Os Fanáticos de Taquarussu ou Na região dos fanáticos (1914)

Brasil (RS)
Longa-metragem silencioso | Não ficção
35 mm, pb, (5 extensas partes)

Direção: Emilio Guimarães.
Companhia produtora: desconhecida

Primeira exibição: Porto Alegre (RS), Theatro Apollo, 15 jul 1914, qua

 

Dividido em cinco partes, Os Fanáticos de Taquarussu ou Na região dos fanáticos reconstitui um episódio real de conflito armado, ocorrido na região de fronteira entre Santa Catarina e Paraná, no contexto da Guerra do Contestado (1912-1916). O Contestado era uma região rica em erva-mate e madeira, disputada por ambos os estados, e que serviu de base para a construção de uma estrada de ferro (que conectava o Rio Grande do Sul até São Paulo). As obras não foram pacíficas, uma vez que posseiros foram expulsos da região, assim como pequenos fazendeiros faliram diante da nova conjuntura. Os insatisfeitos se uniram em torno de líderes religiosos como o monge José Maria de Santo Agostinho, que estimulou confrontos com as tropas estaduais e federais, orientadas a restaurar a ordem. O diretor, Emilio Guimarães, era diretor artístico da revista Kodak, em Porto Alegre, e partiu numa excursão até a localidade de Taquarussu (no município de Curitibanos, SC), a fim de fazer a cobertura dos acontecimentos. Integrado às tropas governistas, Guimarães trouxe na bagagem um longa-metragem (exibido com exclusividade no cinema Apollo) e diversas fotografias, que traduziram o êxito das forças legalistas. Filme desaparecido.

Sinopse


Cinco partes. Neste filme se aprecia toda a região que estava ocupada pelos jagunços e que as tropas federais e estaduais (...) desalojaram, além de diversos quadros com o acampamento das tropas, marcha da artilharia, cavalaria e infantaria. Se veem algumas fases do combate e em uma delas se vê a morte gloriosa do heroico sargento Ivo. Filme patriótico (...). (JC-OESP, 15 dez 1914)

Ficha técnica


IDENTIDADES
Carlos Frederico de Mesquita (general), Ivo (sargento).

DIREÇÃO
Direção: Emilio Guimarães.
Auxiliar de direção: Adolpho Luconi.

PRODUÇÃO
Produção: Emilio Guimarães.

FOTOGRAFIA
Cinegrafista: João Mineiro.
Ajudante de cinegrafista: Donato de Donato.

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: desconhecida.

FILMAGENS
Brasil / SC.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração:
Metragem:
Número de rolos: (5 partes)
Imagem: pb
Proporção de tela: 1.33
Formato de captação: 35 mm
Formato de exibição: 35 mm

OBSERVAÇÕES
O tema deste episódio é abordado no longa de ficção A Guerra dos pelados (Sylvio Back, 1971, 98 min).
Antonio Jesus Pfeil citando Correio do Povo, Porto Alegre, 17 jul 1914.
Pesquisa de G. Póvoas no Arquivo Histórico Municipal, Santa Maria, em 8 jul 2003: Diário do Interior, Santa Maria, abr-maio 1914.
Negativos e/ou cópias: Não localizados. Segundo BACK, 1992, p.33, haveria uma cópia deste filme em poder do Exército.

Títulos alternativos: Na região dos fanáticos (Os Fanáticos do Taquarussú) [em Curitiba] | Na região dos fanáticos (Os Fanáticos de Taquarussú) [em Curitiba] | Na região dos fanáticos, ou Os Fanáticos de Taquarussú) [em Curitiba] | Na região dos fanáticos (ou As Forças Expedicionárias do sul [em Santos]
Grafias alternativas: Donato di Donato (DI, 21 abr 1914), Donato de Donati (DI, 1º maio 1914), Donato de Donato (DI, 22 maio 1914) | Adolfo Luconi e Lucconi

BIBLIOGRAFIA
Guia de filmes – Produzidos no Brasil entre 1911 e 1920: segundo fascículo da série Filmografia brasileira. Rio de Janeiro: Embrafilme, jun 1985, p.41, a partir de MGV citando Diário da Tarde e Comércio do Paraná, 19 e 20 ago 1914.

