Contos gauchescos – Simões Lopes Neto nas telas (2011)

Brasil (RS)
Longa-metragem | 5 episódios | Não ficção e Ficção
cor, 101 min

Direção: Henrique de Freitas Lima, Pedro Zimmermann.
Companhia produtora: Cinematográfica Pampeana; Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica

Primeira exibição: Porto Alegre (RS), Centro de Eventos Casa do Gaúcho no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque Harmonia), 15 set 2011, qui, 21h (pré-estreia aberta ao público, integrando a programação oficial dos Festejos Farroupilhas e com a presença do diretor, equipe e elenco)

 

Contos gauchescos – Simões Lopes Neto nas telas é a reunião de cinco segmentos: um prólogo com o documentário dramatizado Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado – dirigido por Pedro Zimmermann – seguido por quatro curtas: Os Cabelos da China, Jogo do osso, Contrabandista, No manantial – dirigidos por Henrique de Freitas Lima. O documentário e os dois primeiros curtas foram filmados e finalizados antes e exibidos no CineBancários em 30 de março de 2009. Nesta altura o projeto estava sendo pensado como série para TV e previa a realização dos outros dois e ainda de Negro Bonifácio e Trezentas onças. No final, configurou-se como um longa e depois exibido como série na RBS TV (14, 21, 28 set, 5 out 2013) ou na TVE RS (14, 16, 21, 23, 28 jan 2014) e os curtas tiveram e tem vida autônoma participando de festivais ou sendo exibidos separadamente.

Publicadas pela primeira vez em 1912, as 18 histórias que compõem os Contos gauchescos do escritor João Simões Lopes Neto – mais tarde acrescidos de um 19º, O Menininho do Presépio – reúnem em seus enredos o sumo da cultura e dos costumes do Rio Grande do Sul.

Mais de 600 pequenos papéis e figurantes foram selecionados nas comunidades que hospedaram a produção. Para filmar os episódios Jogo do osso e Os Cabelos da china, foi utilizada uma câmera RED que captura imagens em 4k de definição equipada com lentes 35 mm.

Episódios


[01/05] Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado | Direção: Pedro Zimmermann. Não ficção.
[02/05] Os Cabelos da china | Direção: Henrique de Freitas Lima.
[03/05] Jogo do osso | Direção: Henrique de Freitas Lima.
[04/05] Contrabandista | Direção: Henrique de Freitas Lima.
[05/05] No manantial | Direção: Henrique de Freitas Lima.


[01/05] Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado
SINOPSE
Documentário e dramatização. Fotografias pb de gaúchos. Personagem João Simões Lopes Neto datilografando. A criação de Blau Nunes, tropeiro leal e valoroso. JSLN nasce em 9 de março de 1865 na Estância da Graça, em Pelotas. Período no Rio de Janeiro. Com 20 anos retorna para Pelotas. Com a herança do avô e do pai envolve-se em diversos negócios que não dão certo. No jornalismo mantém a coluna Balas de estalo em A Pátria (1888). Escreve em vários jornais, usa pseudônimos: Diário Popular, A Opinião Pública, Correio Mercantil. Autor de peças, entre outras: Os Bacharéis e Mixórdia!... (ambas com J. G. Mendes) e A Viúva pitorra, encenadas no Theatro Sete de Abril. Reencenação da opereta Os Bacharéis em 2005. Bibliotecária manuseia jornais e livros na Bibliotheca Pública Pelotense. O folhetim A Mandinga, no Correio Mercantil, 1893; a terceira edição de Cancioneiro guasca – Coletânea de poesia popular rio-grandense; o livro Contos gauchescos; o folhetim Casos do Romualdo, com o pseudônimo de João do Sul; o livro Lendas do sul. Morre em Pelotas em 14 de junho de 1916, aos 51 anos. Intertítulo final: // Esses olhos, pobres olhos condenados à morte, guardarão na retina a impressão da visão sublimada. E o coração, quando faltar ao ritmo, arfará num último esto para que a raça que se está formando ame e glorifique os lugares e os homens dos nossos tempos heróicos. //

[02/05] Os Cabelos da china
SINOPSE
Integrantes de um piquete farroupilha, o jovem Blau Nunes e o velho Juca Picumã desenvolvem uma camaradagem de companheiros de armas, em que o velho entra com a experiência e o outro com o ardor juvenil. Nas conversas na beira do fogo, o velho introduz a figura da filha, Rosa, a quem envia tudo o que guarda desta vida ingrata. Uma missão de batalha vai permitir o encontro deles com Rosa, que se amigou com um oficial legalista. Morena, com uma trança de cabelos negros que lhe chega aos joelhos, o feitiço da Rosa se vira contra a feiticeira em uma história de amores brutos e amizade entre guerreiros.

