Caxias do Sul – Tradição & inovação de um povo (2010)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção
DVD, cor, 73 min

Direção: Airton Soares.
Companhia produtora: Infoco Filmes; CDI Filmes

Primeira exibição: Caxias do Sul (RS), GNC Shopping Iguatemi Caxias, 19 ago 2010, qui (pré-estreia)

 

O resgate do passado e o presente de uma das principais cidades do Rio Grande do Sul se mesclam em Caxias do Sul – Tradição & inovação de um povo. Dirigido por Airton Soares, publicitário com especialização em marketing, o filme documenta as origens de Caxias, mostra como se deu o seu desenvolvimento e detalha quem são as suas figuras proeminentes. As influências sociais, econômicas, políticas e culturais que a moldaram também estão presentes. Imagens inéditas, fotografias, depoimentos e poesias ajudam a compor um amplo painel sobre a própria serra gaúcha. Referência mundial na fabricação de vinho, de máquinas e de equipamentos, Caxias do Sul transformou-se numa cidade próspera e rica, dotada de grande crescimento industrial. Os direitos de exibição do longa foram cedidos à prefeitura local, o que permitiu a sua distribuição em espaços como escolas, universidades, instituições e demais órgãos interessados em cultura. Uma versão reduzida foi transformada em uma minissérie de três capítulos, exibida pela TVCOM – com o título alternativo de CaxiasQue cidade é essa?

Sinopse


Um passeio pela história e trajetória de Caxias do Sul, a segunda cidade mais importante do Rio Grande do Sul, depois de Porto Alegre. Ao mesmo tempo em que exalta os seus feitos, o filme também apresenta um lado não tão lembrado do município: o seu espírito competitivo e forte, que estimula os novos moradores a irem atrás do seu sustento, tal qual ocorreu com os primeiros imigrantes italianos.

Ficha técnica


IDENTIDADES
Ordem de identificação: Cleodes Piazza (professora e pesquisadora), Kenia Pozenato (professora e pesquisadora), Loraine Slomp Giron (historiadora), Renato Henrichs (Jornalista), José Clemente Pozenato (escritor e pesquisador), Arcangelo Zorzi (livreiro e ator), Sílvia Gedoz Ártico, Juventino Dal Bó (historiador e artista plástico), Tânia Tonet (pesquisadora), Alberto Arioli (pracinha, ex-combatente da 2ª Guerra Mundial), Nivaldo Pereira (jornalista), Carlos Henrique Iotti (cartunista), José Cláudio Dupont, Ida Zanetti (neta de Ana Rech, fundadora de um distrito de Caxias, homônimo), padre Mário Pedroti, Antonietta Casagrande Zanrosso (nona), Heloisa Eberle Bergamaschi (historiadora), Valdomiro Remuzzi (empresário, presidente da Brinox), Gilmar Marcílio (escritor), Raul Randon (empresário, presidente da Randon), Joaquim Feijó (operário), Gutto Basso (ator e músico), Lucio Yanel (músico), Valdir Negrão (carnavalesco, diretor da Escola de Samba Império da Zona Norte), Neri Andrade Pereira Junior (carteiro), Valmor José Berzaghi (empresário), Paulo Bellini (empresário, presidente da Marcopolo), Rejane de Oliveira (diretora de patrimônio do Instituto Bruno Segalla); Ivanir Sequete (plantador de uvas).

DIREÇÃO
Direção: Airton Soares.
Assistência de direção: André Luis Bittencourt Garcia.

ROTEIRO
Roteiro: Guilherme Castro.
Pesquisa: Tânia Tonet.
Assistência de pesquisa: Adriano Richardi de Souza.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Cícero Aragon.
Assistência de produção executiva: Clarissa Brittes.
Direção de produção: Sheila Zago.
Assistência de produção: Tatiana Senna, Rafael Jairo Lucena.

Produção de set: Vitor Lemes.
Produção de alimentação: Eunice Zago.
Motoristas: Lindomar Garcia de Oliveira, José Adilson Trindade, Olavo Pinto de Carvalho.

