além do general Netto, do índio e do Negrinho do Pastoreio, Ruas cruza outros caminhos de personagens típicos da história gaúcha, como o estancieiro escravagista, o peão, os negros quilombolas, os soldados do império, entre outros. (LAMMEL, Iuri. Cesma exibe pré-estreia de Netto e o domador de cavalos. CentralSul Agência de Notícias, 9 out 2008.)

Sinopse


// Rio Grande do Sul 1835 //
Início da guerra dos farrapos. O general Antônio de Souza Netto descobre que Índio Torres, seu antigo parceiro de lutas, está preso. Para libertá-lo, Netto conta com a ajuda de escravos rebelados. No decorrer da história está Negrinho, um escravo que é castigado por ser o melhor ginete da fronteira. A luta pela república, pela libertação dos escravos e um painel sobre o século XIX conduzem o enredo.

 

Ficha técnica


ELENCO
Werner Schünemann (General Antônio de Souza Netto),
Tarcísio Filho (Índio Torres),
Nico Nicolaiewsky (Catarino),
Rogério Beretta (Henrique),
Marcos Barreto (Cabo),
Zé Adão Barbosa (Sargento),
Fernanda Carvalho Leite (Laura),
Denizeli Cardoso (Bonifácia),
Milton Mattos (Recabarren),
Júlio Conte (Barão),
Nelson Diniz (Jaguar),
Miguel Ramos (Capincho),
Zé Victor Castiel (Delegado),
Aurelino Costa (Secretário),
Renata de Lélis (Clara),
Ivette Brandalise (Avó),
Lu Adams (Baronesa),
Vera Lopes (Gabriela),
Álvaro RosaCosta (Álvaro de Cabinda),
Sirmar Antunes (Alufá de Gabu),
Clênia Teixeira (Governanta), Giovana De Figueiredo (Viúva), Dhirley Flores da Cunha (Amâncio),
Anderson Simões (Tomás), Marcelo de Paula (Caldeira), Apollónio Cipriano (Simões de Mobutu),
Laura Medina (Verônica), João França (Dr. Fagundes), Elias da Rosa (Homem das apostas),
Arines Ibias (Muçum), Márcia do Canto (Mulher do Homem das apostas), Antonio Czamanski (Homem no Rincão),
Fernando Zandonai (Peão do Dr. Fagundes), Guilherme Rodrigues (Menino Negro), Diogo Rodrigues (Menino Negro II), Eva Dias Fontoura (Escrava), Zé Gomes (Violinista), Claudio Veiga (Violonista).
Apresentando: Evandro Elias (Negrinho), Ian Ramil (André), Manuela D'Agostini (Manoela), Mislaine Oliveira (Maria).
Grupo de dança: Crixel Badia Rita, Luili Cristina Rocha, Luís Felipe Silveira, Pâmela Saldanha Corrêa, Sharleny Fernandes de Oliveira, Ariele Borges, DTG Mangrulho/Copesul

DIREÇÃO
Direção: Tabajara Ruas.
Assistência de direção: Mário Nascimento, Diego Müller, Gilca Maria Motta da Silveira, Marcelo Allgayer, Zeca Pires, Camila Esteves Faleiro, Ondjaki.
Continuidade: Marcelo Allgayer.
Preparação de elenco: Fernanda Carvalho Leite, Márcia do Canto.
Coreografia: Clóvis Rocha, Fernanda Carvalho Leite.
Instrução de lutas: Sérgio Queiroz.

ROTEIRO
Este filme nasceu de uma conversa com Luís Fernando Cirne Lima e José Antonio Severo.
Roteiro: Tabajara Ruas.

PRODUÇÃO
Produção: José Antonio Severo, Ligia Walper, Liliane Motta da Silveira, Tabajara Ruas.
Produção executiva: Ligia Walper.
Assistência de produção executiva: Bibiana Osório.
Direção de produção: Elias da Rosa.
Assistência de produção: Kiko Cunha, Ubiratan Galarça, Glauco Urbim, Pablo Müller.
Produção de elenco: Glaci Borges.
Assistência de produção de elenco: Cacá Joanello.
Produção de animais: Fernando Zandonai.
Assistência de produção de animais: Jorge Rodrigues, Edilene Siqueira dos Santos, Leoni Gonçalves de Moura.