[03/05] Jogo do osso
SINOPSE
Do osso da canela do boi, que é jogado em uma cancha parelha em lances alternados, tem-se, dependendo da posição em que cai, a "suerte" e o "culo". Os gaudérios Chico Ruivo e Osoro lançam-se na timba até as últimas consequências e a coisa fica perigosa quando a Lalica, china de Chico Ruivo, vira aposta. A gauchada, surpresa com os rumos da jogatina, acompanha a entrega da prenda como dívida de jogo. O fandango que se segue e a canha solta serão os responsáveis pela tragédia que passa a espreitar a farra.

[04/05] Contrabandista
SINOPSE
A partir de um peculiar relato de beira de fogo em que se conta do contrabando como atividade formadora do velho Continente de São Pedro com as palavras de Simões Lopes Neto, a trágica história de Jango Jorge. Um dos "maiores" chibeiros (contrabandistas) da literatura guasca, Jongo se lança em uma aventura perigosa para dar à filha um vestido de noiva decente. O destino lhe prega uma peça que ninguém contava pudesse acontecer. Um dos contos simonianos mais conhecidos, tem a ação concentrada e um prólogo que é um pedaço da história do Rio Grande.

[05/05] No manantial
SINOPSE
Os sucessos ocorridos na tapera do Mariano, onde uma voluptuosa roseira até hoje adorna o perigoso lagoão que oculta um sumidouro evitado pelos animais. Ali, deu-se a trágica fuga da jovem Maria Altina do cargoso Chicão, enquanto todos se divertiam em um casamento numa estância vizinha. O que era uma morada ajeitada e promissora hoje virou tapera, com direito a assombrações para os tropeiros que a escolhem como lugar de pouso.

Ficha técnica


ELENCO
Elenco principal por episódio:

Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado:
Wagner Vargas (João Simões Lopes Neto),
Pedro Machado (Blau Nunes).
Arquivo (não creditados): Carolina Garcia Marques, Marcelo Ádams, Marcelo Aquino, Álvaro Vila Verde, Júlio Andrade, Carlos Cunha Filho, Antonio Carlos Falcão, Sandra Dani, Margarida Peixoto (elenco da montagem de Os Bacharéis).
Narração (não creditada): Lila Vieira.

Os Cabelos da china:
Leonardo Machado (Blau Nunes),
Juliana Thomaz (Rosa),
J. N. Canabarro (Juca Picumã),
Roberto Birindelli (Capitão Farroupilha).

Jogo do osso:
Evandro Soldatelli (Chico Ruivo),
Renata de Lélis (Lalica),
Tiago Real (Osoro),
Miguel Ramos (Arranhão), Lurdes Eloy (Mercedes), Sérgio Rojas (Guitarrero), Macedinho (Gaiteiro).

Contrabandista:
Nelson Diniz (Jango Jorge),
Ingra Lyberato (Domingas),
Lindsay Gianoukas (Maria Rita),
Cristiano Quevedo (João),
Tito Mendez (Comissário),
Carmelo Rodriguez (Sargento),
Tom Perez (Arlindo).

No manantial:
Rafael Tombini (Chicão),
Sissi Betina Venturin (Maria Altina),
João França (Mariano),
Ida Celina (Sogra),
Pedro Machado (Blau Nunes),
Zeca Brito (Nero),
Érlon Péricles, Pepeu Gonçalves, Gabriel Selvage, Frutuoso Luis de Andrade (músicos em cena).

