Bitols (2010)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Ficção
cor, 84 min

Direção: André Arieta.
Companhia produtora: Cinema 8ito

Primeira exibição: Porto Alegre (RS), CineBancários, 12 abr 2010, seg, 19h (pré-estreia)

 

Bitols apresenta a história de um conjunto musical que se apresenta no bairro Bom Fim, um dos mais boêmios de Porto Alegre. De baixíssimo orçamento (pouco mais de R$ 200 mil), o longa mistura a estética de documentário – com direito a cenas reais da época e participação especial de Luiz Rosemberg Filho, Ricardo Miranda, Ettore Scola – e a marca surrealista das ficções de André Arieta. A trilha, quase toda inédita, traz músicas compostas e produzidas pelo próprio diretor, boa parte executada pela banda Bitols. É o primeiro longa do Colectivo. Cinema8ito, núcleo de cinema independente que surgiu no início do milênio perseguindo um olhar livre e particular, produzindo dezenas de curtas e vídeos de arte que foram exibidos e premiados mundialmente.

Sinopse


Uma noite na vida de uma banda underground no início dos anos 90, com um nome horrível, futuro incerto e uma mulher misteriosa que causa desavenças internas e adivinha seus futuros.
Intertítulos: // Porto Alegre. Anos 90. Bom Fim, um bairro que não dorme e nem acorda do sonho. // Jorge trabalha como operador da roda gigante no parquinho da Redenção... // Ringo virou detetive particular e continua procurando Walter Waterloo... // João fez um curso de ator para TV e ė dançarino em um programa infantil... // Paulo é repórter esportivo da Rádio Sulina de Dom Pedrito, onde mora com sua mãe... // Me perdoa Gabiru.
Intertítulos antes dos créditos finais: // Quero toda a tua chinelagem. Quero a verdade do teu microponto. Júpiter Maçã. // Pneu furou, vou de elevador. // Feb. 11 1992 //

close máquina datilográfica (ystaregsteriru entasgveratrrevr toaterander)
close livro (As origens mágicas. Aleph. Capítulo primeiro: Origens fabulosas)
close escrevendo (Rita: – o taxista dá sinal...)
placa na estrada (Palmares do Sul; Mostardas; Mostardense)
close livro (História da magia; capítulo III; Os magnetizadores e os somnambulos)
placa (use a campainha)
placa na estrada (Osório; Pinhal; Porto Alegre)