Platô: Hamilton Mosmann, Pablo Müller.
Assistência de platô: Rodrigo Módena
Produção de set: Tiago Kraemer.
Alimentação: Her Soares.
Transporte: Dhirley Flores da Cunha, Hugo Guimarães, Marcondes Corrêia Mirapalheta.

BASE
Administração de produção: Helena Collares.
Assistência administrativo: Adriana Kohlrausch.
Secretaria de produção: Rafaela Dias.
Base de produção (Cassino): Lilian Figueiró Lubke, Luciano Ruas.
Auditoria: João Batista Borges Azevedo.
Assessoria contábil: Andrea Gravina Azevedo.
Assessoria jurídica: Marco Antônio Costa Souza.
Software sistema financeiro: Oliver Meewes.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Ivo Czamanski.
Operação de câmera: Ricardo Nunes, Eduardo Izquierdo.
Primeira assistência de câmera: Evandro José Fraga Neto, Bruno Amaral Granja.
Segunda assistência de câmera: Michael Anthony Fernandes Mello.
Operação de câmera de segunda unidade: Daniel Jeainechine, Alessandro Ditadi 'Alesi'.
Assistência de câmera de segunda unidade: Valter Castanho.
Operação de video assist: Tiago Riccordi.

Eletricista: Leonel Ruiz.
Primeira assistência de elétrica: Vanderlei Carvalho, José Carlos Soares.
Segunda assistência de elétrica: Fabiano Gonçalves.
Maquinista: Everton Juba Machado.
Primeira assistência de maquinaria: Adriano Silva.
Segunda assistência de maquinaria: Jorge Louzada.

Fotografia de cena: Dulce Helfer, Gerson Schirmer.

ARTE
Direção de arte: Liliane Motta da Silveira.
Assistência de arte: Samara Stepanenko, Rodrigo Módena, Leonardo Caldas Vargas, Beto Picasso, Marisa Piernes, Rosane Harter, Pedro Artur Germano da Silva.
Cenografia: Aderaldo de Camargo.
Assistência de cenografia: Carlos Branquinho, Fábio Carvalho, Paulo Renato Abreu, Adilson Edimar de Quadros, Edson Cardozo da Costa, José Moisés Machado, Ricardo Cardoso da Costa.
Contrarregragem: Carlos Rodrigues.

Efeitos especiais: Gerson Machado, Pedro Artur Germano da Silva, Adriano Silva, Dhirley Flores da Cunha.

Figurino: Tânia Oliveira.
Assistência de figurino: Paula Stroher, Jean Bernard, Luciano Maia, Fabiana Maciel, Marcia Bauer.
Camareira: Ana Graci Rodrigues, Iraci Borges.

Caracterização: Mário Campioli.
Maquiagem: Baby Marques.
Assistência de maquiagem: Valéria Rubira, Déby Marques, Rosana Antunes.
Cabelo: Michelle Nunes.

SOM
Som direto: Guilherme Algarve, Glauco Firpo.
Microfonista: Sanjai Cardoso, Fernando Dalmetto.
Gravação de violão e voz: Renato Alscher.

MÚSICA
Música: Vitor Ramil.
Pesquisa musical e arranjos: Álvaro RosaCosta, Vera Lopes.

Músicas:
• "Temas de Netto, Índio e Negrinho" (Vitor Ramil) por Vitor Ramil (violão, voz), Marcelo Andrés Moguilevsky (percussão), Ramon Santiago Vasquez Blinder (flauta)
• "Dança dos facões" + "Chimarrita balão" + "Queromana" (domínio público). Arranjos: Zé Gomes, Claudio Veiga
• "La Moura" (Claudio Veiga)
• "Milonga de Laura" (Zé Gomes, Claudio Veiga)
• "Tatu velho" + "Olhos brilhantes" (música: Nico Nicolaiewsky, letra: domínio público do folclore gaúcho)
• "Oração pelo Negrinho" (música: Vera Lopes, letra: domínio público do folclore gaúcho)

Vissongos de domínio público, retirados do livro O Negro e o garimpo em Minas Gerais, de Aires da Matta Machado Filho:
• "Gabando qualidades"
• "Cantiga de luta (Número 6)"
• "Cantiga de luta (Número 20)"
• "Queijando-se da vida (Cantiga de caminho número 61)"
• "Muriquinho (Cantiga de caminho número 62)"

FINALIZAÇÃO
Montagem: Ligia Walper.
Edição: Décio Corrêa, Marcelo Allgayer.
Assistência de edição: Rodrigo Ruas, Nero Orlandi.

