O Mercado de notícias (2014)

Brasil (RS)
Longa-metragem | Não ficção
HD, cor, 94 min

Direção: Jorge Furtado.
Companhia produtora: Casa de Cinema de Porto Alegre

Primeira exibição: São Paulo (SP), É Tudo Verdade / It's All True 19º Festival Internacional de Documentários [3-13 abr]-Competição Brasileira: Longa ou Média-metragem, Cine Livraria Cultura, 9 abr 2014, qua, 21h (sessão apresentada pelo diretor do festival Amir Labaki)
Primeira exibição RS: Gramado (RS), 42º Festival de Cinema de Gramado [8-16 ago]-Mostra Gaúcha de Longas-metragens, Palácio dos Festivais, 12 ago 2014, ter, 16h

 

O Mercado de notícias traz os depoimentos de 13 importantes jornalistas brasileiros sobre o sentido e a prática de sua profissão, as mudanças na maneira de consumir notícias, o futuro do jornalismo, e também sobre casos recentes da política brasileira, onde a cobertura da imprensa teve papel de grande destaque. O surgimento do jornalismo, no século XVII, é apresentado pelo humor da peça O Mercado de notícias, escrita pelo dramaturgo inglês Ben Jonson em 1625. Trechos da comédia de Jonson, montada e encenada para a produção do filme, revelam sua espantosa visão crítica, capaz de perceber na imprensa de notícias, recém-nascida, uma invenção de grande poder e grandes riscos.

Nota do roteirista e diretor Jorge Furtado:
O roteiro do documentário O Mercado de notícias tem como linha condutora a peça homônima do dramaturgo inglês Ben Jonson (1572-1637), The Staple of news. A peça de Jonson foi encenada pela primeira vez em 1626, em Londres, e esta é sua primeira tradução para a língua portuguesa, feita por mim e pela professora Liziane Kugland. A peça é uma crítica bem humorada a uma atividade recentemente criada, uma novidade em Londres: o jornalismo.
O Mercado de notícias, o filme, traça um painel sobre mídia e democracia, incluindo uma breve história da imprensa, desde o seu surgimento, no século 17, até hoje, destacando seu papel na construção da opinião pública, seus interesses políticos e econômicos.
O documentário enfatiza dois aspectos destacados na peça de Ben Jonson: o primeiro o debate sobre a credibilidade da notícia, que inevitavelmente contraria e favorece interesses; o segundo é a necessidade constante e crescente de informações, a demanda por notícias que acaba por se tornar entretenimento.
Além dos trechos da peça e de pequenos documentários sobre a história do jornalismo, o filme traz entrevistas com treze grandes jornalistas brasileiros. Estas entrevistas, onde os profissionais compartilham suas experiências e percepções acerca da profissão – presente, passado e futuro – estão também disponíveis no site do filme, em versões ampliadas.
Acredito que um documentário, para ser durável – e ele deve ser, mais que uma notícia –, tem que ser útil, no sentido de iluminar um tema, uma atividade, uma época. Deve servir de elemento deflagrador de debates, instigar novas pesquisas, despertar nos espectadores aquilo que o Umberto Eco chama de "espírito de decifração".
O Mercado de notícias debate critérios jornalísticos, e este é o seu sentido e o sentido da peça de Jonson. É também uma defesa da atividade jornalística, do bom jornalismo, sem o qual não há democracia.

Sinopse


Epígrafe: // "O poema ensina ou delicia. Ou ambos, e este é o que vicia". Horácio, em A Arte poética. //
Hoje não arde o óleo das lanternas. / Aqui, o frescor da majestade exala / Doces aromas, e a luz da sala / Imita o brilho de quem bem governa. / Rito encenado para o ouvinte atento / Ao sentido que a palavra evoca, / Bem mais que aos comedores de pipoca / Que infestam as plateias destes tempos. / ...

Ficha técnica


ELENCO
Antonio Carlos Falcão, Eduardo Cardoso, Elisa Volpatto, Evandro Soldatelli, Irene Brietzke (Censura), Ismael Caneppele, Janaina Kremer (Prazeres), Marcos Contreras, Mirna Spritzer (Expectativa), Nelson Diniz, Sérgio Lulkin (Prólogo), Thiago Prade, Ursula Collischonn (Tagarela), Zé Adão Barbosa.