Ficha técnica


ELENCO
Carlinhos Carneiro (Ringo),
Leo Felipe (Paulo),
Leonardo Machado (Jorge),
Bruno Bazzo (João),
Biah Werther (Rita),
Emerson Dent, Sérgio Ribeiro, Pedro Maron, Marcos Kligman, Beto Mattos,
Roberta Savian, Márcia Reichert, Fernanda Giacomini, Rogério França,
Plato Divorak, Antônio Bruxo, Alexandre Birck, King Jim.
Depoimentos: Júpiter Maçã, Frank Jorge, Egisto Dal Santo, Carlos Eduardo Miranda, Fabriano Rocha, Plato Divorak, Katia Suman, Sandro Ribeiro, Fernando Lage, Carlos Carrion.
Elenco de apoio: Daniel Tessler, Gustavo Foppa, Beto Stone, Gilberto Six, Márcio Dias, Abel Borba, Malásia, Leandro Alemão.
Participação especial: Luiz Rosemberg Filho, Ricardo Miranda, Ettore Scola, Sandoval Wildner, Malásia, Marcelo Kbrito, Cláudio Calcanhoto, Amilson Kdarço Silva, Sandro Ribeiro, Kiko Chicão, Alexandre Fraga, Marnei Rocha, Rafael Esteves, Jesiel Rocha, Marcelo Birck, Phillip Ness, Z, Drégus de Oliveira, Sapo, Vinícius Moebius, Geraldo 'Obrigado Califórnia', Gica Rodrigues, Alemão Sandro, Beto Nickhorn, Carlo Pianta, Natasha Jerusalinsky, Bernardo Garcez, Alfredo Barros, Diego Medina, Alessandro Beiço, Raphael Coutinho, Gustavo Mini, Maurício Borges de Medeiros, Rogério Baldino, Rodrigo Englert, Carlos Geovani Rigon, Nego Rudy, Acélio Filho, Estevam Santos, Gaby Benedict, Rafael Schiaffino, Flávio Passos, Gentílio Filikosky Modernel, Bebeto Mohr, Fast James, Paulo Melo, Marion Velasco, Fred 04, Luisinho Louie, Maya Pinsky, Rodrigo Tangerino, Wander Wildner, Júlio Cascaes, Gross, Jacques Maciel, Lica Stein, Flávia Morais, Claudia Velasco, Seven, Iuri Freiberger, João Olair, X, Gugu, Ratão, Duda Dolls, Regis Sam, Dias.
Bandas: Tarcísio Meira's Band, Urro, Blessed, Reles Pública, Trouble Makers, Cowabunga, Smog Fog, Pupilas Dilatadas, Justa Causa, Bandaliera, Maria do Relento, Doiseumimdoisema, Júpiter Maçã e banda (Bar Opinião, 1994), Academias Chiquérrimas, Acretinice Me Atray, Ninfrodisíacas, Tequila Baby, Plastic Dream, Peso Imundo, Frank e Plato, Crushers, Da Seven.
Figuração: Alice Niederauer, Ana Luz, Bernardo Wartchow Nunes, Bruna Ribeiro, Bruna Dal Sasso, Princesa Rosa Caroline do Suingue Nervoso, Claudinho Fuhrmann, David Santos da Cunha, Diana Kolker, Elisa Braga Saraiva, Elisa Graeff, Evelyn Gonçalves Lima, Faby, Frederico Morsh, Gyan Celah, Laura Gallo, Leandro Alemão, Leandro Krucher, Leandro Paim, Lis Nascimento, Anelise Caldini, Lisiane Pinto 'Lisi Star', Lívia Nunes, Marco Antônio Pletsch, Maurício Borges de Medeiros, Maurício Lopes Alves Duarte, Paulo Figura, Rafael Arruda, Rafael Bohrer, Rafael Rossato Pozzi, Raquel Ferreira, Roberto Milman, Rodrigo Castro, Tamara Porto, Tatiana Rockenbach, Tiago Rodrigues, Yury Hendrik, Zé Guilherme.

DIREÇÃO
Direção: André Arieta.
Assistência de direção e platô: Bernardo Garcez, Natasha Jerusalinsky.

ROTEIRO
Roteiro: André Arieta.
Colaboração no roteiro: Biah Werther, Carlinhos Carneiro, Alfredo Barros.
Storyboard e animatic: Glauco Caon.
Transcrição dos diálogos: Eduardo Egyto.

PRODUÇÃO
Produção executiva: André Arieta, Biah Werther.
Produção: Márcio Diniz, Alyne Rehm, Bernardo Garcez, Tatiana Rockenbach, Natasha Jerusalinsky, Pedro Gusmão.
Estagiário de produção: André Flores.
Produção de elenco: Bernardo Garcez, Tatiana Rockenbach, Edu Ioschpe, Thais Fernandes.
Pesquisa de época e de locação: Edu Ioschpe.
Produção de locação: Edu Ioschpe, Biah Werther, Pedro Gusmão, Bernardo Garcez.

Produção de set: Leandro Nogueira, Bruno Vom Endt.
Produção de alimentação: Ivana Delle Molle.
Motoristas: Renato Barba, Luiz Fernando Volkweis, Sidnei.