Administrativo financeiro: Letícia Aragon.
Jurídico: Tarcísio Leão Jaime.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Jaime Lerner.
Operação de câmera: Franck Anthony Borges Rebello.
Operação de side mount: Mário Ferreira.

Chefe de elétrica e de maquinaria: Deivis Horbach, Bolivar Lauda.
Assistência de elétrica e de maquinaria: Jan Monczka, Sérgio Cunha, Emerson Figueiredo.

Fotografia de cena: André Tiago Susin.

SOM
Som direto: Marcos Lopes.

MÚSICA
Produtor de áudio e trilha original: Fausto Prado.

Trilha original:
• "Saga" (música: Fausto Prado) por Heine Wentz (violinos, violas), Antero Almirante (violoncelo, violas), Fausto Prado (piano, baixo, sampler)
• "Alma" (música: Fausto Prado) por Heine Wentz (violinos, violas), Antero Almirante (contrabaixo), Fausto Prado (violão nylon, sampler)
• "Milonga" (música: Fausto Prado) por Fausto Prado (violão aço)

Músicas:
• "Sapiensa taliana" (música, letra: Mario Michelon) por Ben-hur Toledo (voz), Paulo Cardoso (acordeon), Valdir Verona (violão). Arranjo: Joel Viana
• "Spini Fiorie Mandolin" (música, letra: Mario Michelon) por Ben-hur Toledo (voz), Paulo Cardoso (acordeon), Márcio Neukamp (violino). Arranjo: Joel Viana
• "Va L'Alpin" (folclore Italiano, domínio público) por Niceta Verona e Petronila Maino (sopranos), Edite Rossi (contralto e solo), Danilo Rceh (tenor e solo), Jaime Dall'alba e Mario Michelon (baixos). Acompanhamentos: Plauto Cruz (flauta), Paulo Cardoso (acordeon), Luiz Presotto (violão)
• "Ritorna primavera" (música: Luiz Presotto, letra: Mario Michelon) por L'Arcobaleno com Elisani Borges, Leandro Seganfredo e Nelton C. Brasil (vozes), Mainê Valenti Sassi (violino; arranjo), Pedro Sassi (trompete), Carla Ruaro Pires (piano), Daniel Mello Viadaletti (teclado), Elisani Borges (violão)

ARQUIVO
Filmes em preto e branco não creditados e não identificados, um deles sobre a Festa da Uva de 1950.
Fotografias não creditadas.

FINALIZAÇÃO
Montagem: Bruno Carvalho.
Consultoria de montagem: Jaime Lerner.

Finalização: Marcelo Allgayer.