IDENTIDADES
Ordem de identificação: Mino Carta, José Roberto de Toledo, Geneton Moraes Neto, Paulo Moreira Leite, Janio de Freitas, Fernando Rodrigues, Leandro Fortes, Renata Lo Prete, Bob Fernandes, Luis Nassif, Raimundo Pereira, Maurício Dias, Cristiana Lôbo.
Não creditados: Jorge Furtado, Rosângela Cortinhas.

DIREÇÃO
Direção: Jorge Furtado.
Assistência de direção: Janaína Fischer.
Continuidade: Giordano Gio.

ROTEIRO
Baseado na peça The Staple of news, de Ben Jonson.
Tradução: Liziane Kugland, Jorge Furtado.
Roteiro: Jorge Furtado.
Pesquisa: Bibiana Osório.
Transcrição das entrevistas: Mila Prates.

PRODUÇÃO
Produção executiva: Nora Goulart.
Direção de produção: Nicky Klöpsch.
Produção de elenco: Simone Buttelli.

Platô: Marcos Rohrig.
Produção de set: Marcelo Baieski Tchaca.
Alimentação: Gisela Tubino.

Financeiro: Anísio Guedes.

FOTOGRAFIA
Direção de fotografia: Alex Sernambi, Jacob Solitrenick.
Assistência de câmera: Arno Schuh, Glauco Firpo.

Eletricista chefe: Guilherme Kroeff.
Assistência de elétrica: Felipe Kuhn.
Maquinista chefe: Marcos Alexandre da Silva.
Assistência de maquinaria: Paulo Roberto Silveira.

Fotografia de cena: Fábio Rebelo.
Making of: Direção: Marcio Schoenardie. Operação de câmera: Giordano Gio.

ARTE
Direção de arte: Fiapo Barth.
Assistência de arte: Enio Ortiz.
Produção de objetos: Pierre Rosa.
Produção de ornamentos: Adalberto Almeida.
Contrarregragem: Lelo Almeida.
Cenotécnica: Carlos Branquinho.

Figurino: Rosângela Cortinhas.
Assistência de figurino: Claudia Velasco.
Segunda assistência de figurino: Antônio Valentim Coll.

Maquiagem e cabelo: Britney Federline.
Assistência de maquiagem e cabelo: Déby Marques, Stephanie Zunino.
Maquiagem (Rio de Janeiro): Luiz de Luca.

SOM
Som direto: Rafael Rodrigues.
Microfonistas: Fernando Dametto, Pedro Metz.

MÚSICA
Música: Leo Henkin.
Músico: André Trento.
Gravação e mixagem de trilha sonora: Bruno Mad.

Músicas:
• (música: Antonio Vivaldi)

ARQUIVO
Fontes de imagens: Band; Celebrity; Confidential; Contigo; Correio da Manhã; Diário de Notícias; Folha de S. Paulo / Acervo Folha; Glamour; GQ; Hola!; Hush-Hush; imagens do Arquivo Leopoldis-Som-Museu do Trabalho-RBS TV; imagens do Arquivo RBS TV; Jornal do Brasil; Life; National Enquirer; Newsweek; Notícias Populares; O Estado de S. Paulo / Acervo Estadão; O Globo / Acervo O Globo; Ok!; People; Prelinger-Getty Images; Tempo Glauber; The Sun; True Confessions; Última Hora; Uncensored.
Fotografia de Millôr Fernandes: Luiz Eduardo Robinson Achutti.
Filme: Terra em transe (Glauber Rocha, 1967, BR). Trechos com Paulo Autran, Jardel Filho, Paulo Gracindo, Hugo Carvana.
Cinejornal: Atualidades Gaúchas 499 (Cinegráfica Leopoldis-Som, 1965, BR): [03/06] Porto Alegre (RS) – Jornalista Flavio Carneiro, novo secretário de redação da Revista do Globo.

FINALIZAÇÃO
Montagem: Giba Assis Brasil.
Assistência de montagem: Germano de Oliveira, Jonatas Rubert.
Estagiário de montagem: Marcos Wondracek.

Coordenação de finalização: Bel Merel.
Colorista: Mauris Hansen / Cubo Filmes.

Supervisão de som: Kiko Ferraz, Chrístian Vaisz.
Edição de diálogos: Ricardo Costa.
Foley: Felipe Burger Marques.
Gravação de foley: Renato Galimberti.
Edição de foley: Samuel Jansen, Waleska Sartori.
Edição de ambiências e efeitos: Samuel Jansen.
Mixagem: Chrístian Vaisz, Ricardo Costa.
Coordenação de estúdio de som: Lísia Faccin.

EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS
Animações: Rocket.
Estúdio de som: Kiko Ferraz Studios (Porto Alegre).
Estúdio de finalização: Cubo Filmes (Porto Alegre).
Masterização DCP (cf. site): Mistika (São Paulo).

MECANISMOS DE FINANCIAMENTO
Companhia produtora: Casa de Cinema de Porto Alegre (Porto Alegre).
Financiamento (BR): Projeto selecionado no Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas do Gênero Documental nº 05, de 2011, do Ministério da Cultura.
SAv Secretaria do Audiovisual / MinC Ministério da Cultura / Governo Federal – Brasil – País rico é país sem pobreza.
Apoio: CiaRio Centro de Infraestrutura Audiovisual (Rio de Janeiro).

AGRADECIMENTOS
Agradecimentos: Ali Kamel, Alice Urbim, Ana Luiza Azevedo, Caetano Veloso, Edina Fujii, Glênio Póvoas, Guel Arraes, Guilherme Schuch, Luciana Baseggio, Paloma Rocha, Paula Lavigne, Paulo Roberto Zoppas, Silvia Pacheco.
Theatro São Pedro: Eva Sopher, Francisco Ribeiro, Valência Losada, André Hanauer de Freitas, Alexsander da Costa Silva, Jeferson dos Santos Bidarte, Paulo Ricardo Martins Ávila, Vitor Luis da Costa Silva; Biblioteca Pública do Estado: Morgana Marcon; Casa de Cultura Mario Quintana: Eneida Michel da Silva; Midrash Centro Cultural: Lilian Maia; Museu da Comunicação Hipólito da Costa; Grupo Bandeirantes de Comunicação; Museu do Trabalho; Jeffie Lopes e Iuri Wander; Naymar – Infraestrutura Audiovisual: equipe Porto Alegre e Rio de Janeiro.

FILMAGENS
Brasil / RS, em Porto Alegre: encenação no Theatro São Pedro e na Biblioteca Pública do Estado; leitura na Casa de Cinema de Porto Alegre;
Brasil / SP, em São Paulo;
Brasil / RJ, no Rio de Janeiro;
Brasil / DF, em Brasília;
Estados Unidos [United States] / New York, em New York City, no Solomon R. Guggenheim Museum (nov 2012).
Período: entre dezembro de 2012 e junho de 2013.

ASPECTOS TÉCNICOS
Duração: 1:34:20 (DVD)
Som: Dolby Digital
Imagem: cor
Proporção de tela: 1.77
Formato de captação:
Formato de exibição: HD
Tiragem (DVD): Não consta.
Legendas (DVD): Português, english.

DIVULGAÇÃO
Site: Dobro Comunicação.
Estratégia de comunicação digital: Zé Agripino, Babi Sonnewend.
www.omercadodenoticias.com.br

PREMIAÇÃO
• Cine PE 18º Festival do Audiovisual 2014: melhor documentário (júri oficial) // melhor documentário (júri popular).
• 14º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro [cerimônia: Rio de Janeiro, Cine Odeon, 1º set 2015]: indicação: montagem de documentário.
• 20º Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro [aos melhores de 2014] / Papo de Cinema: melhor documentário; indicação: figurino.

DISTRIBUIÇÃO
Classificação indicativa: 10 anos.
DVD: Distribuição: Casa de Cinema de Porto Alegre. Autoração: 12 nov 2014. Extra.
Contato: Casa de Cinema de Porto Alegre.

EXTRA DVD
Documentário: Os Atores. Gravado durante as filmagens do documentário O Mercado de notícias. Porto Alegre – 2013. Casa de Cinema de Porto Alegre. SAv Secretaria do Audiovisual / MinC Ministério da Cultura / Governo Federal; CiaRio Centro de Infraestrutura Audiovisual; Mistika. Identidades: Antonio Carlos Falcão, Eduardo Cardoso, Elisa Volpatto, Evandro Soldatelli, Irene Brietzke, Ismael Caneppele, Janaina Kremer, Marcos Contreras, Mirna Spritzer, Nelson Diniz, Sérgio Lulkin, Thiago Prade, Ursula Collischonn, Zé Adão Barbosa. Duração: 34:43.