SHOW DOS BITOLS
Equipamento e sonorização: Paulo Figura.
Locução: Fabiana Mendes Oliveira.
Cenarista: Leonardo Brawl Márquez.
Produção de objetos: Biah Werther, Edu Ioschpe, Yury Hendrik, Márcio Diniz, Aline Rehm, Tatiana Rockenbach, Leonardo Brawl Márquez.
Produção de figurino: Aline Rehm, Tatiana Rockenbach, Simone Nejitailenco.
Figurinos originais: Biah Werther.
Assistência de arte: Yury Hendrik.
Objetos originais: Biah Werther, Yury Hendrik, Leonardo Brawl Márquez.
Desenhos na mesa: Rodrigo Englert.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Vini Nora.
Operação de câmera: Vini Nora, André Arieta, Márcio Cardoso, Gustavo Razzera, Bernardo Garcez, Pedro Gusmão.
Segunda assistência de câmera: Rodrigo Castro.
Operação de câmera adicional: André Arieta.

Eletricista chefe: Giovanni Dias.
Eletricista cenas adicionais: Amaral Júnior.

Fotografia de cena: Gustavo Razzera.
Making of: Operação de câmera: Gustavo Razzera. Operação de câmera adicional: Bernardo Garcez, Pedro Gusmão, André Arieta. Edição: Camila Viera.

ARTE
Direção de arte: Biah Werther, Edu Ioschpe.
Produção veículo de cena: Bernardo Garcez.
Maquiagem: Anelise Caldini.

SOM
Som direto: Nego Bando, Arriê Martins, Thiago Vasquez.

MÚSICA
Trilha sonora: André Arieta, Nelson Realista.
Produção musical: Emerson Dent, Tiago Faria Corrêa, André Arieta.
Músicos: André Arieta (guitarras, teclado, baixo, percussão, voz; composição e arranjos), Leonardo Brawl Márquez (baixo; arranjos), André Luís Fernandes Luciano e Guilherme Figueiredo (bateria; arranjos), Gabriel Negreiros (bateria adicional).
Outros arranjos: Bitols em "Te detestei" e "Uma Pessoa aparece".
Coral: Magda Schiavon, Diana Corte Real, Marcos Koslowski, Márcia Reichert, Rita Réus, André Arieta, Fabiana Mendes Oliveira, Gabriel Negreiros, Fabíola Molina.

Músicas:
• "Te detestei" (André Arieta, Emerson Dent, Guilherme Figueiredo, Rafael Ferretti) por Bitols
• "Uma Pessoa aparece" (André Arieta) por Bitols
• "Walter Waterloo" (Bitols) por Bitols
• "Costela de Eva" (Leo Felipe, Leonardo Machado) por Leo Felipe, Leonardo Machado
• "Mentiras horizontais" (Bitols, Emerson Dent, André Arieta) por Bitols, Emerson Dent, André Arieta
• "Kasbah" (Fabriano) por Fabriano
• "Going to Paraguay" (André Arieta, Biah Werther, Marcelo Kbrito, Cláudio Calcanhoto) por Academias Chiquérrimas
• "Sai demônio" (André Arieta, Biah Werther, Carlos Geovani Rigon, Marcelo Kbrito, Nego Rudy) por Academias Chiquérimas
• "Chega na mucra" (Graforréia xilarmônica) por Graforréia xilarmônica, Acretinice Me Atray
• "Terceiro mundo" (Chico Ferreti) por Bandaliera
• "Balada da cinza da estrada" (Frank Jorge, Plato Divorak) por Frank Jorge, Plato Divorak
• "Essência interior" (Júpiter Maçã) por Júpiter Maçã e banda
• "Todo dia" (Frank Jorge, Plato Divorak) por Frank Jorge, Plato Divorak
• "Da seven" (Carlos Geovani Rigon, André Arieta, Biah Werther) por Carlos Geovani Rigon, André Arieta, Biah Werther

ARQUIVO
Fotografias de bandas dos anos 90: Marcelo Nunes, Fernanda Chemale.
TV: Fachada do Cinema Baltimore / RBS TV.
Filme: Histórias do Bom Fim (Beto Rodrigues).
Shows e entrevistas: Arquivo Cinema 8ito.
Câmeras das imagens de arquivo: Neca Rodrigues, Leandro Padrax, André Arieta, Biah Werther.