Tape to tape HD: Marcelo Antunez.

Desenho de som: Cristiano Scherer.
Ruídos de sala: Guilherme Algarve, Fernando Dimenor.
Edição de efeitos: Tiago Bello.
Assistência de edição de som: Eduardo Friedrich.
Dublagens, ruídos e mixagem 5.1: Fernando Dimenor.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Estúdio de mixagem 5.1: Tec Áudio (Porto Alegre).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Walper Ruas Produções (Porto Alegre).
Coprodução: Severo Ruas Filmes; Set Cinema e Televisão.
Produção associada: Quanta.
Captação de recursos: através das seguintes leis:
Lei do Audiovisual Lei nº 8.685/93 / ANCINE Agência Nacional do Cinema / MinC Ministério da Cultura. Patrocínio: Companhia Brasileira de Petróleo Ipiranga; Furnas Centrais Elétricas S.A.; BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul; Marcopolo S.A.; Banrisul S.A. Corretora de Valores Mobiliários e Câmbio; Pilla Corretora de Valores Mobiliários e Câmbio; Móveis Carraro S.A.; Corretora Geral de Valores e Câmbio Ltda. 40 anos; Unifertil – Universal de Fertilizantes S.A. (Canoas); AgroImport do Brasil Ltda.; Bramoto Motocicletas Ltda.; Eny Comércio de Calçados Ltda.; Latina Distribuidora de Petróleo Ltda.; Banrisul Armazéns Gerais S.A.; Banrisul Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A.; Infraero-Aeroportos brasileiros.
LIC-RS Lei de Incentivo à Cultura Lei nº 10.846/96 / SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul. Patrocínio: COPESUL Companhia Petroquímica do Sul / Braskem – Petroquímica brasileira de classe mundial; Eletrobras Centrais Elétricas Brasileiras S.A.; Petroquímica Triunfo S.A.; Grupo CEEE.
Apoio: Prefeitura de Rio Grande; CEEE Rio Grande; Colégio Bom Conselho; Marinha e Exército do Brasil; Brigada Militar; Hotel Everest; Quanta.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: Sérgio Sparta, Eduardo e Cristiana Silveira, Carlos Fernando Torres, Marcelo Torres, Marcelo e Lucia Pagés, Ziul e Marta Gonçalves, Leonardo Salun, Ory e Gilka Silveira, Tamerteja Silveira, Sandro Boka, Regina Torres, Francisco Miguel Torres, Vinicius Pereira, Ciro Carlos Torres, José Carlos Torres, Maria Nelly Silveira, Nadir Salum, Luis Carlos Abreu, Rita Machado Silveira, Neli Manoela Silveira, Roberto Gonçalves, Maria da Graça Fonseca, Luis Felipe Gertum, Ricardo Gonçalves, Jaques Costa, Getúlio Vargas, Genuíno Ferreira, Maria Célia Ferreira de Araujo, Ana Carolina Kessler, Dorilia Silveira, Ronaldo Silveira, Vera Lucia da Silva, Professor Eugênio Hackbart, Tau Golin.
Brigada Militar do Rio Grande do Sul, 4º RPMon Regimento de Polícia Montada Regimento Bento Gonçalves.
Marinha do Brasil / comandante do 5ª Distrito Naval vice-almirante Luiz Umberto de Mendonça.
Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica, Colégio Bom Conselho, Fabio Lobanowsky, Martins Produções, Martha Hair, Thippos Hair, Terceiro Comando Regional de Bombeiros (Rio Grande), Estação Ecológica do Taim.
Rio Grande: Serrinha, Antônio Pádua, Vilmar 'Quebra Osso', Juvenal 'Loco', Jaques Costa, Mariana Pilchas, Fazenda Kalafate, Armando Corvo, G. G. Guimarães Antiguidades, Arc'Mania, Ramão Costa, Moita Antiguidades.
Porto Alegre: Antiquário Novo Belchior, Antiquário Galeão Espanhol, Velas Glimm, Brishopping Luci Comércio, Blumengarten Paisagismo.