Exibições


• Porto Alegre (RS), Theatro Apollo, 15, 16 jul 1914, qua, qui

• Joinville (SC), Floresta, 11 ago 1914, ter

• Curitiba (PR), Smart-Cinema, 20 ago 1914, qui, 20h

• Curitiba (PR), Mignon-Theatre, 20 ago 1914, qui, duas sessões

• Curitiba (PR), Bijou, 21 ago 1914, sex

• Paranaguá (PR), ago 1914

• São Paulo (SP), High Life, 15, 16 dez 1914, ter, qua

• Santos (SP), Theatro Parisiense, 22 dez 1914, ter, sessões corridas das 18h15 em diante

Arquivos especiais


Noticiário:

O nosso colega Emilio Guimarães vai a Taquarussú. Diário do Interior, Santa Maria, 21 abr 1914.
Uma expedição cinematográfica – Arrojo do operador – Diz A Noite, de Porto Alegre: 'O nosso colega Emilio Guimarães, hábil operador cinematográfico, em breves dias seguirá para Taquarussú, onde apanhará fitas de aspectos locais, combates, posições estratégicas, etc. etc. Não é necessário encarecer o valor do projetado filme pois se compreende, logo, sua importância, até para documentos de ensino ao Exército. O laboratório da expedição será instalado em Santa Maria, onde deve ser passada a fita, pela primeira vez, durante a exposição a realizar-se naquela cidade. A expedição está assim composta: chefe, Emilio Guimarães; auxiliar Adolpho Luconi; fotógrafo, João Mineiro e mais dois ajudantes. (...) O sr. Luconi, que ontem nos visitou com o seu ajudante, sr. Donato di Donato, prosseguiu viagem, hoje, para Calmon, no Paraná'.

A fita de Gragoatá. Diário do Interior, Santa Maria, 1º maio 1914.
Para Porto Alegre, viajarão hoje, os srs. João Mineiro e Donato de Donati, membros da expedição cinematográfica a Gragoatá, os quais vão àquela capital buscar material, devendo voltarem para Calmon, na próxima segunda-feira. A fita que está sendo tirada no acampamento das forças federais, já conta 400 metros, mais ou menos, prontos.

Ainda os fanáticos. Diário do Interior, Santa Maria, 21 maio 1914.
A expedição cinematográfica no Timbosinho – Calmon, 20 [maio] (...) Ontem, as forças do Exército, em operações neste Estado e sob o comando do general [Carlos Frederico de] Mesquita foi atacada, no local denominado Santo Antonio, à margem esquerda do arroio Timbosinho. (...) Da expedição cinematográfica acompanham as forças e com elas entraram em ação o chefe respectivo Emilio Guimarães e o seu auxiliar Adolpho Luconi, sendo, felizmente, bem sucedidos, a não ser o leve ferimento que recebeu Guimarães. Termina o recado (datado de 17 maio) dizendo: Contudo, conseguimos apanhar o assunto importante da ocasião.

Diário do Interior, Santa Maria, 22 maio 1914.
A expedição cinematográfica, que se compunha do nosso colega sr. Emilio Guimarães e dos srs. Adolpho Luconi, João Mineiro e Donato de Donato, acompanhando as forças do general Mesquita, entrou com elas em combate, conseguindo dessa maneira apanhar diversos e interessantes aspectos da luta. (...) A expedição cinematográfica conseguiu tirar, mais ou menos, 1.500 metros de fita.

Gazeta do Commercio [Gazeta do Comércio], Joinville, 12 ago 2014, p.2, ano 1, n.62.
Com o esperado sucesso, foi levado na tela do Floresta o filme nacional, Na região dos fanáticos em 5 partes.
Embora não seja uma completa obra, o que de fato seria impossível fazê-la em o natural, temos todavia o prazer de qualificá-la de perfeita quanto à sua organização e nitidez dos quadros.
O salão do Floresta estava repleto de assistentes.