FINALIZAÇÃO
Montagem: Alfredo Barros.
Assistência de montagem e finalização: Bernardo Garcez, Mauro de Souza, Alexandre de Freitas, Lúcio Born, Bruno Carvalho.
Estagiário de montagem: Rafael Onzi.

Animação: Bernardo Garcez, Glauco Caon.
Colorista: Ricki Mendes.

Desenho de som: André Sittoni, André Arieta.
Mixagem da trilha: Emerson Dent, Tiago Faria Corrêa, André Sittoni, André Arieta.
Edição de som e mixagem: André Sittoni.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Direção de produção: Cinema 8ito (Porto Alegre).
Estúdios de gravação da música: Estúdio Tom; Estúdio Casa dos Cantos.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Cinema 8ito (Porto Alegre).
Financiamento (BR/RS): FUMPROARTE Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural / Secretaria Municipal da Cultura / Prefeitura de Porto Alegre. Concurso 2005/01, categoria: audiovisual. Proponente: André Borba Arieta.
Apoio: Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica; Rain Digital Cinema.
Apoio de serviços e equipamentos: Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica; Sala de Corte; André Sittoni.
Apoio cultural: Cerveja Coruja; Tom Estúdio; cinema.com.br; Estúdio Casa dos Cantos; Pierre Alexander; E o Vídeo Levou...; Back in Black; Areel Cybertech; Estúdio Underground; Pousada Pouso Alegre (Mostardas); Expresso Palmares; Garça Turismo (Mostardas); General Rock; Café do Mercado; Garagem Hermética; Beco Produtora; Lancheria do Parque; Bar do Beto; Flach Beauty Center; Estacionamento Central Park; Revitalcar; Restaurante Van Gogh; Elvis Tatoo; Cinecom; Tirage; Restaurante Copacabana; Bertol; Cleber Martins; Beatnik; RBS TV.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: Adriana Nascimento Borba, Adriana Sá, Alvaro Bertani / E o Vídeo Levou..., Álvaro Santin / FUMPROARTE, Ana Luiza Azevedo, Antonieta Fagundes Rodrigues, Antônio Bruxo, Astec Vídeo, Ben Berardi, Bernardo Wartchow Nunes, Beto Rodrigues, Café da Oca, Carlo Pianta, Carlos Gerbase, Cícero Aragon, Corália Arieta, Cléber Martins, CEEE Agência Centro, CNA, Casa de Cinema de Porto Alegre, Cristiano Zanella, DMLU, Eduardo Egyto, EPTC Empresa Pública de Transporte e Circulação / Prefeitura de Porto Alegre, Estúdio Casa dos Cantos, Estúdio Underground, Estúdio Tom, Ettore Scola, Fernanda Chemale, Fernando / Garagem Hermética, FUNDACINE Fundação Cinema RS, Funerária Pio XII, Giba Assis Brasil, Giovanni Bacchieri / Revitalcar, Gladis / Pousada Pouso Alegre, Jorge Garcia de Lima / Revitalcar, José Carlos 'Fuca' / Garça Turismo, Juliano Maffessoni / Estúdio Soma, Laura Leiner, Leandro Alemão / Tarcísio Meira's Band, Leandro Paim, Luiz Rosemberg Filho, Luiz Antônio Cocconi / Revitalcar, Lumiere Vídeo, Madame Z, Maciel / Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica, Marcelo Nunes, Márcio Ventura, Marco / Estúdio Underground, Michele Lanzetta, Monteloja, Natasha Jerusalinsky, PA Nogueira, Paulo Figura, Pedro Hahn, Priscila Viebrantz, Rafael / Coruja, Raul Costa Júnior / RBS TV, RBS TV, Restaurante Copacabana, Ricardo Miranda, Rogério Baldino, Rogério Brasil Ferrari, sargento Máximo / Marinha-Farol de Mostardas, Sérgio Eli / EPTC, Serviço de Sinalização Náutica da Marinha, Simone Nejitailenco, Tirage, tenente Claudino / Marinha, Tiago Faria Corrêa, Vitor / Beco, Wender Zanon, Wilton / Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica, William Rezende, Sui Generis.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre; Mostardas.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 84 min
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação: HDV
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO
Programação do site: PA Nogueira.
Arte do site: Biah Werther, PA Nogueira.
Conteúdo do site: Biah Werther.
Foto do cartaz: Marcelo Nunes.
Arte do cartaz: Biah Werther.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: 14 anos.
Distribuição: Coletivo Cinema 8ito.
Contato: Cinema 8ito.