FILMAGENS
Brasil / RS, em
Rio Grande e no Taim: Estância do Curtume, Campos do Albardão, Fazenda da Sotéia, Igreja da Capilha;
Porto Alegre, no Hospital Psiquiátrico São Pedro;
Gravataí, na Cabanha 33.
Período: verão de 2005-2006 (créditos finais) ou primavera de 2005 (cf. livro roteiro).

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 94 min
Som:
Imagem:
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO
Assessoria de imprensa: Ana Rita Sant'Anna Marini, Bibiana Osório.

PREMIAÇÃO
• 3º Festival da Lapa 2008: prêmio especial do júri.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato:

OBSERVAÇÕES
// Finalizado no outono de 2008 //
Quanta está creditada como produção associada e apoio. Foram mantidos,

Títulos alternativos: O General e o Negrinho (e um certo Índio Torres) | As Cartas do domador.
Grafias alternativas: Denizelli Cardoso (iniciais) e Denizeli Cardoso (finais) | Zé Victor Castiel (i) e Zé Vitor Castiel (f) | Elias Davi da Rosa (direção de produção) e Elias da Rosa (ator) | Antônio Czamanski (i) e Antônio Czamansky (f) | Álvaro Rosa Costa (i) e Álvaro Rosacosta (f) | Tiago Kraemer 'Muka' | Giovana Figueiredo | Ivo Czamanski (i) e Ivo Czamansky (f) | Alemão Gérson | Leonel Gomes 'Cebola' | Ivete Brandalise | Apolônio Vargas | Baby Marquez | Débora Marquez | Samara Stefanenko | Walter Castanho 'Buchecha' | Ewerton Cabral 'Juba' | Hamilton Mossmann | Bira Galarça | Tiago Belo | Fernando Zandonnay (elenco) e Fernando Zandonay (produção de animais) | Michele Nunes | Sanjai Cardoso 'Siri' | Carlos Fernandes Branquinho [sic, Carlos Franciscatti Branquinho] | Josué Carlos da Cunha 'Kiko' | Apema | Jorge Louzada 'Formiga' | Carlos Rodrigues 'Carlinhos' | Fabiana Maciel 'Fafá' | Andréa Gravina Kruel | Thiago Riccordi | Carol Joanelo
Grafias alternativas (funções): Fotografia still | Artista de ruído de sala | Técnico de som direto | Direção de platô | Assistência de elenco | Assistência de animais | Tape to tape, montagem em HD | Técnico de gravação de violão e voz (cf. créditos).

BIBLIOGRAFIA
RUAS, Tabajara. Netto e o domador de cavalos – Roteiro. Porto Alegre: Martins Livreiro Editora, 2016. 107p. Inclui: Notas sobre o Domador, por Ligia Walper. Críticas antes publicadas na imprensa de: Nei Duclós, Luiz Carlos Merten, Luiz Antônio de Assis Brasil, Walter Galvani. Ficha técnica. Fotografias.
Ver Bibliografias: Tabajara Ruas.

Crítica:
MERTEN, Luiz Carlos. Um clássico enfrenta a modernidade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 14 ago 2008.
DUCLÓS, Nei. Duelo em campo aberto. Blog Outubro, 19 ago 2008.
ASSIS BRASIL, Luiz Antônio de. Para conhecer o sul. Zero Hora, Porto Alegre, 13 set 2010.
GALVANI, Walter. A luz e a beleza do pampa. Correio do Povo, Porto Alegre, 13 out 2010.