DIREÇÃO
Direção: Henrique de Freitas Lima (ficção), Pedro Zimmermann (documentário).
Direção geral: Henrique de Freitas Lima.
Assistência de direção: Magali Heinze, Rafael Camargo, Mario Finard.
Estagiário de direção: Fauzy Hamalla Ahmad.

ROTEIRO
Roteiro: Henrique de Freitas Lima (ficção), Pedro Zimmermann (documentário).
Consultoria: Colmar Duarte.

PRODUÇÃO
Direção de produção: Gina O'Donnell, Fernando Marques.
Assistência de produção: Lucas Andrade.
Estagiários de produção: Cleder Castro, Odemar Cabreira Rocha.
Secretaria de produção: Roberta Badaró, Raquel Matos, Juliana Amador.
Produção de elenco: Magali Heinze, Barbara Barbosa.
Assistência de produção de elenco: Ana Horn, Paulo Ricardo Fortis Kwietniewski.
Produção de elenco (UY): Maria Laura Viera.
Produção de animais: Rodrigo Schlee, Fernanda Valente de Souza.
Assistência de produção de animais: Danilo Perret de Souza, Ronaldo Nunes de Souza, Dilmar Erlei Dias de Oliveira, Romualdo Menezes, Maurílio Veja, Paulo Sérgio C. de Moraes.
Coordenação administrativo: Carmem Curval.

Platô: José Crespo.
Assistência set: Jonata Rosa de Mello.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Eduardo Amorim.
Assistência de câmera: Alejandro Ortigueira, Santiago Salvini.
Engenharia: Javier Hick.
Logger: Leandro P. Jolivot.

Eletricista chefe: Eduardo Argolo.
Maquinistas: Ricardo Sagaz, Leonel Ruiz.
Assistência de elétrica e de maquinaria: Nilo Silva, Cássio Machado Henrique.
Geradorista e assistência de maquinaria: Rogério Kubiachi Seidler.

Fotografia de cena: Fernando Riegel.

ARTE
Abertura (créditos iniciais): Danúbio Gonçalves.
Direção de arte: Adriana Nascimento Borba.
Assistência de arte: Tássia Furtado, Maria Lucia Macedo.
Produção de arte: Taty Behar, Andrea Mazza Terra.
Produção de objetos: Fernanda Valente de Souza.
Cenografia: Fernanda Valente, Rodrigo Schlee.
Assistência de cenografia: Daniel Garcia Alves, José Itamar Madeira, Dilmar Erlei Dias de Oliveira, Paulo Sérgio C. de Moraes.

Efeitos especiais: José Crespo.

Figurino: Coca Serpa.
Camareira: Graciele Lopes.

Maquiagem e caracterização: Miguel Costi, Nancy Marignac.

SOM
Som direto: Leandro Lefa, Aloysio Compasso, Rafael Siqueira, Rodrigo Panassolo.

MÚSICA
Música: Sérgio Rojas.
Músicos: Sérgio Rojas, Daniel Sá (violões), Renato Borghetti (gaita ponto), Samuca do Acordeon (acordeon), Jorge Motta (gaita piano), Rafael Oliveira (pandeiro).

Músicas:

ARQUIVO (não creditados)
Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado:
Filme não identificado: de vistas do Rio de Janeiro (pb), com praia de Copacabana.
Vídeo: da montagem de Os Bacharéis. Direção, adaptação, cenografia: Elcio Rossini, Rejane Dornelles Antunes. Direção musical: Cristiano Hanssen. Pesquisa e atualização ortográfica: Cláudia Antunes. Figurino: Rosângela Cortinhas, Beto Zambonato. Pelotas, Theatro Sete de Abril, 9 dez 2005.
Citações:
Fotografias pb.
Jornais.
Livros de João Simões Lopes Neto.

FINALIZAÇÃO
Montagem: César Custodio.

Coordenação técnica: Claudio Hijerra, Oscar Carabante.
Coordenação de finalização: Marcos de Aguirre, Pamela Valenzuela.
Colorista: Ismael Cabrera.
Créditos finais: Mauro Contreras.