OBSERVAÇÕES
Cf. créditos finais: // Porto Alegre, maio de 2009 //
Cf. créditos finais: // Colaborador: Bernardo Wartchow Nunes // mas não especifica.
General Rock aparece duas vezes em apoio cultural.
Appema aparece como apoio e como apoio de serviços e equipamentos
Direção de arte: Biah Werther, Edu Ioschpe (iniciais) e apenas Biah Werther (finais)
Luiz Rosemberg Filho, Ricardo Miranda, Ettore Scola, Sandoval Wildner, Malásia, Amilson Kdarço Silva, Sandro Ribeiro, Kiko Chicão, Marnei Rocha, Beto Nickhorn aparecem creditados em Depoimentos e em Participação especial: foram mantidos apenas em Participação especial; Frank Jorge aparece em Elenco e Depoimentos, foi manttido em Depoimentos.

Grafias alternativas: Leonardo Brawl Márquez e Leonardo Brawl | Álvaro [= Alvaro Bertani] | Casa de Cinema | Biah Werther parece grafada como biAh weRTHer | King Jim [= Ricardo Cordeiro] | Júpiter Maçã [= Jupiter Apple = Flávio Basso] | Fabriano e Fabriano Rocha | Anelise Caldini (maquiagem) e Lisi Caldini (figuração) | Bandaliera e Bandalheira | Taís Fernandes | Cacá Velasco | Terquila Baby | Luís Rosemberg Filho | Rafael Ferreti | Raul Costa Jr. | Dregus | Adriana Borba | Apema | Rogério Ferrari | Amilson Kdarço e Amilson Kdarço Silva
Grafias alternativas (funções): Foto still | Desmontagem | Colorist | Locução em off [sic, over] | Estúdios de gravação da trilha sonora

BIBLIOGRAFIA
FEIX, Daniel. Longa-metragem Bitols retrata de maneira anárquica a cena rock gaúcha da década passada. GZH, Porto Alegre, 29 abr 2010.

Exibições


• Porto Alegre (RS), CineBancários, 12 abr 2010, seg, 19h (pré-estreia)

• Porto Alegre (RS), Sala P. F. Gastal,
29 abr-2 maio 2010, qui-dom, 15h, 17h, 19h (dia 29, 19h, debate com diretor e equipe)
4-9 maio 2010, ter-dom, 17h
11, 12 maio 2010, ter, qua, 15h, 17h, 19h
22-27 jun 2010, ter-dom, 15h, 19h
29 jun-4 jul 2010, ter-qui, 15h, 19h, sex-dom, 15h

• Bagé (RS), Casa de Cultura, 14 maio 2010, sex

• Rio de Janeiro (RJ), CineSul 17º Festival Ibero-americano de Cinema e Vídeo [15-27 jun]-Mostra Bossas musicais, Centro Cultural Banco do Brasil, 16 jun 2010, qua (presença do diretor)

• Rio de Janeiro (RJ), Casa da Gávea (Praça Santos Dumont, 116), 24 jun 2010, qui, 19h (papo por skype com diretor)

• Porto Alegre (RS), Casa de Teatro (R. Garibaldi, 853, Bom Fim), 10 jul 2010, sab, 21h

• Porto Alegre (RS), Espaço Cultural 512 (João Alfredo, 512, Cidade Baixa), 22 jul 2010, qui, 21h