Exibições


• Gramado (RS), 36º Festival de Cinema de Gramado [10-16 ago]-Mostra Competitiva Longa-metragem Brasileiro, Palácio dos Festivais, 12, 13 ago 2008, ter, 21h, qua, 10h

• Santa Maria (RS), Centro Cultural CESMA Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria (R. Professor Braga, 55), 8 out 2008, qua (pré-estreia, debate com diretor, Sirmar Antunes e Evando Elias)

• Lapa (PR), 3º Festival da Lapa [5-9 nov]-Competitiva Internacional de Filmes de Época, Praça Panteon dos Heróis, 7 nov 2008, sex, 20h45

• Porto Alegre (RS), Casa Record no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque Harmonia), 16 set 2009, qua, 19h (pré-estreia)

• Porto Alegre (RS), 6º Festival de Verão do RS de Cinema Internacional [11-18 mar], Cine Santander Cultural, 16 mar 2010, ter, 15h

• Bagé (RS), 6º Festival de Verão do RS de Cinema Internacional [11-18 mar], Cine 7 (Av. Sete de Setembro, 1.062), 12 mar 2010, sex, 21h

• Caxias do Sul (RS), 6º Festival de Verão do RS de Cinema Internacional [11-18 mar], Sala de Cinema Ulysses Geremia, no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (R. Luiz Antunes, 312, bairro Panazzolo), 17 mar 2010, qua, 20h

• Porto Alegre (RS), Unibanco Arteplex Bourbon Shopping Country,
17 set 2010, sex
Sala 8, 24-30 set 2010, sex-qui, 14h, 16h, 22h
[2 salas. Público: 2.822. Renda: R$ 21.042, 50]

• Canal Brasil, 13 fev 2012, seg, 22h + 18 fev, sab, 23h (previsão de total de 38 exibições em horários de cinema cult durante 4 anos)

Mostra Tabajara Ruas [set 2018-set 2019]
• Canoas (RS), Mostra Tabajara Ruas, Teatro do Sesc Canoas, 11 set 2018, ter, 19h30
• Carazinho (RS), Mostra Tabajara Ruas [11-19 set], Teatro do Sesc Carazinho, 18 set 2018, ter, 19h
• Santa Cruz do Sul (RS), Mostra Tabajara Ruas [11 set-2 out], Sede do Sindibancários, 18 set 2018, ter, 20h
• Passo Fundo (RS), Mostra Tabajara Ruas [18 set-2 out], Teatro do Sesc Passo Fundo, 19 set 2018, qua, 9h, 14h
• Lajeado (RS), Mostra Tabajara Ruas [18-26 set], Teatro do Sesc Lajeado, set 2018
• Palmeira das Missões (RS), Mostra Tabajara Ruas [17-25 out], Centro Cultural Mozart Pereira Soares (R. General Osório, 850), 24 out 2018, qua, 19h
• Ijuí (RS), Mostra Tabajara Ruas [7-9 nov], Teatro do Sesc Ijuí (R. Crisanto Leite, 202), 8 nov 2018, qui, 20h
• Alegrete (RS), Mostra Tabajara Ruas [22-23 nov], Salão de Atos Maria Amorin IEEOA (Praça Oswaldo Aranha), 22 nov 2018, qui, 19h30
• Porto Alegre (RS), Mostra Tabajara Ruas [24-28 jun], Sala Redenção, 25 jun 2019, ter, 19h + 27 jun, qui, 16h
• Uruguaiana (RS), Mostra Tabajara Ruas [8-29 set], CineSesc Uruguaiana, 14, 15 set 2019, sab, dom, 16h

• Porto Alegre (RS), Mostra Especial A Próxima estação de Tabajara Ruas [9-14 ago], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Paulo Amorim, 10 ago 2022, qua, 19h (+ A Próxima estação de Tabajara Ruas, Boca Migotto, 2022)

• Porto Alegre (RS), Mostra Especial O Cinema do patrono Tabajara Ruas [2-5, 7, 8 nov], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Norberto Lubisco, 5 nov 2023, dom, 19h15 (apresentação: G. Póvoas + T. Ruas + L. Walper)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Netto e o domador de cavalos. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/556/netto-e-o-domador-de-cavalos. Acesso em: 23 de fevereiro de 2024.