EXTRA site / YouTube
Uma Peça de Ben Jonson – O Mercado de notícias (2014)
Esta versão estendida da peça está dividida em cinco atos e mistura encenação propriamente dita com a leitura da peça realizada em ensaio, com a seguinte duração:
Ato I (25:09) + Ato II (24:37) + Ato III (21:14) + Ato IV (14:45) + Ato V (25:00).

Íntegra das entrevistas:
• Mino Carta. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 29:57.
• José Roberto Toledo. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 50:21.
• Geneton Moraes Neto. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 1:23:50. O começo / O que faz um jornalista? / Como chegar à verdade? / Referências /
• Paulo Moreira Leite. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 45:53.
• Janio de Freitas. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 54:24.
• Fernando Rodrigues. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 59:22.
• Leandro Fortes. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 37:16.
• Renata Lo Prete. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 1:05:12.
• Bob Fernandes. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 50:23.
• Luis Nassif. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 49:26.
• Raimundo Pereira. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 49:40.
• Maurício Dias. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 50:32.
• Cristina Lôbo. Entrevista gravada em dezembro de 2012. Duração: 24:23.

As entrevistas com Geneton e Renata, pela sua duração, assim como Uma Peça de Ben Jonson – O Mercado de notícias (2014), poderiam ser consideradas como longas?
Disponíveis no YouTube, desde 2014.

OBSERVAÇÕES
Cf. créditos finais: // No site do filme você encontra as entrevistas completas, organizadas por jornalista e por tema, além de uma versão estendida da peça, biblioteca e fontes de pesquisa. //
// Casa de Cinema de Porto Alegre, novembro de 2013. // Esta data refere-se à finalização.
Complementação aos créditos: site do filme, que inclui a bibliografia.

Títulos alternativos: The Staple of news | El Mercado de notícias
Grafias alternativas: Marcelo Baieski | Paulo da Silveira | Marcos da Silva | Rogério Almeida | Texas Wondracek |
Grafias alternativas (funções): Fotógrafo still | Catering | Artista de foley | Chefe de elétrica | Chefe de maquinaria (cf. créditos).

BIBLIOGRAFIA
NOLASCO, Daniel; FERNANDES, Felipe. Entrevista com Jorge Furtado (O Mercado de notícias). In: 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul. Brasília: Secretaria de Direitos Humanos, Ministério da Cultura; Niterói: UFF Universidade Federal Fluminense, 2014, p.76-77. (catálogo)
SABADIN, Celso. O Mercado de notícias. In: SILVA, Paulo Henrique (org). Documentário brasileiro: 100 filmes essenciais. Belo Horizonte: Grupo Editorial Letramento, ABRACCINE Associação Brasileira de Críticos de Cinema, Canal Brasil, 2017. 351p. il. p.217-218.

Sobre jornalismo no século XVII:
BURKE, Peter; BRIGGS, Asa. Uma História social da mídia. Editora Zahar, 2006.
JOHN, Milton. Areopagítica – Discurso pela liberdade de imprensa ao Parlamento da Inglaterra. Topbooks, 1999.
PEUCER, Tobias. Os Relatos jornalísticos. Tradução: Paulo da Rocha Dias. In: Estudos em jornalismo e mídia. Florianópolis: UFSC, 2004, v.1, n.2. Íntegra da primeira tese sobre jornalismo apresentada em uma universidade: De relationibus novellis, de Tobias Peucer, defendida em 1690 na Universidade de Leipzig, na Alemanha.
SOUSA, Jorge Pedro. Uma História breve do jornalismo no ocidente. In: SOUSA, Jorge Pedro (org). Jornalismo: história, teoria e metodologia da pesquisa. Perspectivas luso-brasileiras. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa, 2008, p.70-88.
RAG LINEN, acervo online com imagens, textos e links sobre os primórdios da mídia impressa. Curadoria de Todd Andrlik. (em inglês)
MERCURIUS POLITICUS, blog sobre os primeiros impressos na Idade Moderna. (em inglês)

Sobre a peça The Staple of news:
JONSON, Ben. The Staple of news. Edited by De Winter. New York: Henry Holt and Company, 1905.
Fac-símile do livro com o texto integral da peça, em inglês, incluindo glossário e notas, In:
archive.org/stream/stapleofnews00jonsuoft#page/n5/mode/2up
Texto integral da peça, em inglês, segundo edição de De Winter, In:
www.hollowaypages.com/jonson1692news.htm