• Curitiba (PR), Cinemateca de Curitiba (R. Carlos Cavalcanti, 1.174, São Francisco),
3 ago 2010, ter, 19h30 (comentada com diretor)
6-12 ago 2010, sex-dom, 15h45, 18h, 20h, seg-qua, 15h45, qui, 15h45, 18h, 20h
13-15 ago 2010, sex-dom, 15h45, 18h, 20h

• Florianópolis (SC), sessão do Cineclube Ieda Beck, Instituto Arco-Íris (Travessa Ratclif, 56, Centro), 4 ago 2010, qua, 19h

• Recife (PE), Fest Coquetel Molotov-Mostra Play The Movie, Teatro Apolo (R. do Apolo, Recife Antigo), 23 set 2010, qui

• Porto Alegre (RS), promoção: Núcleo de Cinema e Comunicação da UFRGS, Auditório da Fabico (R. Ramiro Barcelos, 2705), 30 set 2010, qui, 18h30

• Jaguarão (RS), Cineclube, Casa de Cultura, 7 out 2010, qui, 19h

• Arraial d'Ajuda (BA), 4º Arraial Cinefest, Teatro Fellini (Beco do Jegue), 18 nov 2010, qui, 20h

• Arraial d'Ajuda (BA), 4º Arraial Cinefest-Mostra Sessão Especial, La Morocha, dez 2010
• Trancoso (BA), 4º Arraial Cinefest-Mostra Sessão Especial, São Brás, dez 2010
• Arraial d'Ajuda (BA), 4º Arraial Cinefest-Mostra Sessão Especial, Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, dez 2010

• Campo Grande (ES), Cineclube Colorado, Bar do Pantera (Cariacica), 11 dez 2010, sab, 19h

• Porto Alegre (RS), 8º Encontro do público com o cinema brasileiro [11 jan-27 fev], Cine Santander Cultural, 22-27 fev 2011, ter-dom, 19h (dia 22, comentada com diretor e Biah Werther)

• Alegrete (RS), Domingo Pop II, Quadra de ensaio E. S. Imperatriz (Praça Nova), 27 mar 2011, dom, 18h

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala Norberto Lubisco,
25 nov 2011, sex, 19h (+ Lilith, a última viagem do século, biAh weRTer, 10 min)
26 nov 2011, sab, 19h (+ A Verdade às vezes mancha, André Arieta, 18 min)
27 nov 2011, dom, 19h (+ Suco de tomate, biAh weRTHer, 13 min)
29 nov 2011, ter, 19h (+ Borboletas no estômago, biAh weRTHer, 3 min)
30 nov 2011, qua, 19h (+ Uma Direção, André Arieta, 15 min)
1º dez 2011, qui, 19h (+ Irmandade dos ausentes, André Arieta, 5 min)
2 dez 2011, sex, 19h (+ Self, Biah Werther, 2 min + Vento, André Arieta, 3 min) + Qual a cor de Deus, direção coletiva, projeto Cinema na Mochila em Natal, RN, 3 min)
3 dez 2011, sab, 19h (+ Zoeira engarrafada, direção coletiva, oficina de super-8 no RJ, 5 min + Cantilena, biAh weRTHer, 5 min)
4 dez 2011, dom, 19h (+ O Mundo de Sofia, André Arieta, 5 min)
6 dez 2011, ter, 19h (+ Óleo da noite, Edu Marino, 5 min, Niterói, RJ)
7 dez 2011, qua, 19h (+ Suco de tomate)
8 dez 2011, qui, 19h (+ Suco de tomate)

Arquivos especiais


Release divulgado em 25 nov 2006 [quando era para ser um curta-metragem]:

Amigos jornalistas e divulgadores do cinema brasileiro

O novo curta do Cinema 8ito começou a ser rodado. No elenco estão Carlinhos Carneiro (Bidê ou Balde e viagens criativas), Leo Felipe (Programa Radar e literatura noturna), Leo Machado (ator de muito teatro e cinema, atualmente no elenco da Malhação) e Bruno Bazzo (seriado POA-RS da TV Ulbra e banda X-Galinha). Eles incorporam a banda Bitols e fazem um róquenrou nem tão fictício assim.
Na madrugada de 24 de novembro de 2006 o bairro Bom Fim, em Porto Alegre, acostumado com as estranhezas dos seus artistas insones, começou a ser invadido por mais uma atividade esquisita.
Entre outras bizarrices, um Landau branco com capota de couro preto e um luminoso que fingia um táxi mas onde se lia os dizeres 'NO AR', começou a circular pelas mesmas ruas em que Scliar botou a trafegar uma roda gigante descarrilada e Nei Lisboa compararia com Berlim décadas depois.
Foi o começo das filmagens do novo curta do Cinema 8ito, Bitols, direção de André Arieta. O curta foi contemplado pelo Fumproarte, e tem recursos do próprio coletivo e apoios de empresas gaúchas e paulistas para um orçamento que soma até o momento R$ 168.000,00.
As locações são em Porto Alegre, com algumas cenas no Farol da Solidão em Mostardas, e no Farol de Itapuã em Viamão, e a produção segue até dia 15 de dezembro.
Nestes primeiros dias foram gravadas, entre outras cenas, tomadas de figuração em frente a Lancheria do Parque em Porto Alegre, reduto onde desde os anos 80 todas as tribos do Bom Fim fazem suas refeições a qualquer hora do dia ou começam a cervejada da noite que nunca termina. A turma do Cinema 8ito montou um circo que parou a avenida e envolveu comerciantes do bairro, órgãos públicos, uma super galera de equipe e elenco de apoio, com alguma bebida real pra o povo animar as cenas até o amanhecer. A cidade está colaborando pacientemente.

.......curta Bitols ?!!!
O Bitols é um filme 'de época', que vai contar a noite surrealista de uma banda que circula nos idos dos anos 90 pelo Bom Fim, lendário bairro udigrudi de Porto Alegre de onde saíram grandes criadores e mestres. Diferente de uma certa banda inglesa de nome muito semelhante, os Bitols não conseguem tanto sucesso assim, mas também têm uma figura feminina envolvida nos principais problemas de relacionamento.
Há quem diga que é autobiográfico, já que o Diretor, de 35 anos, começou oficialmente a carreira de músico, poeta e cineasta quando foi proprietário de uma das casas multiarte mais malucas dos anos 90, onde muita gente hoje reconhecida fez shows, lançou fanzines, exibiu filmes e amanheceu na década em que todas as tribos conviviam e tudo valia na fulgurante expectativa pelo final do milênio.
O filme se passa em Porto Alegre, mas poderia ser em qualquer bairro boêmio do planeta!

Todas as tribos
André Arieta e sua equipe fazem questão de juntar gerações.
No elenco de apoio está a galera que começa a despontar na cena gaúcha por agora, como o Sheila e Pedro Maron do seriado POA-RS, e a galera da Banda Efervescentes, todos por volta dos vinte e poucos anos. Os mais jovens vão cruzar por gente que está entre 30 e 40 anos, viveu os 80/90 e agora tem uma super expressão no panorama cultural, como o escritor e músico Frank Jorge, o músico Júpiter Maçã, o baterista da Comunidade Ninjtisu, Claudio Calcanhoto, o músico, poeta e produtor Plato Divorak, o bruxo Antonio Fagundes entre muitos outros.
Segundo a turma do Cinema 8ito, que também é uma mistura das duas gerações, este curta é uma festa urbana, muito diferente do UMA, filmado na mesma época ano passado, bucólico e denso, num sítio da zona rural da cidade.
A cena de show dos Bitols será gravada em um Garagem Hermética cenográfico, não o atual, numa mistura de citações dos bares que formavam o circuito underground na época, como Elo Perdido e Megazine.