Desenho de som: Marcos de Aguirre.
Foley: Mauricio Castañeda, Soledad Vargas.
Edição de som e mixagem: Maurico López, Mauricio Molina.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Assessoria jurídica: Freitas Lima Consultores Associados.
Logística: Planalto Transportes.
Estúdio de animação abertura: Animake (Porto Alegre).
Estúdio de pós-produção de imagem e som: Filmosonido (Santiago, CL).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Cinematográfica Pampeana (Porto Alegre).
Produção associada: Apema Locação de Equipamentos de Produção Cinematográfica.
Parceria: Fundação TVE Piratini; Instituto João Simões Lopes Neto (Pelotas).
Captação de recursos: através das seguintes leis:
Lei de Incentivo à Cultura Lei nº 8.313/91 (Lei Rouanet) / MinC Ministério da Cultura;
LIC-RS Lei de Incentivo à Cultura Lei nº 10.846/96 / SEDAC Secretaria de Estado da Cultura / Governo do Rio Grande do Sul.
Patrocínio: Grupo CEEE / Secretaria de Infra-Estrutura e Logística / Governo do Rio Grande do Sul – Coragem para fazer; Banrisul S.A. Administradora de Consórcios; Celulose Riograndense; Grupo Randon; SulGás; BRDE Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.
Apoio cultural: Prefeitura Municipal de Pelotas; Prefeitura Municipal de São Gabriel; Prefeitura Municipal de Piratini.

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos especiais: Francisco Luçardo, Roque Jacoby, Rubens Bordini, Brites Jaques, Sérgio Camps de Moraes, Juliana Erpen, Luiz Fernando Brandão, Ademar Salvador, Osvaldo Goidanich.
Agradecimento muito especial: Maria Heloisa Pestana.
Agradecimentos: Geni Chagas, Cleonice Luçardo, Secretaria da Cultura do Município de Piratini, Brigada Militar, Biblioteca Pública Municipal, Acervo RBS TV, Hotel Garibaldi, Wachholz e Filhos Ltda., Antonio Ferreira / CTG Querência Xucra, Aperos, Escola Agrícola (Piratini), Brique Quebra-galho, Casa do Artesão, Funerária e Vidraçaria Santa Maria, Jandira Garcia, Juliano Paulsen, Maria da Conceição Barbosa de Jesus, Nara Régio, Neri Duarte de Oliveira, Otávio Ebaldo Hellwig, Padaria Piratinense, Paulo Taylor Motta Lopes, Frutuoso Luiz da Andrade, Regiani Farias de Lima, Renato Voss, SRP Sociedade Recreio Piratinense, Supermercado Wegee, Taíci dos Santos Gonçalves / Casa da Costureira, Vitoria Beatriz Brito de Araújo / Bazar 35, Barrocão, Mario Renato da Rosa Tarouco, Luis Carlos Ceretta, Adão Souza, Juliana Dutra Nunes, Luis Carlos Moura, José Maria Domingues, Celso Domingues Tarouco, Sérgio Winckert, Carlinhos Garcia / Associação Comunitária do Barrocão, Alvair Garcia / Associação Comunitária do Barrocão, Nilder 'Didi' Batista Gomes / Associação Comunitária, Paulo Alberto Tejada Dutra, Clube União Independente, Patronagem da Cavalgada da Escola Antenor Elias de Mattos, Escola Carmozina Vaz Guimarães.

Dedicatória: Para Henrique Dias de Freitas Lima in memoriam.

FILMAGENS
Simões Lopes Neto entre o real e o imaginado: Brasil / RS, em Pelotas, a partir de 26 de junho de 2006;
Os Cabelos da china + Jogo do osso: Brasil / RS, em Chácara dos Caum; Estância Inhatium; Estância Santa Marta; e outros locais na zona rural de São Gabriel, em fins de 2008;
Contrabandista: Brasil / RS, em Piratini;
No manantial: Brasil / RS, em Piratini.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 101 min
Som:
Imagem: cor
Proporção de tela:
Formato de captação:
Formato de exibição:

DIVULGAÇÃO
Divulgação: Bebê Baumgarten.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa:
Contato: Cinematográfica Pampeana.