Supervisão de som: Kiko Ferraz.
Edição de efeitos e ambiências: Alexandre Prokopiuk.
Foley: Felipe Burger Marques.
Assistência de foley: Renato Galimberti.
Gravação de foley: Sérgio Guidoux.
Edição de foley: Bruno Mad.
Edição de som e mixagem: Chrístian Vaisz.
Coordenação de estúdio de som: Lísia Faccin.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Estúdio de edição de som: Kiko Ferraz Studios (Porto Alegre).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Infoco Filmes (Porto Alegre); CDI Filmes (Porto Alegre).
Fomento: ANCINE Agência Nacional do Cinema.
Patrocínio: Brinox; Caixa RS – Fomento econômico e social; SulGás; Intral – Reatores e luminárias; Marcopolo – Aproximando pessoas; SIMECS; RGE – Uma empresa CPFL Energia; Randon; Prefeitura de Caxias do Sul / Secretaria da Cultura.
Apoio: Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul; Caxias do Sul Convention & Visitors Bureau; Festa da Uva de Caxias do Sul; Grupo RBS (Porto Alegre); InterCity Premium Caxias do Sul; Prefeitura de Caxias do Sul / Secretaria da Cultura.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: Aeroclube de Caxias do Sul, Alzira Rodrigues dos Santos, Andressa Cantergiani, Angelina Comerlato Tomazoni, Antonio Feldmann, Arquivo Histórico Municipal, Baita-Kão Hamburgueria, Bar 13, Camila Cornutti, Cândida Larentis, Cantina Toldo, Carlos da Silva / VCS Eventos e Promoções Aéreas, Célia Ferreira, Célia Mazzochi, Cibele Tedesco, Château Lacave, Claire Bernardi, Colina dos Vinhedos, comandante Acácio Pereira, Comissão Festa Nacional da Uva, Coro Municipal, Coro São Brás, Correios Caxias do Sul Centro de Distribuição Domiciliar do Bairro de Lourdes, Cucina Coloniale Nonna Giulia, Daniel Herrera, Dona Gema, Doroti Ártico, Dorval Verza, Egídio Tonietto, Elyria Teresa Susin, Enter Comunicação, Escola de Samba Império da Zona Norte, Fabiano Scholl, Gabriel Leonardelli, Galeria Municipal de Arte, Galeteria Alvorada, Gilberto Guizzo, Granpiacer Ristorante e Pizzaria, Grupo Miseri Coloni, Grupo RBS (Porto Alegre), Grupo Voges, Guadalupe Pante, Instituto Bruno Segalla, Interface Comunicação Empresarial, Jaison Barbosa, Junior Hoffmann, La Barra, Lídia Tereza Mugnaga, Livraria Do Arco da Velha, Marco Senna, Margô Segat, Maria Luiza Neves Mondadori, Maria Goreti Guizzo, Meri Steiner Fonseca, Museu da Uva e do Vinho, Museu dos Ex-Combatentes, Museu Municipal, Orquestra Sinfônica da UCS / Moacir Lazzari, Orquidário Pebi, Paróquia de São Pelegrino, Print Serv, Rádio Caxias, Restaurante Colher de Pau, Restaurante Comida Divina, Restaurante Di Paolo, Restaurante Tulipa, Rhaxwell Santos do Nascimento, Roberto Pereira, Rodrigo Mazzochi, Rocha Neto, SAMAE Caxias, San Biagio Trattoria, Sesc Caxias do Sul, Sonia Maria Arcari Romero, Teatro Pedro Parenti, Tiago José Frank, UCS TV, Universidade de Caxias do Sul, Wagner Dias, Wilian Noratto.
Agradecimentos especiais: Ademar Salvador, Airton Correa Soares, Antonio Feldmann, Irene Rulian Soares, Lisete Ozelame, Lorenzo Soares, Mario Michellon, Moacir Brehn, Odacir Conte, Patrícia Lucero Soares, Zeni Salvador, Ziza Gozzolla.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Caxias do Sul.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:13:19
Som: Dolby Digital 2.0 / Dolby Digital 5.1
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição: DVD
Legendas (DVD): Português, español, english, italiano.

DIVULGAÇÃO
Interface comunicação e eventos: Lisete Alberici Oselame, Maria Luiza Gazzola.
Direção de redes sociais: Patrícia Lucero Soares.
Direção projeto gráfico: Juliano Renz.
Design gráfico: Lucia Spier.
www.caxiasdosulofilme.com.br

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: Livre.
DVD: Distribuição: Infoco Filmes, © 2010. Extras. Não inclui encarte.
DVD disponível no IECINE.
Contato:

EXTRAS DVD:
Making of: Making of Caxias do Sul – Tradição & inovação de um povo. Identidades: Airton Soares (diretor), Iotti, Cícero Aragon (produtor executivo), Jaime Lerner (diretor de fotografia), André Luis Bittencourt (assistente de direção). Operação de câmera: Vinícius Guerra. Edição: Alan Mendonça. Companhia produtora: Infoco Filmes (Porto Alegre); CDI Filmes (Porto Alegre). Duração: 08:44.
Fotos – Making of. Telas com fotografias de bastidores, por André Tiago Susin. Duração: 07:03.
Institucional: Brinox. Duração: 06:38.