Anúncio. Diário da Tarde, Coritiba [Curitiba], 19 ago 1914, p.2, ano XVII, n. 4.869 [BN, n. 4.769].
Smart-Cinema – Na região dos fanáticos (Os Fanáticos do Taquarussú) – Grande fita descritiva da região [interior de Santa Catarina] assotada pelos fanáticos, movimento das forças comandadas pelo general Carlos Frederico de Mesquita. Amanhã às 8 horas no Smart.

Palcos & cinemas. A Republica – Órgão do Partido Republicano Paranaense, Curytiba [Curitiba], 21 ago 1914, p.2, ano XXIX, n.195.
Mignon-Theatre – O Mignon exibiu ontem a excelente fita anunciada Na região dos fanáticos, apanhada ao natural pelo hábil cinematografista brasileiro, sr. Emilio Guimarães.
Como se esperava alcançou grande sucesso essa fita, dividida em 5 partes.
Na região dos fanáticos, fez parte de duas seções que estiveram concorridíssimas.
Os diversos números de atrações receberam aplausos.
Hoje, outro programa de luxo.
Smart-Cinema – No popular Smart foi também exibida ontem a fita Na região dos fanáticos.
Aqui também alcançou ela muito sucesso.
O Smart esteve concorridíssimo.
Hoje, função com novidades.

Theatros-cinemas-diversões. Diário da Tarde, Coritiba [Curitiba], 21 ago 1914, p.2, ano XVII, n.4.871 [BN, n.4.771].
Mignon – Como sempre, esteve ontem à cunha, tendo apresentado aos seus numerosos habitués um belíssimo programa.
Smart – Este aristocrático cinema foi pequeno para comportar, ontem, a enorme assistência que obteve e que saiu maravilhado com os filmes apresentados.
[Os dois comentários acima provavelmente referem-se a Na região dos fanáticos pois foi o programa do dia anterior.]

Theatros-cinemas-diversões. Diário da Tarde, Coritiba [Curitiba], 22 ago 1914, p.2, ano XVII, n.4.872 [BN, n. 4.772].
Bijou – Com grande concorrência, ontem, este querido teatrinho da Rua Marechal Floriano, apresentando o mágico filme – Na região dos fanáticos – obteve uma grande vitória.

Hospedes e viajantes. A Republica – Órgão do Partido Republicano Paranaense, Curytiba [Curitiba], 24 ago 1914, p.1, ano XXIX, n.198.
Partiram: para a mesma cidade [Paranaguá], os srs. Luconi & Guimarães, que ali vão exibir o filme Na região dos fanáticos.

Anúncio. A Gazeta, São Paulo, 16 dez 1914, p.2, ano IX, n.2.655.
High Life e Theatro Guaranx – Empresa D'Errico e Bruno – Sendo praxe desta empresa apresentar em primeiro lugar, neste aristocrático bairro, os melhores filmes cinematográficos, custe o que custar, obteve também a preferência para a exibição do filme Na região dos fanáticos, filme este que dispensa qualquer reclame, visto que um outro cinema deste bairro, desde há dias andava fazendo a sua grande apresentação, e não podendo conseguir a sua exibição em primeiro lugar, hoje desdenha do seu valor. Esta empresa não tem culpa que o High Life seja melhor e mais frequentado do que outro qualquer cinema. Tem sempre tido a primazia para as exibições das verdadeiras obras de arte cinematográfica e para as conseguir, não mede sacrifícios de qualidade alguma, tanto que para ser a primeira a exibir o filme Na região dos fanáticos pagou o dobro da maior oferta havida neste bairro.

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
Os Fanáticos de Taquarussu ou Na região dos fanáticos. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/89/os-fanaticos-de-taquarussu-ou-na-regiao-dos-fanaticos. Acesso em: 18 de maio de 2024.