OBSERVAÇÕES
Cássio Machado Henrique está creditado duas vezes como assistência de elétrica e de maquinaria.
Cf. créditos finais: // Copyrights Cinematográfica Pampeana. Verão de 2011. //
Os Bacharéis: A trama narra as confusões em torno dos preparativos de um casamento. A noiva (Carolina Garcia Marques) é uma órfã criada pelo figurão da cidade que, por ocasião da festa, recebe seus três filhos, bacharéis vindos da Capital (Marcelo Ádams, Marcelo Aquino e Álvaro Vila Verde). Um deles se apaixona pela garota, dando início a uma série de trapalhadas para sabotar o casamento, a despeito dos esforços do noivo (Júlio Andrade). Como pano de fundo, além da crônica dos costumes e ousadias para a época, como o padre casado (Carlos Cunha Filho).

Grafias alternativas: Ingra Liberato | Sissi Venturin | Gabriel Selvagem | Rodrigo Schlee (produção de animais) e Rodrigo Schllee (cenografia) | Leonel Ruiz 'Cebola' | Nilo 'Puru' Lima Silva | Samuca | Cássio Henrique | Apema | Rogério Kubiachi Seidleir | Instituto Simões Lopes Neto | Animake Imagem Virtual | Banrisul Consórcio | Tassia Dias Furtado | Brites Jacques | Luiz Alberto Zambonato | Andrea Mazza
Grafias alternativas (funções): Casting Uruguai | Still | Sound designer | Chefe de elétrica | Assistência de elenco

BIBLIOGRAFIA
ver Bibliografias: Simões Lopes Neto.

Exibições


• Porto Alegre (RS), Centro de Eventos Casa do Gaúcho no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque Harmonia), 15 set 2011, qui, 21h (pré-estreia aberta ao público, integrando a programação oficial dos Festejos Farroupilhas e com a presença do diretor, equipe e elenco)

• Bagé (RS), 3º Festival Internacional de Cinema da Fronteira [10-17 dez], 15 dez 2011, qui, 20h

• Gramado (RS), 40º Festival de Cinema de Gramado [10-18 ago]-Mostra Especial de Cinema Gaúcho, Palácio dos Festivais, 13 ago 2012, seg, 16h

Lançamento comercial: 2 nov 2012, sex

• Porto Alegre (RS), Cineflix Shopping João Pessoa Sala 1, 2 nov 2012, sex, 21h

• Porto Alegre (RS), Espaço Itaú de Cinema Bourbon Shopping Country Sala 8, 2-5, 7, 8 nov 2012, sex-seg, qua, qui, 18h [3 nov, sab, 11h, Clube do Professor]

• Santa Maria (RS), Arcoplex Sala l, 2 nov 2012, sex

• Porto Alegre (RS), Studio Clio Instituto de Arte & Humanismo, 5 nov 2012, seg, 19h30

• Porto Alegre (RS), Cinemateca Paulo Amorim-Sala Norberto Lubisco,
30 nov-2, 4-6 dez 2012, sex-dom, ter-qui, 14h30
7-9, 11-13 dez 2012, sex-dom, ter-qui, 14h30
14-16, 18-20 dez 2012, sex-dom, ter-qui, 14h30

• Porto Alegre (RS), Ciclo de Cinema Gauchesco [15-21 set], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Norberto Lubisco, 15 set 2016, qui, 15h

• Porto Alegre (RS), Santander Cultural, Exposição Simões Lopes Neto – Onde não chega o olhar prossegue o pensamento [18 out-18 dez]-Cine Santander Cultural, 30 out, 3, 5, 8, 10, 12 nov 2016, dom, qui, sab, ter, qui, sab, 19h

• Brasília (DF), Expotchê 30 anos [2-11 jun] / Pré-lançamento Mostra Especial Primavera Gaúcha, Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, 4 jun 2023, dom, 20h + 10 jun, sab, 17h

• Porto Alegre (RS), Mostra Especial Primavera Gaúcha [21 set-13 out], Cinemateca Paulo Amorim-Sala Eduardo Hirtz, 30 set 2023, sab, 19h (apresentação: G. Póvoas)

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Contos gauchescos – Simões Lopes Neto nas telas. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/777/contos-gauchescos-simoes-lopes-neto-nas-telas. Acesso em: 18 de maio de 2024.