OBSERVAÇÕES
// Copyright © 2010 Infoco Filmes e CDI Filmes. //

Grafias alternativas: Guilherme Castro (iniciais) e Guilherme Souza de Castro Neto (finais) | Jam Monczka | Paluto Cruz | Bruno Croda [= Bruno Mad] | Marcos Lopes da Silva | Deivis Horbach de Oliveira | Arcangelo 'Maneco' Zorzi | Coro São Braz
Grafias alternativas (funções): Fotógrafo still | Produção de alimentos | Técnico de som (cf. créditos)

BIBLIOGRAFIA
SPERB, Paula. Filme sobre Caxias do Sul deve passar no History Channel. O Caxiense, Caxias do Sul, 20 ago 2010.
BOFF, Camila. Filme sobre Caxias será exibido em apenas um horário no GNC. O Caxiense?, Caxias do Sul, 26 ago 2010.

Exibições


• Caxias do SUL (RS), GNC Shopping Iguatemi Caxias,
19 ago 2010, qui (pré-estreia)
20-26 ago 2010, sex-qui, 15h, 17h, 19h20, 21h
27 ago-2 set 2010, sex-qui, 14h20

• History Channel, 11 nov 2010, qui

• YouTube, disponível desde 13 jun 2019
[www.youtube.com/watch?v=I1BWZ9to2U4&t=154s]

Arquivos especiais


SPERB, Paula. Filme sobre Caxias do Sul deve passar no History Channel. O Caxiense, Caxias do Sul, 20 ago 2010.
O documentário Caxias do Sul – Tradição e inovação de um povo, que teve a pré-estreia na noite desta quinta (19) para convidados e estreia no GNC nesta sexta (20), também será exibido no canal por assinatura The History Channel, no dia 11 de novembro.
Para quem não quer esperar até novembro, o filme fica em cartaz até a próxima quinta (26), com sessões às 15h, 17h, 19h20 e 21h.
"É um filme que pretende entrar na história de Caxias, um trabalho que levou 2 anos para ficar pronto", falou o diretor do longa, Airton Soares, antes da primeira exibição pública do filme.
"Todos que aparecem no filme tem uma opinião e estas opiniões se contrapõem", explicou Airton.
Conforme o secretário da Cultura Antonio Feldmann, o filme será exibido em escolas, centros comunitários e sessões comentadas.
Caxias do Sul – Tradição e inovação de um povo teve um custo total de R$ 800 mil e recebeu verba de R$ 100 mil da prefeitura aprovada pela Câmara de Vereadores. O filme deveria ter sido lançado no aniversário da cidade, um dos motivos para o atraso, entretanto, foi a grade de programação do GNC Cinemas. A produção optou por esperar e fazer a estreia em uma sala comercial.
Leia a reportagem completa sobre a pré-estreia do filme na edição 38 de O Caxiense que chega às bancas neste sábado.

BOFF, Camila. Filme sobre Caxias será exibido em apenas um horário no GNC. 26 ago 2010.
A partir desta sexta-feira, o documentário Caxias do Sul – Tradição e inovação de um povo passará a ser exibido somente em um horário no GNC Cinemas. A sessão será diariamente às 14h20, pelo menos até o dia 2 de setembro. O filme estreou no último dia 20 e vinha sendo apresentado em quatro horários por dia.
A mudança se deve ao baixo número de espectadores. Conforme o diretor do filme, Airton Soares, 62 pessoas assistiram ao documentário nos três primeiros dias de exibição. Segundo ele, essa é uma prática comum no mercado cinematográfico.
"Toda programação de cinema é gerenciada conforme a bilheteria. No momento que um filme passa a não dar retorno, ele cede espaço para outro ser exibido", explica.
O filme deveria ter estreado no aniversário da cidade, em junho. Um dos motivos para o atraso, no entanto, foi a grade de programação do GNC Cinemas. A produção optou por esperar e fazer a estreia em uma sala comercial. O documentário teve um custo total de R$ 800 mil e recebeu verba de R$ 100 mil da prefeitura, aprovada pela Câmara de Vereadores.

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Caxias do Sul – Tradição & inovação de um povo. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/660/caxias-do-sul-tradicao-inovacao-de-um-povo. Acesso em: 12 de abril de 2024.