Quase um ano de pré-produção que envolveu muita gente da cena cultural
Em 11 meses de pré-produção o filme teve uma pesquisa detalhada e envolveu muita gente que ajudou a escrever o cenário artístico gaúcho desde a década de 70. O Cinema 8ito invadiu os baús da Vortex, Carlos Gerbase, Carlo Pianta, Moah Cyrr e Fernanda Chemale (que lançou um livro com suas fotos da cena musical gaúcha desde os anos 80), entre outros.
A direção de arte de biAh weRTHer conta com uma equipe de 7 pessoas, cada figurino e cenário foi idealizado com calma porque a diferenças entre os anos 90 e 2000 estão aparentemente no mínimo detalhe. Em vários objetos a galera que viveu os anos 90 vai encontrar algum símbolo pra lembrar de algum show, banda, bar, filme, atitude, numa época em que as cachaças do Bar João e sessões do Cine Baltimore ainda faziam parte da capital gaúcha e a excitação do final de milênio ainda não dera lugar à mera observação virtual que adormece as questões juvenis dos anos 2000.

A banda Bitols
Por 11 longos meses os Bitols foram ensaiando e construindo suas personagens sob a orientação e produção musical do próprio André Arieta, ensaiando em estúdios que apoiaram o filme, circulando juntos, fazendo laboratórios de elenco, até que hoje eles são Os Bitols, a única banda dos 90 que nunca se renderá ao 'grunge':
Leo Felipe incorpora Paulo, o frontman de vocais dramáticos e rasgados que curte Joy Division e critica a incompreensão desta cidade aos seus artistas contemporâneos e questionadores. Além de ator, Leo é apresentador do Programa Radar da TVE e acaba de lançar seu segundo livro de contos alucinados sobre noites insones.
Leo Machado é o Jorge, excêntrico e egocêntrico com suas guitarras econômicas e quentes que passam por róquenrou cru e psicodelia. Ator de teatro em Porto Alegre, é o Hugo da novelinha Malhação da Globo. Com o Cinema 8ito já fez o Suco de tomate, 35 mm gaúcho que roda o mundo até hoje, de Manchester a Toronto, o curta pegou lá fora!
Bruno Bazzo é o João, baixista com um 'Q' de Sid Vicious, é o guri da banda. No filme, o Bruno é o único ator do elenco principal que pertence a nova geração da cena porto alegrense, o resto da galera viveu intensamente os 90. Bruno é da turma do seriado POA-RS da Ulbra-TV e baixista da banda X-Galinha.
Carlinhos Carneiro é o Ringo. Performático, ele é quem sustenta a banda, o único com um emprego fixo. Carlinhos é o vocalista da Bidê ou Balde, mas depois destes meses de trabalho já é um batera que dá porrada.
biAh weRTHer é a Rita. Após atuar no UMA, onde encarnava uma personagem introspectiva, eternamente deitada numa cama pendurada numa árvore subjetivando a saída, biAh agora incorpora uma personagem da cena urbana que, depois de passar uns anos isolada num farol, volta pra tumultuar a noite mais especial da vida dos Bitols. Ela, Jorge e Paulo já formaram um triangulo muito mal resolvido. Mas agora que já passaram dos 30 seguem sem perspectivas em suas vidas. No entanto, Rita jura que só ela cresceu e que pode adivinhar cada nota do futuro dessa banda.
Ainda no elenco estão: Roberta Savian, Seu Sérgio, Dent, Pedro Maron, Sheila (Marcos Kligman), Bruxo, Adrián Campana, Cikuta, Gilberto Six, Astor, entre outros.

Músicas dos Bitols
A trilha do filme está sendo composta pela Musikal Panorama, que tem feito todas as trilhas do Cinema 8ito: Rafael Ferretti, André Arieta, Dent e Guilherme Figueiredo.
Mas os Bitols estão indo tão bem que já entraram em estúdio e gravaram versões de duas músicas da trilha para cena.

Novas tecnologias
Ao longo da pré-produção a equipe do Bitols declinou do uso do sistema 35 mm pra captação de imagens.
André Arieta acabou optando pelo uso do sistema HDV, onde as imagens são captadas em um cartão com auxílio de um Lap Top e descarregadas em HD externo que vai direto pra o transfer, assegurando que não se perca qualidade.

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Bitols. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/645/bitols. Acesso em: 23 de fevereiro de 2024.