JONSON, Ben. The Staple of news. Edited by Anthony Parr. Manchester: Manchester University Press, 1988.
Introdução, em inglês, da edição da peça feita por Anthony Parr. The Staple of news. Manchester University Press, 2000:
books.google.com.br/books?id=jvgLFLEXdRQC&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r&redir_esc=y#v=onepage&q&f=false

SANDERS, Julie. Ben Johnson's theatrical republics. Palgrave Macmillan, 1998. [Capítulo 8]
The Devil is an ass, the staple of news and the new inn: the works of Ben Jonson Part Five, Volume 5. Kessinger Publishing, 2004. [trechos da peça, com notas de W. Gifford]
CHARTIER, Roger. Inscrever e apagar. São Paulo: Editora UNESP, 2006. Tradução: Luzmara Curcino Ferreira. Capítulo 4: Notícias escritas à mão, gazetas impressas – Cymbal e Butter, p.129-162.
BROERSMA, Marcel. A Daily truth: the persuasive power of early modern newspapers. In: KOOPMANS, J. W.; PETERSEN, N. H. (ed). Commonplace culture in Western Europe in the early modern period: legitimation of authority. Leuven, Paris and Dudley, MA: Peeters, 2011, p.19-34. [artigo sobre os primórdios do jornalismo impresso na Europa, com referências à peça.]

Exibições


• São Paulo (SP), É Tudo Verdade / It's All True 19º Festival Internacional de Documentários [3-13 abr]-Competição Brasileira: Longa ou Média-metragem, Cine Livraria Cultura, 9 abr 2014, qua, 21h (sessão apresentada pelo diretor do festival Amir Labaki) + 10 abr, qui, 15h

• Rio de Janeiro (RJ), É Tudo Verdade / It's All True 19º Festival Internacional de Documentários [4-13 abr]-Competição Brasileira: Longa ou Média-metragem, Espaço Itaú de Cinema Botafogo (Praia de Botafogo, 316), 10 abr 2014, qui, 19h, 21h

• Olinda (PE), Cine PE 18º Festival do Audiovisual-Mostra Competitiva de Longas-Metragens Documentários, Teatro Guararapes no CECON-PE Centro de Convenções de Pernambuco (Av. Professor Andrade Bezerra, Salgadinho), 27 abr 2014, dom

• Gramado (RS), 42º Festival de Cinema de Gramado [8-16 ago]-Mostra Gaúcha de Longas-metragens, Palácio dos Festivais, 12 ago 2014, ter, 16h

• Porto Alegre (RS), CineBancários,
7-10, 12, 13 ago 2014, qui-dom, ter, qua, 15h, 17h, 19h
19 ago 2014, ter, 19h (comentada com diretor e presidente do Sindicato dos Jornalistas Milton Simas)
4-7, 9, 10 set 2014, qui-dom, ter, qua, 15h
11-14, 16, 17 set 2014, qui-dom, ter, qua, 15h

• Porto Alegre (RS), Espaço Itaú de Cinema Bourbon Shopping Country Sala 8,
21-27 ago 2014, qui-qua, 16h10, 20h
4-10 set 2014, qui-qua, 18h

• 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul [3 nov-20 dez 2014]-Mostra Competitiva, nas capitais

• Torres (RS), Cineclube Torres-9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul, Auditório J. A. Picoral Antigo Centro Municipal de Cultura (R. J. A. Picoral, 171), 28 mar 2015, sab

• Ciudad Autónoma de Buenos Aires (AR), BAFICI 17º Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente [15-25 abr]-Panorama, Village Recoleta Sala 6, 23 abr 2015, qui, 21h + 24 abr, sex, 19h35 + 25 abr, sab, 14h25

• Maldonado (UY), 26º Festival Internacional de Cine de Punta del Este [23-29 fev]-Retrospectiva Jorge Furtado, Teatro Casa de la Cultura (Rafael Pérez del Puerto y Román Guerra), 25 fev 2024, dom, 18h30

Como citar o Portal


Para citar o Portal do Cinema Gaúcho como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:
O Mercado de notícias. In: PORTAL do Cinema Gaúcho. Porto Alegre: Cinemateca Paulo Amorim, 2024. Disponível em: https://cinematecapauloamorim.com.br//portaldocinemagaucho/939/o-mercado-de-noticias. Acesso em: 18 de maio de 2024.